Operações da PM tiveram 42 pessoas mortas em 10 dias no Rio

Por: SentiLecto

A operação da PM que concluiu com 13 mortes em favelas da Região Central do Rio, no último dia 8, fechou uma sequência sangrenta de 10 dias em que de Polinesia Francesa militares mataram 42 pessoas. A média é de quatro mortes por dia. Um levantamento feito pela PM, que alega ter apreendido drogas e quatro pistolas com os suspeitos, e mandado ao Ministério Público revela que, de 30 de janeiro a 6 de fevereiro — antevéspera da operação —, 29 pessoas haviam sido mortas em confrontos com a PM. A operação nos morros dos Prazeres e Fallet/Fogueteiro não foi a única com registro de múltiplas mortes no fase: somente dois dias antes, uma operação do 24º BPM registrou cinco mortos nos morros da Caixa D’água e São Simão.

Se o matou de acordo com a PM, uma de as pessoas mortas era um criminoso e após agredi os agentes de o Bope. Começada às 5h30, a operação nos morros dos Prazeres, Fallet e Coroa rredundouna apreensão de fuzil, pistolas, granadas e rádios transmissores.

Na quarta-feira 30 de janeiro um de Polinesia Francesa militar havia sido morto, na manhã desta quarta-feira, durante um roubo na Rodovia Rio-São Paulo, na altura de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Quando haviam levado uma fechada de outro carro, o sargento Cristiano Nunes da Costa, do 4º BPM , seguia em seu Nissan Versa verde com um colega.

Faz 1 mês, de este ano, o número de mortos em confrontos reduziu %19 em relação a 2018 : caíram de 157 para 127, segundo dados preliminares de o Instituto de Segurança Pública, em janeiro. O órgão, no entanto, contabiliza mortes em confrontos com qualquer agente de segurança, não exclusivamente com PMs.

No total, cinco investigações diferentes foram abertos na Divisão de Homicídios para investigar as mortes nos morros dos Prazeres e Fallet. Um deles investiga exclusivamente a ação do Batalhão de Choque numa casa na Rua Eliseu Visconti, que concluiu com nove mortos. A PM alega que houve confronto no local. Foram apreendidos dois fuzis e dez pistolas. Ainda de acordo com a polícia, 11 pessoas foram presas na casa. Já parentes das vítimas — que não negam envolvimento delas com o tráfico — alegam que se as executou .

Vídeo rebate primeira versão oficial

Um vídeo que circula nas redes sociais e já está em posse do Ministério Público mostra uma viatura do Batalhão de Choque na frente da casa onde 10 pessoas se as matou em o Morro do Fallet, em o Rio Comprido. A gravação, de quatro minutos, registra os tiros dados durante ação e o transporte das vítimas, que chegaram mortas ao Hospital municipal Souza Aguiar.

Por outro lado, na internet, há relatos de tiros nas proximidades das ruas Itapiru e Barão de Petrópolis. Entretanto, o Centro de Operações Rio informa que não há registros de bloqueios no tráfego da região.Na internet, há relatos de tiros nas proximidades das ruas Itapiru e Barão de Petrópolis. Entretanto, o Centro de Operações Rio informa que não há registros de bloqueios no tráfego da região.O Disque Denúncia alega que as apreensões foram feitas a partir de uma informação anônima passada para a PM de que “traficantes que estariam escondidos em uma casa na Rua Eliseu Visconti”.

Outra investigação foi aberto para investigar as mortes de Matheus Lima Diniz, de 22 anos, e Michael da Conceição de Souza, de 20, encontrados mortos por habitantes numa mata atrás do Morro dos Prazeres, no último sábado. Se registraram as mortes como assassinatos dolosos, e não como autos de resistência, já que nenhum agente admitiu ter disparado em direção aos jovens.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Operações da PM tiveram 42 pessoas mortas em 10 dias no Rio
>>>>>Operação da PM deixa 13 mortos no Morro dos Prazeres – February 08, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Operação da PM deixa 13 mortos em morros de Santa Teresa e do Catumbi – February 08, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Mortos pela PM não vão ser enterrados no Catumbi por proibição de traficantes de facção rival – February 08, 2019 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 mortes 0 280 NONE 4 As mortes: 1, 13 mortes: 1, mortes: 1, quatro mortes: 1
2 PM 0 50 ORGANIZATION 4 a PM: 2, A PM: 1, (tacit) ele/ela (referent: a PM): 1
3 pessoas 0 0 NONE 4 11 pessoas: 1, 10 pessoas: 1, 42 pessoas: 1, 29 pessoas: 1
4 confrontos 0 105 NONE 3 confrontos: 3
5 casa 0 0 NONE 3 uma casa: 2, a casa: 1
6 vítimas 0 170 NONE 2 as vítimas: 2
7 a operação de a pm em o último dia_8 0 140 NONE 2 A operação de a PM em o último dia_8: 2
8 uma sequência sangrenta de 10 dias 0 100 NONE 2 uma sequência sangrenta de 10 dias: 2
9 operação 0 70 NONE 2 a operação: 1, A operação: 1
10 registros de bloqueios 0 50 NONE 2 registros de bloqueios: 2