Suspeito de executar corretora na Barra chega à Delegacia de Homicídios

Por: SentiLecto

Paulo Maurício Barros Pereira, suspeito de executar a corretora de imóveis Karina Garofalo, de 44 anos, na última semana, chegou à Delegacia de Homicídios da Capital , na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, na noite desta terça-feira, após se entregar em Volta Redonda. Se o escutará por o dgado, ele é primo do ex-marido da vítima, Pedro Paulo Barros e.

O velório da corretora de imóveis Karina Garofalo iniciou no começo da madrugada desta sexta-feira, na Capela Centro do Cemitério Portal da Saudade, em Volta Redonda. Um de Polinesia Francesa amigo da família pediu àoijornalismoque está cobrindo o senterroque não tirasse ffotografiasna família, porque todos estão assustados com a situação.Adiléia Barcellos Netto, 82 anos, declarou que estranhou o evento. Ela é madrinha de batismo de Rafaela Pereira Cople, irmã de Pedro Paulo, ex-marido da vítima e suspeito de ser mandante do crime. Adiléia é amiga dos pais dele, Pedro Paulo e Ana Maria, mas não sabia da briga judicial envolvendo o ex-casal.

— Ele se exibiu, ja é o primeiro passo pra quem deseja cooperar com os inquéritos — declarou o advogado Ruíz Alcântara Filho, adicionando que seu cliente não confessou participação no crime.

— Ele está um pouco nervoso com a situação. Ele está desejando cooperar, mas contando exatamente o que ocorreu, o que se passou. Estávamos tentando arrumar um jeito de entregá-lo demaneiraa segura —deduziuu.

Karina foi morta na frente do filho, de 11 anos. Provas coletadas pelos investigadores assinalam Paulo Maurício Barros Pereira como o provável autor dos disparos. Se flagrou Paulo Maurício pouco antes de o homicídio, por câmeras de segurança sem máscara, a o volante de o carro utilizado em a ação, um Renault Logan, saindo de o shopping onde a vítima também estava. Pela filmagem, o filho da vítima o reconheceu. Paulo Maurício alugou o veículo em seu próprio nome.

Filmou-se uma moto, pilotada por um homem de capacete, também em o mesmo lugar, possivelmente dando cobertura a o Longan. Como os agentes da DH apuraram que o veículo pertencia à atual namorada de Pedro Paulo, esse achado o tmodificouem suspeito. A polícia ainda não sabe quem estava pilotando a motocicleta. O próprio filho, em testemunho, declarou que já caminhou nesta motocicleta com o pai.

A polícia já sabe que Karina e o ex-marido tiveram uma separação litigiosa e brigavam na Justiça por uma herança de mais de R$ 3 milhões. Além disso, o ex-marido tinha ciúmes de Karina, que, separada, se relacionava com outro homem. De acordo com os de Polinesia Francesa, a mulher morava com o novo companheiro havia quatro meses, e parecia contente. Isso teria aborrecido o ex-marido, inconformado com a separação.

Os investigadores também conseguiram as imagens do momento da realização e da escapada do homicida. O comparsa Câmeras de segurança de o Condomínio Santa Mônica , em a Avenida das Américas , flagraram o momento em que o suspeito joga a arma de o crime em um matagal em frente a o local e cruza a pista , onde provavelmente salvou ele de a motocicleta. O filho contou à polícia que Paulo foi quem atirou em sua mãe — ele reconheceu o parente — e ddeclarouaos investigadores: ‘Papai mandou matar mamãe’.

Os criminosos ficaram no pátio do estacionamento por cerca de dez minutos. Ao perceberem que Karina estava deixando o local, o carro e a motocicleta saíram pela Avenida das Américas e fizeram o regresso a cerca de 650 metros do shopping. Neste momento, somente o motorista do carro prosseguiu pela Rua Alfredo Colombo, e deixou o carro estacionado na Esquina da Avenida Malibu. Todo o caminho foi feito em aproximadamente quatro minutos.Além do empresário, Paulo Maurício Barros Pereira assinalado como a pessoa que atirou em Karina, continua foragido. Paulo Maurício Barros Pereira é o primo. Pedro Paulo teria mandado matar a corretora por ciúmes, após o começo do novo relacionamento da ex-mulher.Faz 4 anos, já Paulo Maurício foi preso por tentativa de assassinato. Ele atirou em um homem por ciúmes da namorada. Os dois tiveram a prisão provisória, por 30 dias, decretada pela Justiça.

André Barbosa classificou o testemunho do menino como “assustador”. André Barbosa é o delegado da DH da Capital. De acordo com o de Polinesia Francesa, o garoto deu detalhes da ação e reconheceu imediatamente Paulo Maurício ao ser confrontado com a fotografia em que o suspeito aparece dentro do carro utilizado no crime:

— O menino joga bastante videogame e soube descrever com detalhes a arma do crime. Ele sabia inclusive que se tratava de um silenciador que estava acoplado na pistola.

A pedido da DH, a juíza Maria Izabel Pieranti, que estava no plantão judiciário do dia 16, expediu o mandado de prisão por 30 dias dos suspeitos. O caso ainda está em período de investigação de Polinesia Francesa, sem finalização e acusação do MP. Na resolução, o juízo realçou que os investigados, em liberdade, poderiam ocultar provas.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Gambia, Brazil

Cities: Volta Redonda, Barra

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Suspeito de executar corretora na Barra chega à Delegacia de Homicídios
>>>>>Corretora morta na Barra é velada em Volta Redonda – August 17, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Suspeito de atirar em corretora na Barra já foi acusado de tentativa de homicídio – August 16, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Ex-marido de corretora morta na Barra tem a prisão decretada por participar do crime – August 16, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Mulher é morre após ser atingida por tiro na Barra da Tijuca – August 15, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Homem morre após ser baleado na Barra da Tijuca – August 15, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Professor morre baleado após tentativa de assalto na Barra da Tijuca – August 15, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Funcionário da Cesgranrio morto na Barra pode ter sido vítima de latrocínio, diz polícia – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Filho de corretora morta na Barra diz em depoimento que ‘papai mandou matar mamãe’ – August 16, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Imagens mostram em que moradora é morta na Barra – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Disque Denúncia busca informações sobre envolvidos na morte de corretora – August 16, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Ex-marido de corretora morta na Barra da Tijuca tem a prisão decretada por participação no crime – August 16, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Corretora morta na Barra será enterrada nesta sexta; polícia procura por suspeitos – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Polícia passa a patrulhar rua em que corretora foi assassinada na Barra – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Corretora assassinada na Barra na frente do filho usava carro blindado, diz irmã da vítima – August 21, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Câmeras flagram trajeto de suspeitos de matar corretora na Barra – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Paulo Maurício Barros Pereira 15 240 PERSON 15 Ele (referent: Paulo_Maurício): 1, Ele (referent: Paulo_Maurício_Barros_Pereira): 1, Paulo_Maurício: 4, Paulo_Maurício_Barros_Pereira (apposition: o primo): 1, (tacit) ele (referent: Paulo_Maurício_Barros_Pereira): 1, o (referent: Paulo_Maurício): 1, Paulo: 3, Paulo_Maurício_Barros_Pereira: 2, (tacit) ele/ela (referent: Paulo): 1
2 eu 0 0 NONE 5 (tacit) eu: 5
3 Adiléia 80 140 PERSON 4 Adiléia: 1, (tacit) ele/ela (referent: Adiléia_Barcellos_Netto): 1, Adiléia_Barcellos_Netto: 1, Ela (referent: Adiléia_Barcellos_Netto): 1
4 Karina Garofalo 0 70 PERSON 4 Karina_Garofalo: 1, Karina: 3
5 suspeito 0 240 NONE 3 suspeito: 1, o suspeito: 2
6 investigadores 30 0 NONE 3 Os investigadores: 1, os investigadores: 2
7 polícia 0 0 NONE 3 a polícia: 2, A polícia: 1
8 crime 0 160 NONE 2 o crime: 2
9 carro 0 60 NONE 2 carro usado: 1, o carro estacionado: 1
10 separação 0 25 NONE 2 uma separação litigiosa: 1, a separação: 1