Casa da Árvore / AS Arquitectura

Por: SentiLecto

Caracterização mandada pela equipe de projeto. O projeto Casa na Árvore é uma moradia unifamiliar de 391 m2, localizada em Xcumpich, onde antigamente encontrava-se uma fazenda de agave e que, com o crescimento da cidade, converte-se em uma área de utilização residencial. A área é de baixa densidade e está caracterizada no seu contexto urbano através da fazenda, da quantidade de árvores com grande folhagem e do parque da região.

O nível da casa sobe 6 níveis, com 2 unidades por caminhar separadas pela área de circulação vertical. baseia-se a estrutura em paredes de concreto armado com acabamento aparente. O corte da fôrma de madeira de pinho é irregular, com aduelas de diferentes tamanhos, o que permitiu aproveitar 100% de cada folha de compensado.

A população dessa área está acostumada em sentar-se-se sob a sombra das árvores e saudar os vizinhos enquanto suas crianças brincam nas ruas, constantemente fazendo reuniões vicinais nas esquinas das quadras, para gerar mais segurança, convivência e mais cidade, se solicita a utilização de muros de essa maneira não . As soluções chegam por meio do utilização inteligente de níveis e flora baixa, a residência aproveita o contexto exterior e convive com ele, ao mesmo tempo em que está instituindo privacidade. O contexto exterior público aproveita a flora interior do terreno sem aborrecer os usuários.

A residência está escondida no terreno para doar um espaço verde para a cidade e os vizinhos podem continuar a desfrutar das sombras e árvores que estão nele. As pessoas ainda desfrutam da visão da árvore que é a protagonista do projeto ao passar pelo local, já que o projeto não privatiza, mas compartilha. Ele parte de um eixo rotacionado para gerar o acesso da casa, enquadrando o “Pich” e articulando o espaço público e privado da casa. Através deste eixo, dois elementos são gerados ao entrar e sair da residência. Essa arquitetura faz com que o protagonista principal do projeto seja a flora e que, no total, combine perfeitamente com o contexto urbano e social.

Desde o começo, o desafio mais importante foi trabalhar em um edifico com uma casa, que data dos anos 50, cujo patrimônio é de interesse para o Instituto Nacional de Belas Artes.

Fonte: archdailybrasil-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Casa da Árvore / AS Arquitectura
>>>>>Córdoba 188 / FRB Arquitectura – May 26, 2018 (archdailybrasil-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 contexto 50 0 NONE 4 seu contexto urbano: 1, o contexto urbano e social: 1, O contexto exterior: 1, o contexto exterior: 1
2 O projeto Casa 0 0 PLACE 3 O projeto Casa: 1, (tacit) ele/ela (referent: O projeto Casa): 2
3 residência 0 60 NONE 2 a residência: 1, A residência: 1
4 casa 0 0 NONE 2 uma casa: 2
5 tempo 0 0 NONE 2 tempo: 2
6 vegetação 0 0 NONE 2 vegetação baixa: 1, a vegetação: 1
7 árvores 0 0 NONE 2 árvores: 2
8 incomodar os usuários 0 70 NONE 1 incomodar os usuários: 1
9 a região 125 0 NONE 1 a região: 1
10 essa arquitetura 125 0 NONE 1 (tacit) ele/ela (referent: Essa arquitetura): 1