Está na hora de repensarmos os prêmios de arquitetura?

Por: SentiLecto

A arquitetura, em sua maneira realizada, não é nem a visão nem o trabalho de uma única pessoa. É uma prática inerentemente coletiva em seus processos. Se a festeja mas a arquitetura como a conhecemos só depois de deduzida, e a maneira raramente festeja ela como se a produz . Poucos prêmios reconhecem a ampla rede de pessoas que permite àqueles que estão no topo da pirâmide colocarem seus nomes nas obras cdeduzidas

Discordâncias recentes arremessaram mais luz sobre esse aspecto – da abaixo-assinado para que Denise Scott Brown fosse reconhecida retroativamente pelo trabalho que rendeu ao seu Robert Venturi o Prêmio Pritzker em 1991 a revelações no começo deste ano sobre a forma como arquitetos como Richard Meier abusam de seu poder no campo profissional para ganhos pessoais. Robert Venturi é marido.

Talvez a inclusão mais famosa nas publicações tenha sido o debate do pato e do galpão decorado – uma construção genérico constotuído por um bloco modernista que exigia sinalização para dizer sua significação. Venturi e Scott Brown desejavam tornar as construções legíveis. Assim, nem toda estrutura precisava de um sinal ou maneira simbólica, mas precisava desesperadamente se comunicar de algum modo além da impotente torre modernista envidraçada que se tornava cada vez mais habitual nas cidades de America.Faz 46 anos, Scott Brown e Venturi compilaram o trabalho de seus estudantes com a assistência de o assistente de ensino Steven Izenour para dar corpo a o seminal Aprendendo Vegas. com   Las Vegas. O livro pedia que os arquitetos se afastassem das torres corporativas e considerassem os lugares cotidianos do gosto das pessoas.

Leia a opinião de Okamoto sobre os prêmios de arquitetura na Metropolis Magazine.

Fonte: archdailybrasil-pt

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Está na hora de repensarmos os prêmios de arquitetura?
>>>>>Amor em Las Vegas: 99% Invisible revisita o romance pós-moderno de Denise Scott Brown e Robert Venturi – May 24, 2018 (archdailybrasil-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Robert Venturi 0 100 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: Venturi): 3, Robert_Venturi (apposition: marido): 1
2 forma 0 40 NONE 4 a maneira: 1, sua forma realizada: 1, a forma: 1, forma simbólica: 1
3 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
4 a vasta rede de pessoas 0 0 NONE 2 a vasta rede de pessoas: 2
5 aqueles 0 0 NONE 2 aqueles: 2
6 arquitetos 0 0 NONE 2 os arquitetos: 1, arquitetos: 1
7 arquitetura 0 0 NONE 2 a arquitetura: 1, A arquitetura: 1
8 bloco 0 0 NONE 2 um bloco modernista: 2
9 os lugares cotidianos de o gosto de as pessoas 0 75 NONE 1 os lugares cotidianos de o gosto de as pessoas: 1
10 impotente torre modernista 0 70 NONE 1 impotente torre modernista: 1