Se designa Social-democrata Löfven candidato a primeiro-ministro em a Suécia

Por: SentiLecto

O presidente do parlamento da Suécia, Andreas Norlén, anunciou nesta quarta-feira a indicação oficial do social-democrata Stefan Löfven como candidato a primeiro-ministro, que conta com o suporte necessário para a eleição de sexta-feira na Câmara. O anúncio esperado foi feito depois que Norlén se reuniu com os líderes das forças políticas e que o Partido de Esquerda, que fora de “qualquer influência” na condução política da Suécia, informou que se vai abster na eleição, o que garante que Löfven não vai ter uma maioria votando contra sua indicação, a condição para ser eleito. Os esquerdistas provocaram na segunda-feira um atraso de dois dias no processo ao condicionar sua abstenção a uma negociação direta com Löfven e mostrar seu descontentamento com o convênio fechado na sexta-feira pelo social-democrata com ecologistas, centristas e liberais.

Para ser eleito primeiro-ministro na quarta-feira em uma eleição no parlamento, Löfven – que deve ainda ser mencionado oficialmente como candidato na segunda-feira – precisa que o Partido de Esquerda, suporte externo na legislatura anterior, não vote contra ele.O acordo, que deve ser ratificado pelos órgãos de resolução dos respectivos partidos neste final de semana, permite que o social-democrata Stefan Löfven possa conduzi mais quatro anos em minoria com os ecologistas e deixaria sem influência a extrema-direita, terceira força do parlamento, mas isolada pelos demais partidos.

O acordo para apoiar um governo em minoria de social-democratas e ecologistas encarna uma mudança rumo à direita em áreas como o mercado de trabalho e a tributação, e

O líder esquerdista Jonas Sjöstedt justificou hoje a abstenção pelo compromisso de Löfven de defender as reformas promovidas na última legislatura, nas quais o Partido de Esquerda foi um aliado externo da aliança entre social-democratas e ecologistas, e pela necessidade de isolar o Democratas da Suécia , a legenda de extrema-direita que conta com a terceira maior bancada do parlamento.

No entanto, Sjöstedt advertiu que apoiaria uma moção de censura contra o social-democrata, se Löfven tentar levar adiante as reformas no mercado de trabalho e no regime de aluguéis, o que faria ele perder a maioria.

“O que está vigente é o acordo . É preciso satisfi-lo. Como o Partido de Esquerda seleciona comportar-se em distintas situações é de sua responsabilidade”, declarou hoje Löfven em entrevista coletiva conjunta com Norlén.

A origem do bloqueio político na Suécia está no resultado apertado das votações legislativas, sem maiorias claras, e no fato de que nenhum partido deseja fazer acordo com o SD, ao contrário do que acontece em outros países nórdicos com forças equivalentes.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Se designa Social-democrata Löfven candidato a primeiro-ministro em a Suécia
>>>>>Social-democratas e partidos de centro confirmam pacto para governar a Suécia – January 11, 2019 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Partido de Esquerda 40 30 ORGANIZATION 7 o Partido_de_Esquerda: 4, o Partido_de_Esquerda (apposition: apoio externo): 1, (tacit) ele/ela (referent: o Partido_de_Esquerda): 2
2 Stefan Löfven 0 0 PERSON 7 o social-democrata Stefan_Löfven: 1, (tacit) ele/ela (referent: Löfven): 2, Löfven: 4
3 Andreas Norlén 60 0 PERSON 4 Andreas_Norlén: 1, Norlén: 2, (tacit) ele/ela (referent: Andreas_Norlén): 1
4 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
5 acordo 90 0 NONE 3 acordo: 1, O acordo: 1, o acordo: 1
6 primeiro-ministro 0 0 NONE 3 primeiro-ministro: 2, eleito primeiro-ministro: 1
7 votação 0 0 NONE 3 a votação: 2, uma votação: 1
8 Sjöstedt 0 6 PERSON 2 Sjöstedt: 1, ele (referent: Sjöstedt): 1
9 o acordo e terceira força de o parlamento 60 0 NONE 2 O acordo e terceira força de o parlamento: 2
10 a Suécia 0 0 PLACE 2 a Suécia: 2