Com mudança, conta do trabalhador no Fundo tem que render 5% mais TR

Foto: Wikipedia – Ícone de esboço

– As mudanças anunciadas pelo governo no FGTS propiciarão um rendimento melhor para os recursos dos trabalhadores recolhidos ao Fundo. Esta sempre foi uma reivindicação dos contribuintes. O rendimento atual do Fundo, de 3% mais Taxa Referencial é o menor do mercado financeiro, perdendo até da inflação. Agora, além do rendimento de 3% mais TR, os cotistas do FGTS vão receber parte do lucro líquido do Fundo. A previsão do governo é que o Fundo lucre R$ 15 bilhões este ano. Se os aplicam miguel Ribeiro de Oliveira, os recursos do FGTS, explica o diretor de pesquisa econômica da Associação Nacional dos Executivos de Finanças , hoje através do Fundo de Investimento FGTS em projetos de infraestrutura e habitação popular. Até agora, o lucro obtido com essas aplicações não era repassado aos trabalhadores e ficava integralmente com o governo. — É isso que está mudando. Se o vai repassar agora, %50 de esse lucro a os trabalhadores, o que em a prática dá um rendimento de %5 a o ano mais TR. A lucratividade do Fundo, assim, vai ficar mais próxima à da poupança, que é de 6% ao ano mais TR. Em 2 anos, depois que a medida for aprovada por o Congresso, quem tem saldo de R, em uma simulação feita por Oliveira, que, o trabalhador só vai ter acesso a esse rendimento mais generoso $ 50 mil em a conta de o fundo hoje recebe um rendimento anual de R $ 2.715. Com a mudança, vai receber R$ 3.715. Para quem tem R$ 100 mil, o ganho em 12 meses vai passar de R$ 5.430 para R$ 7.430 com a novas normas. — Melhorar a remuneração do FGTS era uma reivindicação antiga dos trabalhadores, já que, com o ganho atual, o dinheiro depositado nas contas do FGTS vinha perdendo muito poder de compra por causa da inflação aumentada — explica Oliveira. Se o permite e o saque de o FGTS só quando o trabalhador é demitido sem justa causa, para a compra de a casa própria ou em caso de enfermidade. Para Carlos Eduardo Costa, consultor do site de Educação Financeira do banco Mercantil do Brasil, qualquer medida que aumente o rendimento do FGTS é positiva. Costa recorda que a contribuição para o FGTS é obrigatória, o trabalhador não pode aplicar em outro investimento, e as maneiras de saque são bastante restringidas. Então é importante uma remuneração menos danosa: — A única maneira de utilização positiva para o trabalhador é a chance de utilizar na compra do imóvel. Nos demais casos, como desemprego e enfermidade grave, ninguém comemora por poder acessar os recursos. Agora, declara Costa, é preciso esperar para ver como se vai implementar a medida e será feito o rateio nas contas dos trabalhadores: — Neste ano, a inflação tem que ficar em torno de 6%, e o FGTS vai repor pouco mais da metade disso. Imagina o conseqüência dessa perda ao longo de dez, 20, 30 anos. No começo dos anos 2000, o governo instituiu os fundos FGTS-Petrobras e FGTS-Vale em que os trabalhadores puderam aplicar até 50% do saldo do Fundo em ações dessas companhias. Faz 8 anos, os fundos Petrobras chegaram a render mais de %1.000, até 2008, e Faz 7 anos, os Vale deram regresso de %1.400, em seu pico rendimentos considerados excepcionais. Mas, os recursos voltavam para a conta do FGTS e as normas de o Fundo só, se o trabalhador decidisse sair da aplicação sacariam em os casos calculados eles.

E SÃO PAULO – Pressionado pela crise política e pelo mercado a exibi medidas de estímulo à economia, o governo decidiu recorrer ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço para tentar cinstituiruma agenda positiva. Segundo integrantes da área econômica, serão adotadas três ações de peso envolvendo o FGTS: ampliação da remuneração dos cotistas; permissão para que os trabalhadores saquem até R$ 1.500 de suas contas para pagar dívidas; obriga-se as companhias e a eliminação gradual de a multa de %10 que a recolher em caso de demissão sem justa causa. A expectativa é que anunciem-se as medidas ainda hoje, após uma reunião entre o presidente Michel Temer e os ministros de a Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira. Vai editar-se uma medida provisória em resposta em as críticas de que o dinheiro de os cotistas rende pouco, , a fim de permitir a distribuição de parte de o lucro líquido de o FGTS com os proprietários de as contas vinculadas, %40 e %50 em os anos seguintes ., iniciando com %20 em 2017 e subindo para %30 40% e 50% nos anos seguintes. Além disso, deverá ser autorizado o saque do FGTS — hoje restrito a situações especiais — no valor de R$ 1.500 para pagamento de dívidas. Para aliviar o encargo dos empregadores, a multa adicional de 10% das demissões sem justa causa seria gradualmente eliminada, com redução de 1 ponto percentual a cada ano. A multa rende ao FGTS entre R$ 3 bilhões e R$ 4 bilhões anualmente. Em outra frente, o Executivo pretende utilizar os recursos do Fundo para financiar habitação para a classe média, aumentando o programa Minha Casa Minha Vida. As medidas devem ser anunciadas em dois blocos. Primeiro têm que sair as do FGTS e depois, possivelmente na semana que vem, aquelas que envolvem questões trabalhistas. Em 2 anos, de acordo com técnicos de o governo, a divisão de o lucro líquido de o FGTS com os cotistas para quem tiver recursos em a conta até 31 de dezembro de 2017 será feita,. O crédito vai ser proporcional ao saldo existente na época. Neste ano, a previsão é que o Fundo registre um lucro de R$ 15 bilhões. A destinação de parte dos lucros tem o aval da Caixa Econômica Federal e seria uma maneira de compensar a baixa remuneração das contas vinculadas ao FGTS — que têm perdido para a inflação nos últimos anos. A medida tem também o suporte dos representantes das centrais sindicais no Conselho Curador do Fundo e do setor da construção civil, na expectativa de conseqüência positivos de uma elevação no rendimento dos trabalhadores para os empréstimos habitacionais. O Fundo é a principal fonte de financiamento da casa própria na baixa renda. Já a licença para que os cotistas possam sacar os recursos para pagar dívidas enfrenta resistências de todos os lados. Segundo o consultor da Comissão de Orçamento da Câmara dos Deputados, Leonardo Rolim, o valor do saque poderia ser insuficiente para colocar as contas em dia e ainda provocar uma descapitalização do Fundo. A previsão é sejam retirados do FGTS R$ 30 bilhões. — Essa medida é equivocada. Descapitalizará o FGTS e só vai servir para impulsionar o consumo. O país precisa de medidas estruturantes, investimentos em infraestrutura para gerar empregos — alegou Rolim. Se o adapta segundo , o momento não para tal iniciativa, devido a a ampliação de o desemprego, o que vou os saques e fez despencar as receitas de o Fundo em este ano. Entre janeiro e outubro, a arrecadação líquida despencou 30,87% — o que encarnou menos R$ 3,776 bilhões, na comparação com igual fase de 2015. José Carlos Martins advertiu que a verba plurianual do FGTS para habitação, saneamento e infraestrutura pode ser prejudicado. José Carlos Martins é o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção . O Fundo calcula investir nessas áreas R$ 330,9 bilhões até 2020. O valor, aprovado pelo Conselho Curador, realçou, não considera saques excepcionais. — A verba futuro do FGTS pode ficar comprometido. R$ 30 bilhões não é qualquer troco — alegou. SAQUE PARA PAGAR DÍVIDAS PROVOCA CRÍTICAS Martins recordou que o governo petista autorizou a utilização dos recursos do FGTS como garantia em crédito consignado, justamente para auxiliar os trabalhadores a pagar suas dívidas. Como os juros em essas operações a %3,5 a o mês e os bancos só podem pôr a mão em o dinheiro no caso de demissões, não há interesse em o setor financeiro, se os restringiu no entanto. Para o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo , José Romeu Ferraz Neto, a medida, se for implementada no âmbito do pacote de estímulos à economia, pvai prejudicaro próprio trabalhador, que tvai terdreduzidasua poupança em caso de demissão sem justa causa ou aposentadoria. Segundo ele, também vai haver perda para o financiamento de habitação, saneamento e infraestrutura urbana, já que o FGTS é uma das últimas fontes disponíveis para esses fins. — Os recursos do FGTS podem auxiliar a instituir empregos financiando a construção de moradias e a expansão da infraestrutura. Não faz sentido transferir esse dinheiro aos bancos — alegou Ferraz Neto, observando que a medida vai prejudicar, ainda, a retomada dos financiamentos do Minha Casa Minha Vida voltados às famílias de menor renda. ‘PROPOSTA DE ANALISTA DE CREDIÁRIO’ Na opinião de Abelardo Campoy Diaz, representante da Confederação Nacional do Comércio no Conselho Curador do FGTS, a licença para o saque em caso de dívidas abre um precedente arriscado. Ele recorda que há centenas de projetos no Congresso para autorizar a retirada dos recursos do Fundo, para as mais variadas propósitos. — Quando ele perde o emprego, a lei do FGTS restringiu as chances de saque justamente para conservar o personalidade previdenciário do Fundo, de amparar o trabalhador. Mesmo que consenti com todos os projetos do Congresso, uma autorização dessa natureza é o — declarou Campoy. Para o representante da CUT no Conselho, Claudio da Silva Gomes, a medida prejudica o trabalhador e o próprio governo. Ele recordou que o FGTS é o maior investidor no setor de infraestrutura, cuja administração cabe ao Executivo. — Parece ter sido gestada por um analista de crediário e não por um gestor público — criticou. Já a Força Sindical consente com a medida. O governo, porém tem maioria no Conselho Curador, bem como o voto de Minerva em caso de empate. Nicola Tingas também considera positiva a iniciativa do governo de incentivar o saneamento das dívidas de pessoas físicas e companhias. Nicola Tingas é o consultor econômico da Associação Nacional das Instituições de Crédito . Ele evidencia que o desemprego comprometeu a verba de as famílias e pela inflação alta: — O FGTS pode ser uma opção para auxiliar a quem está endividado. Mas avalio que isso seja feito de uma maneira pela qual o trabalhador não seja prejudicado se for demitido. O ideal seria utilizar somente parte do FGTS.

Leer Más

Bilionário egípcio deseja ter 10% das ações da Oi

Faz 1 dia, o empresário egípcio Naguib Sawiris fez uma oferta para aportar US 250 milhões em a Oi. $ 250 milhões na Oi. A injeção de recursos está atrelada a uma ampliação de capital da tele carioca de até US$ 1 bilhão. Com a operação, que pode chegar a US$ 1,25 bilhão, Sawiris pretende ter 10% das ações da Oi e mudar os membros do Conselho de Administração e da diretoria.

Leer Más

Temer defende militares fora da reforma da Previdência

Foto: Wikipedia – Olive Phenology

– Faz 1 dia, diante de uma plateia formada por integrantes de as Forças Armadas, o presidente Michel Temer defendeu a resolução de o governo de excluir os militares de a proposta de a reforma de a Previdência. Segundo ele, existe princípio constitucional e jurídico que obriga que essa categoria tenha tratamento diferente. — Eu desejo declarar que, com muito acerto, nós votamos o projeto da reforma Previdenciária, naturalmente excluindo os militares. Estamos constitucional e juridicamente corretos. A ideia da equipe econômica é mexer no regime de aposentadoria dos militares num projeto separado, que tem que ser enviado ao Congresso em fevereiro. O governo montou uma ofensiva a favor da reforma da Previdência, que vem recebendo ataques nas redes sociais. Faz 1 dia, Dyogo Oliveira convidou o jornalismo para rebater o argumento de que a Previdência é superavitária. Dyogo Oliveira é o ministro do Planejamento. Uma das críticas à reforma é que a arrecadação com a seguridade social, que envolve contribuição previdenciária, PIS/Cofins e CSLL, seria suficiente para cobrir as despesas com o sistema. Segundo o ministro, quem defende essa tese não considera renúncias fiscais que diminuem a arrecadação e excluem da conta os servidores públicos aposentados da União. Isso, segundo o governo, é uma avaliação deformada dos fatos: — É importante que a sociedade tenha argumentos com base em informações corretas. O ministro alegou que, até outubro, o rombo previdenciário em 12 meses foi de R$ 135,7 bilhões. Ele encarna a maior parte da conta da seguridade social, deficitária em R$ 243,2 bilhões. Os números da seguridade vão passar a ser divulgados trimestralmente pelo ministério. Oliveira, que está ocupando a verba de outras áreas, alegou que, entre 2000 e 2016, o peso da Previdência na verba da seguridade foi de 51% para 58%: — O elemento que mais aumenta é a Previdência.

— O investimento caiu bastante no terceiro trimestre deste ano, e Em 1 ano, a base fica bastante baixa. Com a aprovação das medidas de ajuste, institui-se um ambiente de investimento mais favorável. Para este ano, nossa projeção é de uma queda de 10,4% do investimento e, para 2017, ainda projetamos uma queda de 0,15%. Embora fraco, já é menos ruim. Sem as medidas de ajuste fiscal, seria pior.A melhora das expectativas tem até potencial para diminuir os juros e, assim, a soma que o país paga mensalmente sobre a dívida, observa Fabio Klein, economista da Tendências Consultoria. Faz 5 meses, a dívida pública bruta chegou a %73,7 de o PIB, segundo o Banco Central, em julho. Esse percentual pode chegar a 80% já no ano que vem, assinalam projeções do mercado.

Leer Más

Governo do Rio anuncia pagamento em até nove parcelas e salário só se o vai quitar em janeiro; veja as datas

Após longa reunião, o governo do Rio anunciou como será feito o parcelamento dos salário de metade dos servidores públicos estaduais. Vão ser até nove parcelas de pagamento, sendo que somente uma, de R$ 370, antes do Natal, e Em 12 dias, outra antes de o Ano Novo. Faz 11 meses, as sete restantes serão pagas somente, com a última parcela sendo quitada em o dia 17 de janeiro.

Leer Más

Aneel deseja leiloar mais de 7 mil quilômetros de linhas de transmissão no primeiro semestre de 2017

– A Agência Nacional de Energia Elétrica pretende licitar cerca de 7,3 mil quilômetros de novas linhas de transmissão de energia no primeiro semestre de 2017, informou a agência nesta sexta-feira, ao abrir audiência pública para debater a proposta de edital. A Aneel estima que a construção das linhas vai demandar investimentos de 12,7 bilhões de reais. As linhas serão divididas em 34 lotes e passarão por 16 Estados: Alagoas, Bahia, Vai cear, Goiás Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe. Goiás é maranhão. Faz 11 meses, Piauí é rio.

Leer Más