Enxergar vida na morte. Essa é a verdadeira sapiência.

Foto: Wikipedia – Nativo em ritual de dança da morte

O telefone tocou. Acidente. Hospital. Essas notícias que a pessoa deve dar. E bastante sem graça vai falando pouco a pouco. Para reduzi a dor. O efeito. Disfarçar o inevitável.

Psicopatas são seres sedutores. Aparentam ser confiáveis. Os mais confiáveis. Entre uma pessoa honesta que briga, que reclama, que põe a cara a tapa e declara o que pensa e um psicopata, o psicopata é aquele que faz você pensar:

Leer Más

Expert declara que governo Temer encarna retrocesso para as mulheres

Foto: Wikipedia – Deputado Michel Temer

O governo de Michel Temer, que assumiu a presidência do Brasil após o controverso processo de impeachment de Dilma Rousseff, encarna um “retrocesso político, social e econômico bastante grande para as mulheres”, com um “golpe de Estado” que foi baseado em uma “campanha de violência sexual”, alegou nesta quinta-feira o expert feminista brasileira Maria Betânia Ávila, que garantiu que este fato determina uma tendência ao “controle e total proibição dos direitos reprodutivos e sexuais das mulheres” brasileiras, que “relatam que se sentar-se bastante mais ameaçadas hoje”. A pesquisadora do Instituto Feminista para a Democracia SOS Corpo declarou em entrevista à Agência Efe que a presidente destituída foi vítima de uma agressão “como mulher”, algo que fez parte de “toda a violência política do golpe” que ela spadeceu

– O Brasil usará recursos do Banco Mundial em um estudo sobre como construir hidrelétricas de uma forma que favoreça o desenvolvimento e a sustentabilidade, em um sinal de que os grandes empreendimentos hídricos não saíram dos planos do país mesmo com a recente negativa do Ibama ao licenciamento ambiental da mega usina São Luiz do Tapajós, no Pará. A implementação de usinas hídricas de grande porte no Norte do país foi um dos focos da política energética nos governos do Partido dos Trabalhadores, que definiram esses projetos como “estruturantes”, uma vez que o objetivo era que as obras promovessem crescimento econômico na região. Os empreendimentos, no entanto, foram alvo constante de críticas e protestos por parte de ambientalistas e organizações não-governamentais. Agora, o Ministério de Minas e Energia vai investir cerca de 780 mil reais em um estudo com duração calculada de 270 dias sobre “implantação de usinas hidrelétricas estruturantes” e a elaboração de planos de “desenvolvimento regional sustentável”. Os recursos para a contratação vieram do Banco Mundial, por meio de um acordo de cooperação entre a pasta e a instituição financeira chamado “Projeto Meta”. O ministério declarou, em resposta a questionamentos da Reuters, que o estudo não tem como objetivo atender especificamente um projeto, como o de Tapajós, mas sim buscar melhores práticas para a implementação de hidrelétricas geralmente, que não serão abandonadas pelo novo governo do presidente Michel Temer. “As hidrelétricas de todos os portes estão admiradas no planejamento energético do país e continuam com um papel importante na composição da matriz… a contratação em questão tem o objetivo de melhorar a maneira de implantar esses projetos”, explicou a pasta. Enquanto hidrelétricas de pequeno porte encarnam outros 3 por cento, as usinas hídricas de grande porte respondem por cerca de 61 por cento da habilidade de geração em operação no Brasil. Luiz Barroso declarou em entrevista recente na Reuters que “o Brasil é um país hidrelétrico”, que vai buscar desenvolver esses empreendimentos dentro de uma visão de desenvolvimento sustentável. Luiz Barroso é o presidente da estatal Empresa de Pesquisa Energética .que vai buscar desenvolver esses empreendimentos dentro de uma visão de desenvolvimento sustentável. Realçou: “Combateremos pelas hidrelétricas”. TAPAJÓS VIVE Em agosto, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis negou e arquivou um pedido de licenciamento ambiental da usina de São Luiz do Tapajós, calculada para ser uma das maiores do país quando construída no rio Tapajós, no Pará. Mas na última sexta-feira a diretora de licenciamento ambiental do órgão, Rose Hofman, declarou que não vetou o controverso projeto. “O despacho pelo arquivamento de Tapajós é meramente por não cumprimento de prazos. É meramente falta de entrega de documentos, se olharem com cuidado a motivação do meu despacho de arquivamento. Pode ser protocolado de novo e analisado de novo”, explicou, quando o projeto estiver maduro suficiente. Faz 2 meses, Fernando Coelho Filho, alegou que o governo iria arquivar o projeto por ora, em agosto após arquivamento de o licenciamento por o Ibama o ministro de Minas e Energia, mas não descartou uma retomada da usina no futuro.

Leer Más

Just Kids desfila coleção jovem em sua estreia na São Paulo Fashion Week

A marca iniciou como uma brincadeira entre duas amigas. Karen Fuke, que comandou a Triton por 18 anos , estava cansada de amarras e procuras comerciais.

Leer Más

Representatividade é assunto de desfile de Ronaldo Fraga com modelos trans

Foto: Wikipedia – Ícone de esboço

Ronaldo Fraga tem um histórico de promover discussões e fazer desfiles memoráveis na São Paulo Fashion Week. Nessa temporada, o estilista escalou um time de 28 transexuais e travestis para atravessar a passarela improvisada no Teatro São Pedro, na região central de São Paulo.

De mulheres operadas a travestis, sua coleção ergue a bandeira da transfobia para recordar aos convidados que o Brasil é o país com número mais alto de homicídios de transexuais no mundo.Faz 7 anos, ele colocou idosos em a passarela de sua coleção inspirada em a peça Giz, de a empresa de teatro Giramundo, em 2009 por exemplo.

Leer Más