Facebook arremessa no Brasil programa para lutar fake news

Por: SentiLecto

O Facebook arremessará, na próxima semana, um serviço que visa lutar as chamadas fake news. A iniciativa, no Brasil, é resultado de uma parceria com as agências de checagem Aos Fatos e Lupa.

A indústria de jogos eletrônicos foi desenvolvida a o ponto de aumentar o número de ofertas de emprego em o setor ampliação que é provado em a plataforma Indeed brutalmente,. No Brasil, o total de vagas de emprego no setor subiu admiráveis 73% desde 2015 até hoje. A busca por essas vagas no Indeed também ampliou 45.6% neste fase, e observa-se que a oferta por chances na área de games está maior do que a demanda.O mais admirável crescimento nas buscas por empregos está na área de e-Sports, que encarna uma tendência. Mas desenvolvedores e programadores de jogos tiveram uma ampliação constante nas buscas por emprego na plataforma Indeed no Brasil, totalizando 20.6% na comparação entre 2015 e 2018. De 2015 para cá, o número de buscas por designers de jogos também aumentou e está em segundo lugar na lista com cerca de 8%.

Na quinta-feira 26 de abril o Facebook começou a divulgar um anúncio que reconhece todas as coisas ruins que a plataforma atraiu nos últimos anos – fake news, spams, posts caça-cliques, anúncios maliciosos e afins. Tudo isso para chegar a mensagem de que faria melhor o seu trabalho para conservar “você seguro e proteger a sua privacidade” e voltar ao que o “Facebook era bom em fazer, em primeiro lugar”: conectar pessoas. Em 2 meses, o anúncio vai ir a o ar em a TV, salas de cinema e durante alguns jogos de a NBA, em os Estados Unidos.

O programa de verificação já tinha sido começado nos Estados Unidos, onde segundo a empresa a ferramenta de checagem diminuiu até 80% a propagação de notícias falsas.

De acordo com o Facebook, as agências poderão acessar as notícias que foram delatadas como falsas pelos usuários.

Os conteúdos classificados como tal vão ter sua distribuição orgânica diminuída de maneira expressiva no Feed de Notícias. Consequentemente, as páginas na rede social que repetidamente compartilharem notícias falsas vão ter o seu escopo reduzido.

Notícias consideradas falsas pelas agências não poderão ser impulsionadas no Facebook. E as Páginas que publicarem habitualmente tais conteúdos não vão ter mais a alternativa de utilizar anúncios para construir suas audiências.

Fonte: Idgnow-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United States, Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Facebook arremessa no Brasil programa para lutar fake news
>>>>>Vagas na indústria de jogos crescem no Brasil. Saiba como ingressar na área – May 07, 2018 (Idgnow-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 notícias 0 180 NONE 4 Notícias consideradas falsas: 1, notícias falsas: 1, as notícias: 2
2 Facebook 0 0 ORGANIZATION 4 O Facebook: 1, o Facebook: 3
3 o Brasil 0 0 PLACE 3 o Brasil: 3
4 o Indeed 0 0 PLACE 3 o Indeed: 1, a plataforma Indeed: 2
5 coisas 0 180 NONE 2 coisas ruins: 2
6 posts 160 80 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: posts caça-cliques): 1, posts caça-cliques: 1
7 conteúdos 35 40 NONE 2 tais conteúdos: 1, Os conteúdos classificados: 1
8 tudo_isso para chegar a mensagem o seu trabalho para manter você seguro e proteger a sua privacidade e voltar a o que o facebook era bom em fazer em primeiro lugar conectar pessoas 320 0 NONE 2 Tudo_isso para chegar a mensagem o seu trabalho para manter você seguro e proteger a sua privacidade e voltar a o que o Facebook era bom em fazer em primeiro lugar conectar pessoas: 2
9 aumento 80 0 NONE 2 aumento: 1, um aumento constante: 1
10 agências 0 0 NONE 2 as agências: 2