Netflix aumenta 63% no primeiro trimestre e fatura US$ 290 milhões

Por: SentiLecto

A Netflix, que a medida que anda para bater metas agressivas de novos usuários, a plataforma pioneira de streaming anunciou nessa segunda-feira que seu lucro líquido aumentou cerca de 63% no primeiro trimestre, para US$ 290 milhões, registrou um crescimento expressivo no primeiro trimestre de 2018. No comparativo do ano anterior, a empresa progrediu 40%, para US$ 3,7 bilhões. Divulgaram-se os resultados financeiros após o encerramento de as bolsas de America.

O anúncio, como era esperado, já repercutiu no mercado de capitais, com as ações da companhia subindo até 7% no chamado after market, segundo informações da Reuters. Entretanto, fechou em queda de 1,5%.

Acima da expectativa

A empresa aumentou sua base de novos usuários acima da expectativa de Wall Street, que apostava em um acréscimo de aproximadamente  6,5 milhões de novos assinantes. Nos primeiros três meses, a plataforma atraiu mais 7,4 milhões de clientes. A expectativa, de acordo com a própria Netflix, é conquistar mais 6,2 milhões de assinantes no fase de abril a junho, um milhão a mais que as previsões dos analistas.

Na sua vez, muitos experts da indústria criticam a engessada regulação de Francia, considerada arcaica para o modelo de negócios que se instituiu hoje em dia, protagonizado pela Netflix e Amazon. Ted Sarantos declarou que não vai ir ao festival de Cannes, mas que outros executivos da empresa passarão pela carpete vermelha.Segundo levantamento da 7Park Data, divulgada pela revista Variety, 80% das transmissões da plataforma vieram de programas comprados pelo serviço, como “Friends” e “Breaking Bad”. Títulos próprios, que incluem aí a febre “Stranger Things” e “House of Cards”, foram culpadas por somente 20% dos acessos.Há boas possibilidades de que nesta semana que se passou você tenha sido impactado pela avalanche de notícias protagonizadas pelo CEO do Facebook, Mark Zuckerberg. E não à toa. O escândalo envolvendo a utilização indevida de dados de 87 milhões de perfis de usuários da rede social pela consultoria Cambrigde Analytica chegou até o Congresso de America, onde durante dois dias o executivo deveu prestar esclarecimentos para quase 100 representantes. Zuckerberg, em diversas ocasiões, se viu acuado. Nestas duas listas recapitulamos os principais pontos erguidos na audiência de Zuckerberg:

Na segunda-feira 26 de março a Fórmula 1 havia aproveitado o primeiro fim de semana de treinos oficiais e corrida da temporada 2018 para anunciar uma parceria com a Netflix. A fornecedora mundial via streaming seria culpada pela produção de uma série com dez episódios originais sobre a atual temporada que seria apresentada na plataforma no começo do ano que vem.

Apesar de um estudo recente assinalar que a maioria dos assinantes dedica seu tempo assistindo a conteúdo licenciado, a Netflix atribuiu seu crescimento a produção de conteúdo original e à expansão do consumo de entretenimento online no mundo.

No Brasil, a nova série “O Mecanismo”, de José Padilha, também é uma das apostas da Netflix para este ano.

Em entrevista à Variety, Sarandos critica a nova rnormaimposta pelo festival que impede a participação de filmes que não foram eapresentadosnos cinemas da França. “O festival optou por festejar a distribuição em vez de festejar a arte do cinema. Estamos 100% com a arte do cinema. E aliás, todos os outros festivais do mundo também”, declarou Sarandos na entrevista.

Fonte: Idgnow-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Netflix aumenta 63% no primeiro trimestre e fatura US$ 290 milhões
>>>>>Netflix não cede a Cannes e retira produções originais da competição – April 13, 2018 (Idgnow-pt)
>>>>>Netflix aposta em produções originais, mas elas só rendem 20% dos acessos – April 16, 2018 (Idgnow-pt)
>>>>>Resumo da semana: Zuckerberg na berlinda, Netflix rompe com Cannes e Paranoia com IA – (Idgnow-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 85 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
2 festival 0 0 NONE 4 o festival: 3, O festival: 1
3 plataforma 0 0 NONE 3 a plataforma: 3
4 expectativa 160 0 NONE 2 expectativa: 1, A expectativa: 1
5 títulos próprios e house of cards 100 0 NONE 2 Títulos próprios e House of Cards: 2
6 a febre 80 0 NONE 2 (tacit) ele/ela (referent: a febre): 2
7 crescimento 50 0 NONE 2 um crescimento significativo: 1, seu crescimento: 1
8 companhia 25 0 NONE 2 A companhia: 1, a companhia: 1
9 Netflix 0 0 PERSON 2 Netflix: 2
10 Netflix 0 0 ORGANIZATION 2 a Netflix: 2