Quase todas as vítimas do ransomware WannaCry rodavam Windows 7

Por: SentiLecto

O mega ataque com o ransomware WannaCry, que provocou barulho e problemas pelo mundo no último final de semana, atingiu principalmente máquinas com o sistema Windows 7, de acordo com dados publicados nesta sexta-feira, 19/5, pela companhia de segurança Kaspersky Lab.

“Existem certas organizações ou setores – por exemplo, médicos – onde o patch não é uma questão simples”, declarou Carsten Eiram, diretor de pesquisa da companhia de inteligência de vulnerabilidade Risk Based Security, por e-mail. “Nesses casos, é imperativo que eles entendam corretamente os riscos e procurem soluções alternativas para restringi a ameaça”.

WannaCry é um crypto-ransomware que afeta o sistema operativo Microsoft Windows.

Kaspersky Lab é uma companhia de Rusia produtora de programas de segurança para a Internet, distribui soluções para segurança da informação contra vírus, hackers, spam, trojans e spywares.

Segundo a Kaspersky, aproximadamente 98% dos computadores infectados pelo ransomware na última semana rodavam alguma versão do Windows 7 – menos de um em cada mil máquinas rodavam o Windows XP.

O oficial, para o seu nome não ser revelado. alegou: “Estamos trabalhando em como corrigir essa variante e compartilhar isso assim que pudermos”. A autoridade não revelou quantos computadores a variante afetou eles , declarando somente que foram “alguns”.De acordo com a agência oficial ” Xinhua ” , o Centro Nacional de Resposta Diante de Emergências de Vírus detectou o UIWIX e a empresa de programa AsiaInfo, e sua maneira de contágio é similar ao WannaCry.

Apesar de já ser esperado que a infecção afetasse principalmente versões antigas de o Windows, chama a atenção a disparidade, se atingiram os usuários de o Windows entre como 7 e de o XP.

O êxito do WannaCry, pelo menos na medida em que sua distribuição foi rápida, confirmou aos cibercriminosos que há muitos sistemas vulneráveis ​​em redes empresariais que podem ser alvo de antigas explorações. É possível que eles tentem utilizar outras explorações da NSA vazadas pelos Shadow Brokers ou sejam mais rápidos aem adotar proezas para equívocos futuros que possibilitem ataques similares em massa em LANs.

Fonte: Idgnow-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Quase todas as vítimas do ransomware WannaCry rodavam Windows 7
>>>>>Ataque com ransomware WannaCry é apenas o começo, alertam especialistas – (Idgnow-pt)
>>>>>EUA já monitoram nova variante do ransomware WannaCry – May 16, 2017 (Idgnow-pt)
>>>>>>>>>Microsoft culpa governo dos EUA por mega ataque de ransomware – (Idgnow-pt)
>>>>>>>>>Pequim descobre nova ‘mutação’ do vírus responsável por ciberataque mundial – May 15, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>China e Filipinas começarão negociações sobre o Mar do Sul da China, diz embaixador – (Extraoglobo-pt)
>>>>>China alerta sobre vírus UIWIX, semelhante ao WannaCry – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 os cibercriminosos 40 60 NONE 3 (tacit) eles/elas (referent: os cibercriminosos): 2, eles (referent: os cibercriminosos): 1
2 variante 21 25 NONE 2 essa variante: 1, a variante: 1
3 o mega ataque com o ransomware wannacry 100 0 NONE 2 O mega ataque com o ransomware WannaCry: 2
4 Kaspersky Lab 0 0 PERSON 2 Kaspersky_Lab: 1, (tacit) ele/ela (referent: Kaspersky_Lab): 1
5 cibercriminosos 0 0 NONE 2 os cibercriminosos: 2
6 crypto-ransomware 0 0 NONE 2 um crypto-ransomware: 2
7 esto 0 0 NONE 2 (tacit) esto: 2
8 nós 0 0 NONE 2 (tacit) nós: 2
9 oficial 0 0 NONE 2 o oficial: 2
10 redes 0 0 NONE 2 redes empresariais: 2