Por: SentiLecto

– O estoque total de crédito no Brasil subiu 0,3% em maio sobre abril, a 3,596 trilhões de reais, passando a 49,7% do Produto Interno Bruto , divulgou o Banco Central nesta sexta-feira. No mês, a inadimplência no segmento de recursos livres ficou estável em 4%. Faz 2 meses, já o spread bancário em o mesmo segmento foi a 24,6 pontos percentuais, ante 26,2 pontos

– Faz 1 mês, o superávit em transações correntes brasileiras foi de 1,326 bilhão de dólares, chegando em 12 meses a um déficit equivalente a %2,54 de o Produto Interno Bruto, divulgou o Banco Central nesta quarta-feira. O resultado veio abaixo do superávit de 1,9 bilhão de dólares esperado por analistas em pesquisa da Reuters. Já os investimentos diretos no país alcançaram 2,552 bilhões de dólares, ante expectativa de 1,65 bilhão de dólares. Para junho, o BC calculou um superávit em transações correntes de 2 bilhões de dólares e IDP de 3,5 bilhões de dólares. Faz 8 dias, até o dia 19, o fluxo cambial ficou negativo em 2,93 bilhões de dólares, em o mês. – A agência de classificação de risco Moody’s diminuiu nesta segunda-feira as perspectivas econômicas para o Brasil em 2020, advertindo que a recuperação do país está vulnerável ao aprofundamento da incerteza em torno da sua habilidade de controlar a pandemia do Covid-19. A Moody’s espera que o Produto Interno Bruto da maior economia da América Latina encolha 6,2% neste ano, em comparação a previsão anterior de queda de 5,2%, colocando-a mais em linha com o consenso geral entre os economistas. Em um relatório mais extenso, no qual diminuiu a perspectiva econômica mundial, a Moody’s declarou que o Brasil está no topo da lista de países que combatem para reduzi as taxas de infecção em meio a testagens insuficientes para o Covid-19. A Moody’s, indicando o Brasil em particular escreveu: «Portanto, novas interrupções na atividade do consumidor e no funcionamento das companhias são uma chance real e podem prejudicar permanentemente as perspectivas de crescimento das economias individuais do G-20». O Brasil é o segundo maior epicentro do coronavírus no mundo depois dos Estados Unidos, com mais de 1 milhão de casos confirmados e mais de 50 mil mortes relacionadas. Em 1 ano, a Moody’s revisou suas perspectivas de crescimento econômico para o Brasil para %3,6, ante %3,3, mas declarou que isso era dado mais em função de o quão baixo a economia irá recuar neste ano do que por uma forte recuperação. «O percurso geral da recuperação econômica permanece… a atividade recomeçando no terceiro trimestre de 2020», declarou Samar Maziad, analista líder do rating soberano do Brasil. A Moody’s tem uma perspectiva «estável» em seu rating de crédito soberano «Ba2», abaixo da classificação de grau de investimento, para o Brasil. A agência não indicou a nota em seu relatório nesta segunda-feira. No mês passado, Maziad declarou que uma danificação permanente da situação fiscal, em razão dos gastos emergenciais e de guerrazinha à crise, «seria o gatilho crítico para repensar as perspectivas». – O Banco Central avaliou que a atividade econômica de Brasil atingiu seu menor platô em abril e evidenciou que seu cenário básico considera queda forte do Produto Interno Bruto no primeiro semestre, seguida de recuperação gradual a partir do terceiro trimestre. A mensagem veio em ata do Comitê de Política Monetária publicada nesta terça-feira. A nova projeção do BC para o PIB deste ano vai sair na quinta-feira, no Relatório Trimestral de Inflação. Na semana passada, o BC voltou a cortar os juros em 0,75 ponto percentual, à nova mínima histórica de 2,25% ao ano, ao mesmo tempo em que deixou aberta a porta para nova rdiminuição»residual» à frente, condicionada à avaliação do cenário. O BC reafirmou a sinalização na ata.

Na terça-feira 09 de junho a economia de Brasilde Brasil tinha que encolher 6% neste ano de acordo com nova projeção do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada , calculando que somente no segundo trimestre a retração seria de 10,5% devido às medidas de contenção do coronavírus.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Estoque de crédito no Brasil sobe 0,3% em maio, declara BC
>>>>>Superávit em transações correntes do Brasil alcança US$1,326 bi em maio – June 24, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Brasil publica normas obrigatórias para prevenir Covid-19 em frigoríficos – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Exportação de algodão do Brasil sofre ao fim de 19/20, mas Anea vê força em 20/21 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Moody’s reduz perspectiva do PIB do Brasil e alerta para riscos crescentes do Covid-19 – June 22, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Moody’s reafirma rating ‘Aaa’ dos EUA – June 19, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>BC vê fundo do poço para economia em abril e queda forte do PIB no 1º semestre – June 23, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Atividade econômica do Brasil inicia 2º tri com queda de 9,73% em abril por vírus, mostra BC – June 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Setor de serviços do Brasil recua 11,7% em abril – June 17, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Setor de serviços do Brasil despenca 11,7% em abril e tem novas perdas recordes por pandemia – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Banco Central reduz Selic a 2,25% e abre porta para eventual corte à frente – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Cenário parece levar BC a corte ‘final’ ou ‘residual’ da Selic, diz UBS – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>BC publica calendário de reuniões do Copom em 2021 – June 22, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>REPERCUSSÃO-Copom reduz Selic em 0,75 p.p. e indica chance de novo corte – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>BC britânico aumenta programa de estímulos em 100 bi de libras – June 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>BC do Chile projeta panorama econômico mais sombrio devido a impacto de pandemia – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Moody’s 60 0 ORGANIZATION 7 A Moody’s: 3, a Moody’s: 2, (tacit) ele/ela (referent: A Moody’s): 2
2 o Brasil 0 0 PLACE 7 o Brasil: 6, O Brasil: 1
3 esta 0 0 NONE 5 esta: 5
4 BC 0 0 ORGANIZATION 3 o BC: 2, O BC: 1
5 Maziad 0 0 PERSON 3 Maziad: 1, (tacit) ele/ela (referent: Maziad): 2
6 Produto Interno Bruto 0 0 ORGANIZATION 3 o Produto_Interno_Bruto: 2, o Produto_Interno_Bruto de a maior economia de a América_Latina: 1
7 dólares 0 0 NONE 3 dólares: 3
8 o Banco_Central 0 0 PLACE 3 O Banco_Central: 1, o Banco_Central: 2
9 perspectiva 60 0 NONE 2 a perspectiva econômica global: 1, uma perspectiva estável: 1
10 atividade 0 0 NONE 2 a atividade: 1, a atividade econômica brasileira: 1