Por: SentiLecto

– A elétrica de Francia EDF recebeu aval do órgão brasileiro de defesa da concorrência para transação que envolve a compra de direitos sobre um projeto de geração eólica na Paraíba, em negócio fechado com a local PEC Energia, do grupo Engeform. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica aprovou a operação sem limitações, segundo despacho publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira e parecer do órgão, que não menciona os valores do negócio. O acordo envolve projetos em desenvolvimento, ainda não operacionais, que formariam um complexo com habilidade instalada de 600 megawattts. A construção de um empreendimento desse porte demandaria mais de 2,5 bilhões de reais, segundo estimativas de mercado. Segundo documentos exibidos ao Cade, o acordo entre as companhias calcula que os franceses irão adquiri projetos para os quais a EDF vai fechar contratos de venda da produção no mercado livre de eletricidade, além de projetos que se consagrem ganhadores em leilões de energia do governo de Brasil. «Para o Grupo EDF, a operação encarna uma chance positiva para aumentar a sua atuação e habilidade de geração de energia elétrica no território nacional a partir de fontes renováveis», defendeu a companhia ao órgão estatal ao justificar a operação, fechada por meio da controlada EDF Energies Nouvelles. A EDF EN já vem investindo há anos em energia limpa no Brasil. A empresa tem complicados eólicos na Bahia e uma usina solar em Minas Gerais, na qual é sócia da Omega Geração. As companhias informaram ao Cade que a operação não está sujeira à aprovação de outros reguladores no Brasil ou no exterior. Os parques eólicos envolvidos no negócio ficam nos municípios paraibanos de Junco do Seridó, Santa Luzia, São Mamede, Salgadinho e Assunção.

– A safra de café arábica 2020/21 do Brasil ganhou ritmo no final de maio, com grande parte dos cafeicultores começando de maneira efetiva os trabalhos, declarou nesta terça-feira o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada . Segundo o órgão da Esalq/USP, o andamento da safra mais intensa em áreas como a Mogiana Paulista, sul de Minas Gerais e cerrado mineiro se uniu aos trabalhos que já atingiam de 18% a 25% do volume esperado no noroeste do Paraná. O Cepea realçou que a safra manual pode ser mais lenta nesta temporada, com a falta de mão de obra em função do coronavírus. Ainda que não tenham, a entidade em nota declarou: » sido relatados grandes problemas, alguns produtores têm optado por trazer um menor número de colhedores de outras regiões». Em relação à scolheitade café robusta, os trabalhos estão mais avançados, atingindo de 55% a 65% em Rondônia e de 25% a 35% no Espírito Santo, ddeclarouo Cepea. «Em ambas as regiões, as maiores preocupações… se concentram na mobilidade dos colhedores de fora do Estado de produção. Entretanto, os efeitos relatados ainda têm sido baixos», alegou o relatório.

Na terça-feira 12 de maio – A elétrica EDP Brasil ENBR3.SA> obteve autorização do órgão de Brasil de defesa da concorrência para uma aquisição no setor de geração solar distribuída, que tem atraído forte interesse de investidores no país. O negócio, que devia ser fechado pela unidade de serviços da companhia do grupo de Portugal EDP EDP.o Conselho Administrativo de Defesa Econômica > aprovou sem limitações LS , segundo publicação em o Diário Oficial da União de esta terça-feira. LS> é a EDP Grid. A operação envolvia a compra de duas usinas solares na cidade de Taubaté, interior de São Paulo, junto ao Grupo GDSolar, segundo documentos exibidos pela EDP ao Cade, que não mencionavam o valor a ser pago pelos ativos e nem sua habilidade instalada. Procurada, a EDP Brasil não comentou de imediato a operação. De acordo com parecer do Cade, a elétrica assinalou que «a operação encarnava uma chance para o Grupo EDP desenvolver novos projetos de geração distribuíáda de energia fotovoltaica no Brasil, expandindo o seu parque de geração renovável». A companhia também defendeu que o negócio visava ampliar «a habilidade instalada em seu sistema de distribuição, o potencial de energia excedente para comercialização, e a atração de novos clientes de serviços relacionados à geração fotovoltaica.» O Brasil tinha atualmente quase 3 gigawatts em instalações operacionais de geração distribuída– em geral sistemas instalados por consumidores ou companhias em tetos de residências, lojas ou fábricas, cuja produção podia ser abatida da conta de luz dos estabelecimentos. Desse total, cerca de 2,75 gigawatts eram de sistemas de geração distribuída solar. Em meio a um forte crescimento nos últimos anos, o setor de geração distribuída brasileirobrasileiro tem atraído interesse de grandes elétricas internacionais e de companhias locais, incluindo companhias de pequeno porte. Faz 4 meses, a própria EDP Brasil já havia recebido aval de o Cade para uma aquisição em o segmento que envolveu ativos solares de geração distribuída de a Léros Geradora,.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Brazil, Uruguay

Cities: Santa Luzia, Minas

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Francesa EDF tem aval para compra de projetos eólicos no Nordeste do Brasil
>>>>>Colheita de café arábica do Brasil ganha ritmo no final do mês, indica Cepea – May 26, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 negócio 0 0 NONE 6 O negócio: 2, o negócio: 3, negócio fechado: 1
2 projetos 162 0 NONE 5 projetos: 5
3 O Brasil 0 0 PLACE 5 o Brasil: 4, O Brasil: 1
4 empresas 0 0 NONE 5 empresas: 1, empresas locais: 1, As empresas: 1, A companhia: 1, as empresas: 1
5 operação 0 0 NONE 5 operação: 1, a operação: 3, A operação: 1
6 trabalhos 105 0 NONE 4 os trabalhos: 4
7 Cade 0 0 ORGANIZATION 4 o Cade: 4
8 Cepea 0 50 ORGANIZATION 3 O Cepea: 1, o Cepea: 1, (tacit) ele/ela (referent: O Cepea): 1
9 Conselho de Econômica 60 0 PERSON 3 o Conselho_Administrativo_de_Defesa_Econômica: 1, (tacit) ele/ela (referent: O Conselho_Administrativo_de_Defesa_Econômica): 1, O Conselho_Administrativo_de_Defesa_Econômica: 1
10 restrições 0 120 NONE 2 restrições: 2

Por SentiLecto by NaturalTech

https://natural.do/tecnonews Based on SentiLecto’s cutting-edge technology by NaturalTech, TecnoNews offers immediate insights on thousands of news for Spanish and Portuguese press. TecnoNews’s features are specifically designed to understand the evolution of events and their underlying relationships. Moreover, with TecnoNews it is easy to publish brand new content by merging and enriching different coverages from various media outlets. These Natural Language Generation capabilities, which are an emerging technological trend in the field of Robo-Journalism, are ideal for SEO and SEM campaigns. SentiLecto by NaturalTech