Por: SentiLecto

– Os contratos futuros do Ibovespa sinalizavam uma abertura positiva na bolsa paulista nesta terça-feira, em movimento alinhado a outros mercados acionários no exterior, após uma queda menor do que a esperada nas exportações chinas, com o início da colheita de resultados nos EUA também sob os holofotes. Faz 1 dia, enquanto o contrato que expira em 17 de junho tinha elevação de %1,40, por volta das 09:40, o contrato de o Ibovespa com vencimento subia %1,23, a 80.230 pontos, a 80.495 pontos. Faz 1 mês, em a China, as exportações caíram %6,6 sobre o ano anterior, melhorando ante a queda de %17,2 em janeiro-fevereiro, com os exportadores correndo para liberar os pedidos em atraso após paralisações forçadas de a produção. Faz 1 mês, Economistas projetavam queda de %14 de os embarques. «Os ativos de risco estão abrindo o dia em tom positivo. Nos últimos dias, vimos uma certa estabilização dos mercados, com a volatilidade mais baixa e as ‘bandas’ de operação um pouco mais curtos», afirmou o estrategista Dan Kawa, sócio na TAG Investimentos, em comentários a clientes. Na visão dele, trata-se de um primeiro passo para uma estabilização mais estrutural dos custos dos ativos de risco. «Vejo uma posição técnica mais saudável, custos e valuations mais atrativos, uma atuação agressiva por parte dos bancos centrais e dos governos.» Kawa cogitou, contudo, que a duração da «parada brusca» da economia mundial, assim como suas consequências ainda são incertas. «Os sinais de arrefecimento no contágio do coronavírus na Europa são positivos, mas ainda os EUA são encontrados em situação delicada.» Em Wall Street, o futuro do S&P 500 tinha alta de 1,5%.

O superávit comercial no mês passado ficou em 19,9 bilhões de dólares, contra expectativa de superávit de 18,55 bilhões na pesquisa e déficit de 7,096 bilhões de dólares em janeiro-fevereiro.Zhang Yi, economista-chefe do Zhonghai Shengrong Capital Management declarou: «Os dados acima do esperado do comércio em março não significam que o futuro é tranquilo».

Na segunda-feira 30 de março – Investidores estão desesperados para ter uma visão mais clara dos resultados das companhias norte-americanas, já que a pandemia de coronavírus os obrigou a reduzi as expectativas antes do fase de balanços financeiros do primeiro trimestre, que inicia em meados de abril. Cada vez mais companhias dos EUA estavam interrompendo suas perspectivas e advertindo sobre o alto preço das operações em meio ao surto. O Twitter, npassada, retirou suas perspectivas de receita do primeiro trimestre e calculou uma perda operacional, enquanto a Marriott International e a FedEx interromperam as previsões para 2020. O cenário dos lucros estava piorando, mesmo após o Congresso aprovar um pacote de financiamento de 2 trilhões de dólares e as ações começaram a se recuperar após semanas de quedas que concluíram o mais longo ‘bull market’ dos EUA. Os EUA superaram o nível de 100 mil casos, e ultrapassaram a China e a Itália como o país com mais casos de coronavírus. «Nada estava normal no momento, e até procurar chances era como jogar dardos no escuro», declarou Randy Frederick, vice-presidente de negociação e derivativos da Charles Schwab em Austin, Texas. Qualquer vislumbre de perspectiva para os lucros das companhias seria fundamental nesta temporada de resultados. As previsões de lucros caíram, com analistas projetando um declínio ano-a-ano de 2,9% no primeiro trimestre, 7,1% no segundo trimestre e 0,5% no ano de 2020, segundo dados da Refinitiv. Eles ainda estimavam um ligeiro crescimento no terceiro e quarto trimestres. «Em grande parte, as companhias estavam declarando, escute, ‘eu não sabia o que estava ocorrendo. estávamo retirando nossa previsão. Você estava por sua conta'», declarou Jonathan Golub, estrategista-chefe de ações do Credit Suisse Securities nos EUA, em Nova York. Como resultado, as previsões dos analistas estavam menosprezando a diminuição dos lucros, declarou ele, estimando uma queda de 24,1% nos lucros operacionais agregados em 2020 para o índice S&P 500. Sem as previsões, era provável que o número de companhias que superavam as estimativas dos analistas de Wall Street esteja beNick Raich uma companhia de pesquisa independente, adicionando que a taxa teria que ficar em torno de %35. Nick Raich é presidente-executivo da The Earnings Scout. Nick Raich é presidente-executivo da The Earnings Scout. As estimativas de lucro estavam sendo cortadas para as indústrias nas quais o efeito era mais óbvio: empresas aéreas, energia, cassinos, hotéis e resorts, declarou ele, mas para muitos outros setores, o prejuízo era menos claro. Estrategistas também observaram que a perspectiva incerta de lucro combinada com a recente queda acentuada nas ações dificultava a avaliação da relação preço/lucro. Robert Phipps, diretor da Per Stirling Capital Management em Austin, Texas declarou: » era idiotice olhar as avaliações agora».

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States, China

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Futuros do Ibovespa sobem com dados da China e balanços nos EUA no radar
>>>>>Queda nas exportações e importações da China diminui em março, mas pandemia mantém alerta – April 14, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 8 0 NONE 6 (tacit) eu: 5, eu: 1
2 os EUA 0 0 PLACE 5 Os EUA: 1, os EUA: 4
3 queda 0 20 NONE 4 a recente queda acentuada: 1, uma queda menor: 1, uma queda de %24,1: 1, a queda de %17,2: 1
4 era 50 80 NONE 3 era tolice: 1, era provável: 2
5 dano 20 80 NONE 2 o dano era menos claro: 1, um prejuízo operacional: 1
6 Austin 0 0 PLACE 2 Austin: 2
7 Jonathan Golub 0 0 PERSON 2 ele (referent: Jonathan_Golub): 1, Jonathan_Golub: 1
8 Texas 0 0 PLACE 2 Texas: 2
9 Twitter 0 0 ORGANIZATION 2 (tacit) ele/ela (referent: O Twitter npassada): 1, O Twitter npassada: 1
10 a Marriott_International e a FedEx 0 0 ORGANIZATION 2 a Marriott_International e a FedEx: 1, (tacit) eles/elas (referent: a Marriott_International e a FedEx): 1