Por: SentiLecto

– A receita líquida da Heineken no primeiro semestre caiu 16,4%, à medida que o iefeitodas rlimitaçõesrelacionadas ao coronavírus se intensificou no segundo trimestre, informou a fabricante de cerveja em comunicado, derrubando suas ações em mais de 5%. Um declínio orgânico impulsionou a queda de %13,4 em o volume total consolidado e uma queda de %3,6 em a receita líquida por hectolitro , declarou a segunda maior cervejaria de o mundo , adicionando que o volume de vendas de cerveja caiu %11,5 em o primeiro semestre de 2020. «Depois da mínima em abril, o volume começou a se recuperar gradualmente em junho, conforme as medidas de isolamento eram suspensas em todo o mundo e os clientes reabasteciam seus estoques esgotados», disse a Heineken, acrescentando que os volumes de cerveja foram mais afetados nas Américas, África, Oriente Médio e no leste europeu. O lucro operacional preliminar e o lucro líquido da companhia do primeiro semestre caíram 52,5% e 75,8%, respectivamente. A Heineken declarou que seu lucro operacional foi «desproporcionalmente» afetado pelos encerramentos de restaurantes e bares durante a pandemia e declarou que havia reservado 500 milhões de euros em itens excepcionais para baixas contábeis de ativos tangíveis e intangíveis, sem dar mais detalhes. «A Heineken pré-anunciou um lucro líquido ligeiramente menos ruim», comentaram os analistas do Credit Suisse em nota aos clientes, acrescentando que o impacto nas margens e nos ganhos orgânicos antes dos juros e impostos foi um pouco pior do que o esperado. Em 1 mês, a Heineken vai divulgar os resultados finais de o primeiro semestre.

A Boeing, que estava tentando obter aprovação para que a aeronave volte a voar antes da chegada do novo coronavírus, alegou que empresas aéreas e de leasing de aviõezinhos cancelaram outras 60 encomendas do jato no mês passado.As entregas do primeiro semestre encolheram 71%, para somente 70 aeronaves, diante do colapso da indústria de aviação gerado pelas medidas de quarentena contra a Covid-19. As entregas são importantes para os fabricantes porque quando as companhias são pagas pelo envio dos aviõezinhos aos clientes, marcam.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Heineken declara que pandemia derrubou receita do 1° semestre
>>>>>Boeing sofre 355 cancelamentos de entregas de 737 MAX no 1º semestre – July 14, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>American Airlines ameaça cancelar pedidos do Boeing 737 MAX, diz jornal – July 10, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Boeing 0 0 ORGANIZATION 3 A Boeing: 3
2 companhias 0 80 NONE 2 companhias aéreas: 1, as empresas: 1
3 Heineken 0 65 ORGANIZATION 2 A Heineken: 2
4 queda 60 0 NONE 2 A queda: 1, uma queda de %3,6: 1
5 aeronaves 0 0 NONE 2 o avião: 1, aeronaves: 1
6 coronavírus 0 0 NONE 2 o coronavírus: 1, o novo coronavírus: 1
7 medida 0 0 NONE 2 a medida: 2
8 o impacto de as restrições relacionadas 0 60 NONE 1 o impacto de as restrições relacionadas: 1
9 a pandemia 0 50 NONE 1 a pandemia: 1
10 colapso de a indústria de aviação 0 40 NONE 1 colapso de a indústria de aviação: 1