Por: SentiLecto

– O fundo de private equity IG4 fechou nesta quinta-feira acordo com a CGG Trading e os bancos para reestruturar e converter dívida em equity e assumir o controle da fatia da CLI no Terminal de Grãos do Maranhão , segundo comunicado. O negócio inclui a negociação com credores da CGG Trading e subsidiárias e a aquisição e reorganização de dívidas da companhia de 236 milhões de dólares. Após finalização da transação, a gestora vai deter 100% das ações da CLI , que detém parte do Tegram com outras empresas. O terminal é hoje um dos maiores exportadores de grãos brasileiros e está em processo de expansão, com a entrada em operação de um novo «shiploader» que terá que dobrar sua habilidade a partir de agosto, para volumes máximos em torno de 15 milhões de toneladas/ano, conforme reportou a Reuters recentemente. Os credores da CGG Trading são Bradesco, Votorantim, Santander, Banco do Brasil, ABN AMRO, Rabobank, MetLife e Bank of China. Ainda está sujeita a diligência confirmatória e aquiescência de órgãos reguladores, segundo o comunicado, embora a transação já tenha as aprovações dos credores e a concordância da CGG Trading.

PAULO/RIO DE JANEIRO – A estatal Petrobras está recomeçando os planos de venda de sua participação remanescente na BR Distribuidora, segundo duas pessoas com conhecimento do tema. A companhia pretende tentar vender sua fatia no segundo semestre, numa data ainda não definida, alegaram as fontes, que pediram anonimato para expor conversas privadas sobre o tema. Se privatizou A BR Distribuidora em o ano passado por meio de uma oferta de ações. Agora, a Petrobras deseja vender o máximo que conseguir da participação remanescente de 37,5% na distribuidora, que opera 7.700 postos de combustíveis em todo o país, segundo informações de seu website. As vendas fazem parte do programa de desinvestimento da Petrobras, que pretende vender até 30 bilhões de dólares em ativos até 2024, visando diminuir sua dívida. Se retardaram os planos recentemente por causa das turbulências em o mercado relacionadas em a pandemia de coronavírus, o que levou a companhia a revisar projeções para dívida bruta a o final de 2020 platô de encerramento de 2019 . suas para o mesmopatamar de encerramento de 2019. Pelos câmbios atuais, a fatia da Petrobras vale 9,7 bilhões de reais. As ações da BR Distribuidora afundaram em meio às medidas de rlimitaçãoimpostas para conter oaaprogressãodo coronavírus. Elas se recuperaram parcialmente desde então, mas ainda acumulam queda de 25% no ano. As fontes adicionaram que a BR Distribuidora também vai erguer capital com a emissão de novas ações, com o objetivo de fortalecer seu caixa, mas a porção dessa oferta vai ser bastante menor do que a que entende as ações de propriedade da Petrobras. Faz 5 meses, a Petrobras contratou as unidades de bancos de investimento de o Morgan Stanley, JPMorgan Chase, Goldman Sachs, Itaú Unibanco, XP, Bank of America e Citigroup para organizar a oferta, em janeiro. O «timing» da venda vai depender da performance das ações da BR, que a Petrobras espera que tenham maior recuperação à medida que o Brasil reabra sua economia depois de medidas de isolamento devido ao coronavírus, ddeclararamas fontes. Petrobras e BR Distribuidora não comentaram imediatamente o tema.

Na sexta-feira 05 de junho – A Restoque deduziu acordo de recuperação extrajudicial para reperfilamento de todo seu endividamento, em um acordo que envolveu todos os credores financeiros da empresa de varejo de moda. O talento de bandeiras como a rede Le Lis Blanc e Dudalina alegou: «O acordo abrangia exclusivamente os credores financeiros da empresa , não envolvendo seus provedores, colaboradores ou quaisquer outros parceiros comerciais, não implicando mudanças nas operações comuns da empresa». De acordo com fonte escutada pela Reuters, as dívidas chegavam a 1,5 bilhão de reais, sendo os bancos Santander Brasil Bradesco, Banco do Brasil os maiores credores, além dos detentores de debêntures da empresa. Santander Brasil é itaú Unibanco PN. As ações da empresa despencavam 17% logo após saírem de leilão, para 7,30 reais. Nos termos do acordo, segundo a Restoque, a empresa teria escassez de 12 meses, contados da referida homologação, para começar o pagamento de juros e o pagamento das parcelas do valor principal seria começado em junho de 2023, sendo que mais de 70% do total da dívida venceria exclusivamente ao final de junho de 2025. A companhia alegou: «O preço financeiro da dívida reperfilada seria de CDI+2,7% e CDI+2,9%, de acordo com as modalidades calculadas no acordo, bastante próximo do preço financeiro total atual». Também fazia parte do plano a execução, até o final de 2021, de uma ampliação de capital no valor de 150 milhões de reais. O acordo estaria sujeito a homologação e ratificação em assembleia geral de acionistas da empresa a ser convidada.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil, Spain, China

Cities: Santander

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>IG4 fecha acordo para assumir fatia da CLI em terminal de grãos do Maranhão
>>>>>Petrobras planeja vender fatia na BR Distribuidora no 2° semestre, dizem fontes – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 acordo 270 0 NONE 7 acordo: 2, um acordo: 2, O acordo: 2, o acordo: 1
2 fontes 40 0 NONE 4 as fontes: 3, As fontes: 1
3 eu 3 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
4 Petrobras 0 0 ORGANIZATION 4 a Petrobras: 4
5 companhias 0 0 NONE 4 A empresa: 1, outras companhias: 1, a empresa: 2
6 BR Distribuidora 0 0 ORGANIZATION 3 A BR_Distribuidora: 1, (tacit) ele/ela (referent: a BR_Distribuidora): 1, a BR_Distribuidora: 1
7 Restoque 0 0 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: A Restoque): 1, A Restoque: 1, a Restoque: 1
8 CLI 0 50 ORGANIZATION 2 a CLI: 2
9 a porção de essa oferta 0 40 NONE 2 a porção de essa oferta: 2
10 valor 208 0 NONE 2 o valor de 150_milhões: 1, o valor principal: 1