Por: SentiLecto

– O IGP-M ficou praticamente estável na segunda prévia de maio, registrando variação positiva de 0,01% depois de ter subido 1,0% no mesmo fase do mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas nesta quarta-feira. Usa-se O Igp-m como referência para a correção de valores de contratos, como os de aluguel de imóveis.

– A alta dos custos no atacado arrefeceu acentuadamente e os custos ao consumidor passaram a cair em maio, diminuindo a alta do Índice Geral de Preços-10 a 0,07%, após ganho de 1,13% em abril, informou nesta segunda-feira a Fundação Getulio Vargas . O Índice de Preços ao Produtor Amplo , que mede a variação dos custos no atacado e responde por 60% do índice geral, retardou a alta a 0,25% em maio, contra progressão de 1,52% no mês anterior. Segundo a FGV, as principais cooperações para esse movimento vieram dos grupos Bens Finais e Bens Intermediários, que caíram 0,20% e 1,14% em maio, respectivamente. Faz 1 mês, que responde por %30 de o índice geral, registrou queda de %0,51 em o mês, ante progressão de %0,33 em abril, já o Índice de Preços a o Consumidor. O destaque foi o grupo Transportes, cuja queda passou de 0,68% para 2,66%. A principal razão para essa leitura foi a queda de 8,49% nos custos da gasolina em maio, resultado do arrefecimento da procura por combustíveis em meio à pandemia de coronavírus. Mas, em nota, André Braz declarou que «as próximas edições do IGP vão repercutir as ampliações do custo da gasolina, que já totalizam alta de %22 nas refinarias em maio, contribuindo para a aceleração da inflação ao produtor e ao consumidor». André Braz é coordenador dos Índices de Preços da FGV. Faz 1 mês, por sua vez, o Índice Nacional de Custo de a Construção-10 subiu %0,19, contra alta de %0,29 em abril. O IGP-10 calcula os custos ao produtor, consumidor e na construção civil entre os dias 11 do mês anterior e 10 do mês de referência.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>IGP-M tem variação positiva de 0,01% na 2ª prévia de maio, declara FGV
>>>>>IGP-10 desacelera alta a 0,07% em maio com queda no varejo, diz FGV – May 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Mercado prevê queda de preços para próximos meses e menor inflação desde 1998 – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 alta 0 0 NONE 3 alta de %0,29: 1, alta de %22: 1, a alta: 1
2 consumidor 0 0 NONE 3 o consumidor: 2, consumidor: 1
3 queda 0 0 NONE 3 a queda de %8,49: 1, queda de %0,51: 1, queda: 1
4 Índice de Preços 0 0 ORGANIZATION 3 O Índice_de_Preços a o Produtor_Amplo e: 2, (tacit) ele/ela (referent: O Índice_de_Preços a o Produtor_Amplo e): 1
5 atacado 0 70 NONE 2 o atacado: 2
6 Igp-m 60 0 ORGANIZATION 2 O IGP-M: 1, O Igp-m: 1
7 André Braz 0 0 PERSON 2 André_Braz (apposition: Coordenador_dos_Índices_de_Preços_da_FGV): 1, (tacit) ele/ela (referent: André_Braz): 1
8 Fundação Getulio Vargas 0 0 ORGANIZATION 2 a Fundação_Getulio_Vargas: 2
9 Transportes 0 0 ORGANIZATION 2 o grupo Transportes: 2
10 avanço 0 0 NONE 2 avanço de %1,52: 1, avanço de %0,33: 1