Por: SentiLecto

A Noruega, maior produtora de petróleo da Europa Ocidental, declarou neste sábado que ainda está considerando cortar a produção de petróleo se o grupo Opep+ implementar seu plano.

Kirill Dmitriev, que é também um dos principais negociadores de Moscou em questões relacionadas a petróleo, alegou à Reuters que as medidas para rdiminuira oferta precisam do asuportetanto da Opep+, grupo que inclui russos e sauditas, quanto de outros países não participantes da acoalizãoinformal.Rússia e Arábia Saudita superaram as diferenças que poderiam atrapalhar os planos de implementar grandes cortes na produção de petróleo, que visam sustentar os custos da commodity em meio à crise do coronavírus, ddeclarounesta quinta-feira o chefe do fundo soberano rde Rusia

«Como será feito qualquer corte potencial de produção a ser realizado pela Noruega, e seu tamanho, ainda deveremos analisar», declarou a ministra de Petróleo e Energia, Tina Bru, em comunicado por email à Reuters.

Quando a Arábia Saudita e o México não consentiram durante uma reunião do G20 de ministros de Energia, os esforços das principais nações petrolíferas para chegar a um acordo sobre cortes de até 15 milhões de barris de petróleo por dia atingiram uma dificuldade na sexta-feira.

Mas a reunião, da qual Bru participou, ainda forneceu um contexto importante, declarou ela. Quando os custos caíram, se convidou Opep+ a Noruega, que limitou sua produção de petróleo várias vezes em o passado, incluindo de 1986 a 1990 e novamente em 1998-2000 e também em o primeiro semestre de 2002, sempre em conjunto com outros países que não é membro de a Opep, ou de o grupo G20 de os principais países, a participar de a conferência de sexta-feira, já que responde por cerca de %2 de a produção mundial de petróleo. Faz 2 meses, a produção bruta norueguesa ficou de bpd em fevereiro, uma ampliação de %26 em relação a o ano anterior. Incluindo abreviados ​​e líquidos de gás natural, a produção de líquidos de petróleo foi de 2,1 milhões de bpd.

Na sua vez, o comunicado do grupo não indicou condições para diminuição de bombeamento por países de fora do bloco.O comunicado conjunto que foi publicado não fez citação direta aos cortes de produção e referiu somente a «medidas necessárias e imediatas para assegurar a estabilidade do mercado de petróleo».

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Mexico, Saudi Arabia, Norway

Cities: Mexico

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Noruega declara estar disposta a cortar produção de petróleo se plano da Opep+ for implementado
>>>>>Russos e sauditas superaram questões que impediam acordo sobre petróleo, diz Dmitriev – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Opep+ confirma acordo para corte de 10 mi bpd na produção de petróleo em maio e junho – April 09, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Rússia afirma que está pronta para cooperação no mercado de petróleo – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Opep e aliados devem cortar produção se EUA participarem de acordo, dizem fontes – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Cazaquistão pede envolvimento de mais países em cortes de produção de petróleo – April 07, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Petróleo ficará baixo por coronavírus e não por disputas na Opep+, diz CEO da Petrobras – April 03, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Trump diz esperar acordo entre Rússia e sauditas sobre petróleo em breve – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Preços do petróleo saltam 10% após Trump dizer que prevê acordo entre Rússia e sauditas – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Arábia Saudita pede reunião urgente da Opep para revisar preços do petróleo – (EfeGeneric)
>>>>>Arábia Saudita e outros resistem a plano do México para cortes pequenos de produção de petróleo, dizem fontes – April 10, 2020 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 países 50 0 NONE 4 os principais países: 1, outros países: 2, países: 1
2 comunicado 0 80 NONE 3 O comunicado conjunto: 2, comunicado: 1
3 A Noruega e novamente em 1998-2000 e 0 0 PLACE 3 A Noruega e novamente em 1998-2000 e: 2, A Noruega: 1
4 Opep+ 0 0 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: Opep+): 1, Opep+: 1, a Opep+: 1
5 diferenças 0 6 NONE 2 as diferenças: 2
6 medidas 75 0 NONE 2 medidas necessárias e imediatas: 1, as medidas: 1
7 Bru 0 0 ORGANIZATION 2 Bru: 1, ela (referent: Bru): 1
8 Kirill Dmitriev 0 0 PERSON 2 Kirill_Dmitriev um: 2
9 Reuters 0 0 ORGANIZATION 2 a Reuters: 2
10 a ministra de Petróleo e Energia 0 0 ORGANIZATION 2 (tacit) eles/elas (referent: a ministra de Petróleo e Energia): 1, a ministra de Petróleo e Energia: 1