Por: SentiLecto

– O setor público consolidado brasileiro teve déficit primário de 131,438 bilhões de reais em maio, pior dado mensal da série histórica do Banco Central, com o rombo em 12 meses passando a 3,91% do Produto Interno Bruto , informou a autarquia nesta terça-feira. Em pesquisa Reuters, a expectativa era de um déficit ligeiramente maior, de 135 bilhões de reais para o mês. Faz 2 meses, a dívida pública bruta saltou a %81,9 de o PIB, sobre %79,8 em abril e estimativa de analistas de que iria a %81,3 de o PIB, em maio. Com isso, ela renovou seu recorde histórico. A dívida líquida, por sua vez, foi a 55,0% do PIB, ante 52,8% no mês anterior e projeção do mercado de 54,5% do PIB.

– O estoque total de crédito no Brasil subiu 0,3% em maio sobre abril, a 3,596 trilhões de reais, passando a 49,7% do Produto Interno Bruto , divulgou o Banco Central nesta sexta-feira. No mês, a inadimplência no segmento de recursos livres ficou estável em 4%. Faz 2 meses, já o spread bancário em o mesmo segmento foi a 24,6 pontos percentuais, ante 26,2 pontos – O estoque total de crédito no Brasil subiu 0,3% em maio sobre abril, a 3,596 trilhões de reais, passando a 49,7% do Produto Interno Bruto , divulgou o Banco Central nesta sexta-feira. No mês, a inadimplência no segmento de recursos livres ficou estável em 4%. Faz 2 meses, já o spread bancário em o mesmo segmento foi a 24,6 pontos percentuais, ante 26,2 pontos – O Ministério da Economia divulgará na terça-feira a revisão das suas projeções para as contas públicas, alegou nesta segunda-feira o secretário do Tesouro, Mansueto Almeida. Em coletiva virtual de jornalismo, ele declarou ser «basicamente certo» que o Brasil está andando para déficit primário superior a 11% do Produto Interno Bruto neste ano. Em sua última conta, o Ministério da Economia havia calculado rombo primário de 708,7 bilhões de reais para o setor público consolidado, equivalente a 9,9% do PIB. O cálculo havia considerado uma retração do PIB de 4,7% para este ano.

Na quinta-feira 18 de junho – A economia brasileira iniciou o segundo trimestre mostrando todo o impacto das medidas de contenção ao coronavírus com forte contração de quase 10% em abril do índice de atividade do Banco Central, renovando o recorde da série histórica. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central , considerado sinalizador do Produto Interno Bruto , registrou perdas de 9,73% em abril sobre março, em dados dessazonalizados informados pelo BC nesta quinta-feira. Faz 3 meses, isso renovou o recorde negativo em a série histórica de o IBC-Br que havia começada em 2003, sido quando o fase de confinamento por a Covid-19 ainda não havia entendido o mês todo. Faz 3 meses, o BC revisou a queda sobre o mês anterior para %6,17, de %5,90 divulgado anteriormente. O dado de abril, entretanto, foi um pouco melhor do que o esperado em pesquisa da Reuters, que apontava para um recuo de 11,0%%. Na comparação com abril de 2019, o IBC-Br exibiu perda de 15,09% e, no acumulado em 12 meses, teve queda de 0,52%, segundo números observados. A economia de Brasil chegou a mostrar sinais positivos no começo do ano, mas a epidemia de coronavírus jogou por terra qualquer expectativa de recuperação este ano. No primeiro trimestre, o PIB encolheu 1,5% sobre os três meses anteriores, mais forte retração desde 2015, de acordo com dados do IBGE. Faz 2 meses, mostrou os efeitos totais de as medidas adotadas contra o coronavírus em todo o país, como suspensão de a produção, encerramento de lojas e companhias e isolamento social, o mês de abril. Faz 3 meses, a produção de a indústria de Brasil despencou %18,8, queda mais forte em a série histórica começada em 2002. Faz 2 meses, enquanto o volume de serviços caiu %11,7 em a comparação com o ano anterior, as vendas em o varejo tiveram as maiores perdas em abril, de %16,8, lembre para o setor. Na véspera, o Banco Central levou os juros básicos à nova mínima histórica de 2,25% ao ano, ao mesmo tempo em que deixou aberta a porta para nova rdiminuição»residual» à frente, condicionada à avaliação do cenário. Segundo o BC, os próximos passos dependerão de novas informações sobre o conseqüência da pandemia de coronavírus, além de uma redução das incertezas com relação à trajetória das contas públicas no Brasil. A pesquisa Focus mais recente do Banco Central mostrava que o mercado já calculava contração de 6,51% para a economia este ano, passando a um crescimento de 3,50% em 2021.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Setor público tem déficit primário lembre de R$131,4 bi em maio, dívida bruta renova lembre
>>>>>Estoque de crédito no Brasil sobe 0,3% em maio, diz BC – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Estoque de crédito no Brasil sobe 0,3% em maio, diz BC – June 27, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Superávit em transações correntes do Brasil alcança US$1,326 bi em maio – June 24, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Brasil publica normas obrigatórias para prevenir Covid-19 em frigoríficos – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Exportação de algodão do Brasil sofre ao fim de 19/20, mas Anea vê força em 20/21 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Moody’s reduz perspectiva do PIB do Brasil e alerta para riscos crescentes do Covid-19 – June 22, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Moody’s reafirma rating ‘Aaa’ dos EUA – June 19, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>BC vê fundo do poço para economia em abril e queda forte do PIB no 1º semestre – June 23, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Atividade econômica do Brasil inicia 2º tri com queda de 9,73% em abril por vírus, mostra BC – June 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Setor de serviços do Brasil recua 11,7% em abril – June 17, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Setor de serviços do Brasil despenca 11,7% em abril e tem novas perdas recordes por pandemia – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Banco Central reduz Selic a 2,25% e abre porta para eventual corte à frente – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Cenário parece levar BC a corte ‘final’ ou ‘residual’ da Selic, diz UBS – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>BC publica calendário de reuniões do Copom em 2021 – June 22, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>REPERCUSSÃO-Copom reduz Selic em 0,75 p.p. e indica chance de novo corte – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>BC britânico aumenta programa de estímulos em 100 bi de libras – June 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>BC do Chile projeta panorama econômico mais sombrio devido a impacto de pandemia – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Rombo primário do setor público deve passar de 11% do PIB em 2020, diz Mansueto – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 o PIB 0 30 OTHER 7 (tacit) ele/ela (referent: o PIB): 1, o PIB: 6
2 Produto Interno Bruto 0 0 ORGANIZATION 5 o Produto_Interno_Bruto: 5
3 esta 0 0 NONE 5 esta: 5
4 o Banco_Central 0 0 PLACE 5 o Banco_Central: 5
5 o Brasil 0 0 PLACE 4 o Brasil: 4
6 pontos 0 0 NONE 4 24,6 pontos percentuais: 2, 26,2 pontos: 2
7 economia 80 0 NONE 3 a economia: 1, A economia brasileira: 2
8 queda 80 0 NONE 3 a queda: 1, queda de %0,52: 1, queda mais forte: 1
9 BC 0 0 ORGANIZATION 3 o BC: 2, O BC: 1
10 mesmo 0 0 NONE 3 o mesmo: 3