Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Shanghai Museum Night

Depois que uma pesquisa assinalando para recuperação ininterrupta na segunda maior economia do mundo impulsionou o sentimento dos investidores, as ações chinas iniciaram 2021 com firmeza nesta segunda-feira.

Enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,9%, o índice CSI300, que reúne as maiores empresas listadas em Xangai e Shenzhen, progrediu 1,1%.

Faz 2 meses, o índice caiu a 53,0 de 54,9, permanecendo bem acima da marca de 50 que separa crescimento de contração, embora abaixo das expectativas e em o ritmo mais fraco em três meses.

Na quarta-feira 23 de dezembro o mercado acionário chino fechou em alta nesta quarta-feira, impulsionado pelo otimismo de que autoridades teriam que evitar um aperto abrupto na política de crédito em 2021 para sustentar a recuperação econômica das perdas provocadas pela pandemia.

Xangai, às vezes também nomeada pela maneira de Inglaterra Shanghai, é a maior cidade china e uma das maiores áreas metropolitanas do mundo, com mais de 24 milhões de moradores.

Enquanto o STAR50 progrediu 2,1%, o índice de start-ups pesado em tecnologia concluiu com alta de 3,8%.

As ações chinaschinas subiram para máximas em vários anos no último dia de negociações de 2020, com os investidores comemorando um acordo de investimentos sino-europeu e o apoio de Pequim para seus mercados de capitais.

Faz 1 mês, a atividade em o setor industrial chino ampliou, conforme a economia conservou sua recuperação para níveis pré-pandemia, mostrou uma pesquisa empresarial em esta segunda-feira, mesmo com os preços mais altos diminuindo o ritmo de expansão.

Por outro lado, a pesquisa também mostrou que os custos dos insumos subiram com força, no ritmo mais forte desde 2017, com os metais especialmente mais caros. Embora a queda tenha, as fábricas de China também dispensaram mais trabalhadores do que contrataram pela primeira vez em quatro meses sido modesta.

Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,68%, a 27.258 pontos.

Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,89%, a 27.472 pontos.

Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,86%, a 3.502 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,08%, a 5.267 pontos.

Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 2,47%, a 2.944 pontos.

Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 1,15%, a 14.902 pontos.

Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 1,47%, a 6.684 pontos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: China

Cities: Shenzhen

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Ações de China marcam forte começo de ano com perspectivas de crescimento
>>>>>Crescimento da atividade industrial da China se modera em dezembro, mostra PMI do Caixin – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 pesquisa 170 0 NONE 3 a pesquisa: 1, uma pesquisa empresarial: 1, uma pesquisa: 1
2 alta 0 0 NONE 3 alta de %3,8: 1, alta: 1, alta de %0,9: 1
3 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
4 índice 25 70 NONE 2 O índice: 2
5 as ações de a china 140 0 NONE 2 As ações de a China: 2
6 otimismo 140 0 NONE 2 o otimismo: 2
7 ritmo 80 0 NONE 2 o ritmo: 2
8 Xangai 0 0 PERSON 2 Xangai: 2
9 recuperação 0 0 NONE 2 sua recuperação: 1, recuperação contínua: 1
10 sustentar a recuperação econômica de as perdas provocadas por a pandemia 50 85 NONE 1 sustentar a recuperação econômica de as perdas provocadas por a pandemia: 1