Por: SentiLecto

Um acordo de colaboração técnica entre o Conselho Nacional de Justiça , o Ministério da Cidadania e a Dataprev pretende dar mais rapidez a ações judiciais com constestações sobre a ajudinha emergencial.

Tombo: Mesmo com ajudinha emergencial, consumo das famílias tem maior queda da História

Nesta quinta-feira , Pedro Guimarães faz uma transmissão ao vivo para atualizar as informações sobre a operação de pagamento da ajudinha emergencial. Pedro Guimarães é o presidente da Caixa.— Após rejeitar a primeira proposta da equipe econômica para o Renda Brasil, o presidente Jair Bolsonaro se reuniu com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e outros integrantes da domo do governo na manhã desta sexta-feira para debater um novo formato para o programa social e a prorrogação da ajudinha emergencial. A reunião aconteceu no Palácio do Planalto, onde Bolsonaro e Guedes vão participar de um acontecimento nesta sexta-feira às 15h, uma cfestado Dia Nacional do Voluntariado. Segundo fontes, a expectativa é que o governo anuncia o pagamento de parcelas complementares da ajudinha emergencial em um valor próximo de R$ 300, mas ainda não há confirmação sobre o valor exato dos repasses extras da vantagem. Em outra frente, Bolsonaro analisa qual vai ser a melhor ilustração para o Renda Brasil, que trocará tanto a ajudinha emergencial como o Bolsa Família. Técnicos exibiram várias alternativas de formato ao presidente, mas ainda não há definição. Enquanto não há um consenso, nos últimos dias, integrantes da equipe econômica aventaram a chance de modificar a nova prorrogação da ajudinha emergencial em uma espécie de teste para o Renda Brasil sobre como financiar a futura vantagem em 2021. Inicialmente, Guedes propôs que o novo programa tivesse verba de R$ 52 bilhões, bancados parcialmente com a extinção de outras vantagens, como o abono salarial. Mas Bolsonaro vetou essa ideia publicamente, ao alegar que esse remanejamento significaria tirar «dos pobres para dar aos paupérrimos». A equipe econômica, então, passou a estudar opções, como diminui o escopo do abono e desvincular o Orçamento, para abrir espaço para o novo programa sem furar o telhado de gastos — outra resolução de Bolsonaro. Segundo um técnico, a recomendação é que a nova vantagem respeite a trava fiscal — que impede o crescimento de despesas além da inflação do ano anterior. Ao mesmo tempo, o presidente deseja um valor médio que não seja nem tão baixo como R$ 200, nem tão alto como R$ 600, por admitir que a manutenção desse platô é impraticável para as contas públicas.- Paulo Guedes declarou nesta sexta-feira que quem define o «timing» sobre a prorrogação da ajudinha emergencial e a criação do Renda Brasil é a política. Paulo Guedes é o ministro da Economia. — Eu sempre repito que o timing, quem dá é a política. Nós temos as simulações todas preparadas, agora o timing tudo isso são resoluções políticas — alegou Guedes na portaria do ministério, segundo o portal G1. O timing é o nível de ajudinha emergencial, de Renda Brasil. O ministro participou mais cedo de uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro e o domo do governo para decidir sobre o futuro dos dois programas sociais. O encontro aconteceu após Bolsonaro criticar publicamente a proposta original da equipe econômica de acabar com vantagens como o abono salarial para bancar o Renda Brasil. Sobre a resistência do presidente, Guedes alegou que essa discussão é normal no governo. — É perfeitamente lícito. ‘Olha, isso aqui está baixo, isso aqui está ruim, aquilo ali…’ Essas simulações estão sendo disponíveis — adicionou o ministro. De acordo com fontes escutadas pelo GLOBO, a equipe econômica aposta em modificar a prorrogação da ajudinha emergencial em uma espécie de teste para o Renda Brasil. Arremessará-se o Renda Brasil questionado se só em o ano que vem, o ministro não deu uma resposta definitiva : — Talvez antes, talvez em o início de o ano que vem. Guedes também não antecipou qual vai ser o valor da prorrogação da ajudinha nem a vantagem média do Renda Brasil, mas repetiu a recomendação de Bolsonaro de que os repasses fiquem acima de R$ 200 e abaixo de R$ 600: — Estamos tentando acertar os números. Mas está tudo claro, tudo tranquilo.

O objetivo é agilizar o compartilhamento de informações e a encruzilhada de dados, possibilitando aos juízes a acesso às informações que rredundaramna negativa do bvantagem A colaboração pode diminuir o tempo de tramitação do processo na Justiça.

Segundo o CNJ, existem atualmente 93 mil processos no Judiciário contestam a negativa de pagamento da ajudinha emergencial. Assim, o termo de colaboração facilita a apreciação do processo e o trabalho da Defensoria Pública da União, que está realizando os pedidos de contestação da vantagem.

Faz 1 mês, 67,2 milhões de brasileiros beneficiou eles, a ajudinha emergencial Até o dia 31 de agosto. Se o destina o pagamento de R $ 600 ou R $ 1.200 a os trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados, integrantes de o Bolsa Família e pessoas inscritas em o Cadastro Único de programas sociais.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Acordo pretende acelerar ações judiciais que pedem concessão da ajudinha emergencial
>>>>>Assista, ao vivo, à transmissão da Caixa sobre o pagamento do auxílio emergencial – August 27, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Caixa Tem pode ser usado para pagamento do Bolsa Família – August 26, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Caixa paga novas parcelas do auxílio emergencial e até R$ 1.045 do FGTS para mais trabalhadores neste sábado – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Caixa: confira os pagamentos de auxílio emergencial e saque de FGTS previstos para esta semana – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Caixa deposita auxílio emergencial para nascidos em dezembro e paga benefício a quem tem Bolsa Família com NIS de final 7 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Auxílio emergencial: Bolsonaro e Guedes se reúnem para discutir parcelas extras e Renda Brasil – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Guedes: quem define ‘timing’ de auxílio emergencial e Renda Brasil é a política – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Paulo Guedes 200 87 PERSON 9 Paulo_Guedes (apposition: O ministro de a Economia): 1, Guedes: 4, (tacit) ele/ela (referent: Guedes): 4
2 Jair Bolsonaro 0 0 PERSON 6 Bolsonaro: 3, o presidente Jair_Bolsonaro: 2, (tacit) ele/ela (referent: Bolsonaro): 1
3 r 0 0 NONE 5 R: 5
4 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 3, Eu: 1
5 nós 0 0 NONE 4 (tacit) nós: 3, Nós: 1
6 Renda Brasil 0 0 ORGANIZATION 3 o Renda_Brasil: 3
7 auxílio 0 0 NONE 3 o auxílio emergencial: 2, auxílio emergencial: 1
8 equipe 0 0 NONE 3 a equipe econômica: 2, A equipe econômica: 1
9 ministro 0 0 NONE 3 O ministro: 1, o ministro: 2
10 timing 0 0 NONE 3 o timing: 3