Por: SentiLecto

– A previsão da consultoria AgRural para a segunda colheita de milho 2019/20 do centro-sul do Brasil –onde a maior parte do cereal é cultivada– foi diminuída pela terceira vez consecutiva nesta segunda-feira, para 65,3 milhões de toneladas, diante dos prejuízos provocados pela seca persistente. A projeção anterior da companhia para a chamada safrinha da região era de 66,7 milhões de toneladas. A segunda colheita encarna anualmente 75% da produção total de milho do Brasil. Embora todos os Estados produtores tenham produtividades diminuídas por causa das chuvas escassas, o Paraná padece as maiores perdas até este momento , declarou a AgRural. A produção total de milho segunda colheita brasileira tem que atingir 69,4 milhões de toneladas em 2019/20, segundo a AgRural, que combinou suas projeções para o centro-sul com as estimativas da Companhia Nacional de Abastecimento para as regiões Norte e Nordeste. No ano passado, a produção total da safrinha foi de 73,2 milhões de toneladas, de acordo com a consultoria. Até a última quinta-feira, 1% da segunda colheita do centro-sul havia sido colhida, abaixo dos 5% verificados em igual fase do ano anterior, adicionou a AgRural.

– Os estoques de café arábica devem ampliar na colheita 2020/21 no Brasil e no mundo, impulsionados por um incremento na produção, mas ainda assim os custos da commodity no país, maior produtor e exportador, tendem a seguir em alta apoiados pela cotação, estimou nesta sexta-feira a consultoria MacroSector. A consultoria em relatório intitulado com esta frase declarou: «Ampliação de estoques não vai impedir a valorização do produto no mercado doméstico». No Brasil, os estoques finais de café têm que subir quase 3 milhões de sacas de 60 quilos, de 5,8 milhões de sacas em 2019/20 para 8,7 milhões na colheita 2020/21. Na perspectiva mundial, a progressão estimada é de 11 milhões de sacas, para 63 milhões ao fim do ciclo. Sobre os câmbios externos, a MacroSector alegou que um movimento de especulações tem evitado o rebaixamento de custos do produto negociado na Bolsa de Nova York, que resiste em 100 centavos de dólar or libra-peso. No Brasil, os valores do grão espécie arábica estão cerca de 25% mais aumentados ante igual fase do ano passado, impulsionados pela elevação média de 32% na cotação. Faz 1 mês, segundo a análise o custo doméstico de o café alcançou picos de cerca de 600 reais por saca de 60 quilos em maio. A produção de café estimada pela MacroSector para o Brasil é de 59,2 milhões de sacas na colheita de 2020/21, ante 58 milhões na temporada anterior. As exportações têm que passar de 32,9 milhões de sacas para 34,4 milhões de sacas. Quando se as comercializou 4 milhões de sacas a o exterior, em maio, por exemplo, dados da Secretaria de Comércio Exterior mencionam que os embarques de café verde atingiram cerca de 3,6 milhões de sacas de 60 quilos, ante 3,28 milhões um ano antes, volume próximo do maior nível de exportação mensal, registrado em dezembro de 2018. Já o consumo interno no ano tem que ficar praticamente estável, passando de 21,4 milhões de sacas para 21,8 milhões, declarou a MacroSector. Os dados oficiais sobre a cultura no Brasil, mensurados pela Companhia Nacional de Abastecimento , tiveram a análise de campo e a divulgação postergada devido ao surto do novo coronavírus no país. A segunda estimativa da Conab deve ser divulgada em 18 de junho, ante previsão inicial marcada para 17 de maio. – Nquanto o mercado de etanol padece com o efeito das medidas para lutar o coronavírus, a produção de açúcar no centro-sul brasileiro na temporada 2020/21 terá que atingir um recorde de 37,4 milhões de toneladas, com ampliação de quase 40% na comparação anual, à medida que a principal região produtora do país está aampliandoo total de cana destinado para a fabricação do adoçante, e.Caso o total previsto de açúcar seja confirmado, o volume superaria a maior marca anterior, de cerca de 36 milhões de toneladas, registrada na safra 2017/18, segundo a FCStone, que em março havia projetado uma produção de 33,1 milhões de toneladas, já considerando que o «mix» da temporada atual seria mais açucareiro. A produção, assim, superaria em mais de 10 milhões de toneladas o volume da colheita passada, de 26,8 milhões de toneladas. Faz 3 meses, a FCStone considerou que a moagem de cana terá que atingir 597,8 milhões de toneladas, estável ante projeção, mas com uma ampliação na comparação com as 590,4 milhões de 2019/20. Em 9 meses, a produção total de etanol em o centro-sul brasileiro, por sua vez, terá que cair %15,5 em a comparação anual, para 28,1 bilhões de litros, ante 30,6 bilhões em a projeção. A queda na produção de etanol acontece com as usinas destinando 47,2% da cana para produção de açúcar, versus 42,1% na previsão anterior e 34,3% na temporada anterior, segundo a FCStone. JANEIRO/SÃO PAULO – O Brasil registrou nesta quinta-feira mais 1.473 mortes em decorrência do novo coronavírus, um novo recorde no registro diário, informou o Ministério da Saúde, o que aumenta a contagem total para 34.021 e torna o país o terceiro do mundo com o maior número de óbitos pela Covid-19. Com a progressão, o Brasil superou a Itália, que tem 33.689 mortes, e agora fica atrás somente dos Estados Unidos e do Reino Unido em números de vítimas letais da enfermidade respiratória provocada pelo novo coronavírus. Em relação ao número de casos, foram contabilizadas 30.925 novas infecções nesta quinta-feira, levando o total no país a 614.941, segundo os números do ministério, que pelo segundo dia seguido atrasou a divulgação dos dados calculada para as 19h para depois das 22h. Na véspera, a pasta assinalou para problemas técnicos, mas nesta quinta não houve qualquer explicação. O Brasil é a segunda nação com maior número de casos de coronavírus confirmados, abaixo exclusivamente dos EUA, que contam com cerca de 1,8 milhão de infecções, segundo contagem da Reuters. A aceleração de contágio e óbitos no Brasil, porém, é superior à verificada nos EUA neste momento. Nesta quinta-feira, o Centro para Controle e Prevenção de Doenças dos EUA reportou 14.676 casos e 827 mortes, números inferiores aos brasileiros. [nL4N2DH3LG] Na véspera, o Brasil havia informado o recorde diário anterior de mortes por Covid-19, com 1.349. A máxima diária de novos casos, por sua vez, é de 30 de maio, quando foram contabilizadas mais de 33 mil infecções. A divulgação diária dos números da Covid-19 no Brasil pelo Ministério da Saúde não menciona que as infecções e óbitos tenham necessariamente acontecido nas últimas 24 horas, mas introduziram-se os registros sim que em o sistema em o fase. O Ministério da Saúde revelou nesta quinta-feira que 75% dos municípios do Brasil, o equivalente a mais de 4.170, já têm casos confirmados de coronavírus –há dois meses, o índice atingia somente 8,5% dos municípios. [nL1N2DH2QL] A pasta segue com o general Eduardo Pazuello no comando interino, após a saída de dois ministros –Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich– desde o começo da pandemia. Segundo a contagem realizada pelo ministério de casos de Covid-19 por Estados, São Paulo continua sendo o mais afetado pela enfermidade, com 129.200 infecções confirmadas e 8.560 mortes. O governo paulista projetou na quarta-feira que o Estado terá de 190 mil a 265 mil casos de coronavírus até o final deste mês. Na sequência do Estados vem o Rio de Janeiro, com 60.932 casos e 6.327 óbitos. Em processo de retomada dos negócios assim como vários outros Estados, a capital fluminense autorizou nesta quinta-feira que os mais de 10 mil vendedores ambulantes da cidade voltem ao trabalho. [nL1N2DH2HY] O Ceará é o terceiro Estado mais atingido do país, com 59.795 infecções e 3.813 mortes, à frente de Pará e Amazonas. O Brasil tem 254.963 pacientes recuperados da Covid-19 e 325.957 em acompanhamento, segundo o Ministério da Saúde. Veja um gráfico de casos pelo mundo: https://graphics.reuters.com/CHINA-HEALTH-MAP/0100B59S43G/index.html

Na terça-feira 12 de maio – A importação de trigo pelo Brasil em 2020 deve atingir recorde de 7,3 milhões de toneladas, em meio a uma revisão de dados de moagem do cereal no país realizada pela associação dos moinhos , que assinalou uma oferta mais apertada e maior necessidade de compras externas, declarou à Reuters um gadministradorda estatal Conab. A Associação Brasileira da Indústria do Trigo de os números de moagem a revisão repassou em a Companhia Nacional de Abastecimento que assim modificou seus dados em o balanço de oferta e d demandavadivulgado em esta terça-feira ,.Faz 2 meses, segundo o administrador de produtos agropecuários de a Conab, Thomé Guth, com a revisão, a estatal também modificou o dado de importação de trigo por o Brasil, para 7,2 milhões de toneladas, ante 7 milhões de toneladas de a projeção de abril. Até o mês passado, a Conab estimava importações neste ano em 7,2 milhões de toneladas, mais próximos de volumes vistos pela última vez em 2006. Estimou-se o consumo de trigo brasileiro com as revisões, que remontavam dados desde 2018, em 2020 em recorde de 12,513 milhões de toneladas. Faz 2 anos, a Conab agora estimava consumo de trigo por os moinhos brasileiros em 12,175 milhões de toneladas, versus 10,7 milhões de toneladas anteriormente, para 2018 por exemplo. Procurada, a Abitrigo confirmou as revisões realizadas e encaminhadas à Conab.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: Brazil, Argentina

Cities: Parana

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>AgRural volta a diminuir projeção para safrinha de milho 19/20 do Brasil por seca
>>>>>Café deve seguir firme no Brasil mesmo ante estoques maiores, estima MacroSector – (Extraoglobo-pt)
>>>>>FCStone projeta produção recorde de açúcar no centro-sul do Brasil – June 03, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>FCStone eleva estimativas de exportação e safra de soja do Brasil em 2020 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Associação eleva estimativa de produção de açúcar da Índia – June 02, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>OIA projeta déficit global de açúcar de 9,3 mi t em 2019/20 – June 02, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Datagro revisa projeção de milho 19/20 para recorde de 102,72 mi t; eleva soja – June 03, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>Brasil passa de 34 mil mortes por Covid-19 e supera Itália; ministério atrasa divulgação – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 o Brasil 0 35 PLACE 14 O Brasil: 2, o Brasil: 11, (tacit) ele/ela (referent: o Brasil): 1
2 toneladas 0 0 NONE 12 toneladas: 12
3 sacas 0 0 NONE 8 sacas: 8
4 esta 0 0 NONE 7 esta: 7
5 safra 0 0 NONE 6 a segunda safra: 1, A segunda safra: 1, a safra de 2020-21: 1, a safra: 3
6 FCStone 60 0 ORGANIZATION 4 A FCStone: 1, a FCStone: 3
7 AgRural 0 0 ORGANIZATION 4 a AgRural: 4
8 Conab 0 0 ORGANIZATION 4 a Conab: 4
9 Estados 0 0 ORGANIZATION 4 todos os Estados: 1, (tacit) eles/elas (referent: vários outros Estados): 1, Estados: 1, vários outros Estados: 1
10 infecções 0 0 NONE 4 infecções: 1, 129.200 infecções confirmadas: 1, 59.795 infecções: 1, 30.925 novas infecções: 1