Por: SentiLecto

– Os formuladores de política monetária do Federal Reserve debateram, na reunião do Fomc deste mês, como as compras de ativos pela instituição poderiam ser adaptadas para fornecer mais apoio aos mercados e à economia, conforme ata do encontro divulgada nesta quarta-feira. Os participantes consentiram que as compras de ativos estão proporcionando acomodação para a economia depois que as condições de o mercado foram estabilizadas, de acordo com a ata da reunião de 4 a 5 de novembro. Alguns participantes do Comitê Federal de Mercado Aberto declararam esperar que o Fed eventualmente prorrogue o prazo de vencimento dos títulos comprados, de acordo com as deliberações.

– O dólar agilizou as perdas ante o real durante a tarde desta quarta-feira, flertando com o apoio psicológico de 5,30 reais num dia de extensa fraqueza da divisa norte-americana, que no exterior operava nas mínimas em quase três meses antes da divulgação da ata do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos. Às 15h21, o dólar à vista caía 1,22%, 5,3105 reais na venda, depois de descer a 5,3052 reais há pouco, queda de 1,32%. Na máxima, alcançada logo após a abertura dos negócios, o câmbio subiu 0,37%, para 5,396 reais. O real liderava os ganhos nos mercados mundiais, mas era seguido de perto peso de Chile , lira turca e coroa norueguesa , divisas que também se beneficiam de perspectiva de farta liquidez no mundo. O mercado aguarda para as 16h a divulgação pelo Federal Reserve da ata de sua última reunião de política monetária. O Fed vem defendendo a manutenção de recursos para financiar suas ferramentas de suporte à economia, especialmente depois de o Tesouro dos EUA anunciar o efechamentode alguns dos principais programas no fim deste ano. Apesar disso, o mercado vem reagindo com venda de dólar à possível indicação da ex-chair do Federal Reserve Janet Yellen para o comando do Tesouro dos EUA. O entendimento é que a dupla Yellen/Powell –Jerome Powell, atual chair do Fed– poderia promover uma coordenação sem precedentes entre as políticas monetária e fiscal a fim de garantir a recuperação econômica dos EUA da crise da Covid-19. – Haruhiko Kuroda declarou nesta terça-feira que não vê necessidade imediata de reformar a estrutura de política monetária do banco central, já que o golpe econômico da Covid-19 está conservando a inflação distante de sua meta de %2. Haruhiko Kuroda é o presidente do banco central do Japão. Mas ele declarou que o Banco do Japão não descarta a futura discussão sobre uma revisão, já que outros grandes bancos centrais, como o Federal Reserve, estão investigando mais profundamente o motivo pelo qual a inflação continua moderada apesar de anos de flexibilização monetária agressiva. «Não há necessidade de revisar nossa estrutura de política monetária agora. Mas poderia haver uma discussão em um momento apropriado no futuro», declarou Kuroda em um testemunho semestral ao Parlamento. Kuroda também conservou a visão do banco central de que a economia do Japão está no percurso de uma recuperação moderada, mesmo com um recente ressurgimento de infecções por coronavírus obscurecendo as perspectivas. Em suas atuais projeções trimestrais, divulgadas no mês passado, o Banco do Japão espera que a economia recue 5,5% no ano fiscal concluído em março de 2021, mas aumente 3,6% no ano seguinte.O Banco Central Europeu teria que avaliar copiar a nova meta de inflação do Federal Reserve e buscar compensar a alta dos custos depois de ficar abaixo de seu objetivo, declarou o membro do banco Olli Rehn nesta terça-feira.

O Federal Reserve de Nova York é um dos bancos da Reserva Federal dos Estados Unidos da América.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Autoridades do Fed debateram papel de compras de ativos em reunião de política monetária, mostra ata
>>>>>Dólar cai e ameaça suporte de R$5,30 antes de ata do Fed – November 25, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Chefe de mercados do Fed de NY diz que ainda persistem grandes desafios para economia – November 23, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>BCE deve avaliar copiar nova meta de inflação do Fed, diz Rehn – November 24, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>BCE alerta para impacto econômico se suporte por pandemia for eliminado – November 24, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>BCE não pode ir à falência mesmo que tenha prejuízo – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Vice-presidente do BCE diz que indicação de Yellen é boa para economia global – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Presidente do BC do Japão diz que não há necessidade imediata de revisar estrutura de política monetária – November 24, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>BC da Turquia eleva juros em 475 p.p. após mudanças no comando – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 esta 0 0 NONE 5 esta: 5
2 Banco do Japão 0 0 ORGANIZATION 3 o Banco_do_Japão: 2, (tacit) ele/ela (referent: o Banco_do_Japão): 1
3 Federal Reserve 0 0 ORGANIZATION 3 o Federal_Reserve: 1, (tacit) ele/ela (referent: o Federal_Reserve): 1, o Federal_Reserve de a ata de sua última reunião de política monetária: 1
4 economia 0 0 NONE 3 a economia: 3
5 o golpe econômico 0 0 NONE 3 ele (referent: o golpe econômico): 1, (tacit) ele/ela (referent: o golpe econômico): 2
6 necessidade 15 80 NONE 2 necessidade imediata: 1, necessidade: 1
7 Kuroda 0 40 PERSON 2 Kuroda: 2
8 Haruhiko Kuroda 70 15 PERSON 2 Haruhiko_Kuroda (apposition: O presidente de o banco central de o Japão): 1, (tacit) ele/ela (referent: Haruhiko_Kuroda): 1
9 real 160 0 NONE 2 O real: 1, o real: 1
10 Fed 90 0 ORGANIZATION 2 o Fed: 1, O Fed: 1