Por: SentiLecto

O candidato presidencial democrata, Joe Biden, abriu uma vantagem de 13 pontos sobre o presidente Donald Trump –a maior margem deste ano– de acordo com a mais recente pesquisa Reuters/Ipsos, conforme os norte-americanos se tornam mais críticos com Trump sobre o pandemia do coronavírus e protestos contra a brutalidade policial.

A Câmara dos Deputados dos EUA, de maioria democrata, tem que votar até o final deste mês uma legislação abrangente exibida pelo Caucus Negro Congressual para lutar o mau comportamento policial.

Na terça-feira 02 de junho a maioria dos norte-americanos simpatizava com os protestos que ocorriam no país por causa da morte de um homem negro sob custódia da polícia e reprovava a resposta do presidente Donald Trump aos distúrbios, segundo pesquisa Reuters/Ipsos publicada nesta terça-feira.

Faz 7 meses, enquanto %35 declararam, em a pesquisa de 10 a 16 de junho, %48 de os eleitores registrados declararam que apoiariam Biden, o provável candidato democrata, em as votações que apoiariam Trump.

O decreto presidencial incentiva os setores de polícia a usarem as normas mais modernas para a utilização da força, a melhorarem o compartilhamento de informações para que se os contratem, policiais de má fama não sem que seus históricos sejam conhecidos e a adicionarem assistentes sociais às reações das forças da lei em casos não-violentos envolvendo usuários de drogas e mhabitantesde rua, ddeclararamautoridades.

Desde que os democratas começaram suas primárias nos Estados este ano, o benefício de Biden é a maior registrada pela pesquisa Reuters/Ipsos para selecionarem o candidato de seu partido para desafiar Trump em novembro. Uma pesquisa semelhante dal medio estadounidense CNN no começo deste mês mostrou Biden com um benefício de 14 pontos sobre Trump entre os eleitores registrados.

Enquanto 38% aprovavam, a pesquisa Reuters/Ipsos também mostrou que 57% dos adultos norte-americanos desaprovavam a performance de Trump na posição , marcando o menor índice de aprovação de Trump desde novembro, quando o Congresso estava governando seu inquérito de impeachment contra o presidente republicano.

Em um sinal de alerta claro para Trump, sua própria base de apoio parece estar corroendo. A aprovação de Trump pelos republicanos caiu 13 pontos de março a junho, caindo todos os meses nesse fase.

Nquanto estava sob custódia de a polícia de Mineápolis., a mudança de opinião acontece à medida que oa pandemia assola os norte-americanos de coronavírus , por o colapso econômico que se seguiu e em meio a demonstração de rirae frustração após numerosos confrontos mfataisentre a polícia e os afro-americanos , incluindo a morte em o mês passado de George Floyd , e trump descartou a ameaça do coronavírus no começo, enquanto tentavam desacelerar a disseminação do vírus, brigou com governadores estaduais e tem pressionado as autoridades a permitir que as companhias reabrissem, apesar das advertências de experts em saúde sobre a ampliação dos riscos de transmissão.

– Os principais índices de Wall Street operavam em queda nesta segunda-feira, com o S&P 500 indo abaixo dos 3 mil pontos após uma ampliação nos novos casos de coronavírus na China e em partes dos Estados Unidos, em meio à rdiminuiçãodas esperanças sobre uma rápida recuperação econômica. As ações de empresas aéreas, operadoras de cassinos e operadoras de cruzeiros estavam entre as principais companhias perdedoras, após uma tentativa de recuperação no último mês. A Norwegian Cruise Line Holdings e a Wynn Resorts recuavam 7% e 4,3%, respectivamente. As empresas aéreas do índice S&P 1500 cediam 4,5%. Enquanto os Estados Unidos registraram um número recorde de novas infecções e hospitalizações em mais Estados, pequim voltou a impor limitações após um mercado atacadista de alimentos mostrar uma ampliação inesperada nos casos de coronavírus , incluindo Flórida e Texas. O índice de volatilidade CBOE atingiu seu nível mais alto desde 22 de abril. O índice de volatilidade CBOE é um indicador da ansiedade dos investidores. «As pessoas temem que os novos casos ampliem, mas depois que você sobe 45% ante mínimas em um fase tão curto de tempo, em algum momento qualquer desculpa serve para uma boa consolidação dos ganhos», declarou Thomas Hayes, da Great Hill Capital Llc. Às 11:49 , o índice Dow Jones caía 1,47%, a 25.229 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 1,331663%, a 3.001 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,68%, a 9.524 pontos.O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, cedeu às pressões e anunciou o adeferimentode um comício eleitoral marcado para Tulsa, em Oklahoma, pcalculadopara o dia em que se comemora o fim da escravidão nos EUA.

Se as contagiou mais de 2,1 milhões de pessoas , mais de 116.000 pessoas nos Estados Unidos faleceram do vírus e de longe o país mais afetado em o mundo por a pandemia. Alguns Estados que reabriram, como Flórida, Arizona e Texas, que ao todo, 55% dos norte-americanos declararam que desaprovavam a forma como Trump enquanto 40% aprovavam, lidou com a pandemia , que é o saldo mais baixo de aprovação para o presidente sobre o assunto desde que a Reuters/Ipsos começou a rastrear a questão no começo de março, estão vendo um salto nos casos.

Criticou-se o presidente também por a forma como respondeu a os protestos provocados por o homicídio de Floyd.

Segundo a pesquisa, Trump flertou abertamente com o envio de militares para «dominá-los», enquanto quase dois terços dos entrevistados simpatizavam com os manifestantes. No começo deste mês, a polícia washingtoniana removeu manifestantes pacíficos à força para que Trump pudesse posar para ffotografiasem frente a uma igreja perto da Casa Branca.

Lockdowns em função do coronavírus, os norte-americanos voltaram cada vez mais o foco para a economia e os empregos como uma de as principais preocupações, se as fecharam como as companhias a o redor de o país devido a os.

Se realizou A pesquisa Reuters-Ipsos online, em inglês, em os Estados Unidos. A pesquisa escutou 4.426 adultos norte-americanos, incluindo 2.047 democratas e 1.593 republicanos. A pesquisa tem uma pausa de credibilidade, uma medida de exatidão, de mais ou menos 2 pontos percentuais.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: United States

Cities: Washington

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Biden abre 13 pontos de benefício conforme popularidade de Trump cai a nível mais baixo em 7 meses
>>>>>Trump assina decreto de reforma policial após protestos contra injustiça racial – June 16, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Trump adia comício em Tulsa em feriado que marca fim da escravidão nos EUA – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Manifestantes queimam lanchonete em Atlanta após nova morte de homem negro por policial – June 14, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Milhares vão às ruas de Paris em protesto antirracismo; polícia usa bombas de gás – June 13, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Temores sobre nova onda de coronavírus pressionam Wall St; S&P vai abaixo dos 3 mil pontos – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Donald Trump 86 15 PERSON 11 a (referent: Trump): 1, o presidente Donald_Trump: 1, Trump: 9
2 Reuters-Ipsos 0 0 PERSON 7 A pesquisa Reuters-Ipsos: 2, pesquisa Reuters-Ipsos: 1, mais recente pesquisa Reuters-Ipsos: 1, (tacit) ele/ela (referent: A pesquisa Reuters-Ipsos): 2, a pesquisa Reuters-Ipsos: 1
3 pesquisa 40 0 NONE 5 a pesquisa de 10: 1, a pesquisa: 1, A pesquisa: 2, Uma pesquisa: 1
4 Alguns Estados como Flórida Arizona e Texas que no_total 0 0 ORGANIZATION 5 (tacit) eles/elas (referent: Alguns Estados como Flórida Arizona e Texas que no_total): 4, Alguns Estados como Flórida Arizona e Texas que no_total: 1
5 norte-americanos 0 0 NONE 4 os norte-americanos: 4
6 pontos 0 0 NONE 4 13 pontos: 1, 9.524 pontos: 1, 2 pontos percentuais: 1, 3_mil pontos: 1
7 protestos 0 155 NONE 3 os protestos: 2, os protestos provocados: 1
8 pandemia 0 150 NONE 3 a pandemia: 3
9 empresas 50 110 NONE 3 as principais empresas perdedoras: 1, as empresas: 2
10 presidente 0 60 NONE 3 o presidente republicano: 1, o presidente: 1, O presidente: 1