Por: SentiLecto

A China, um importante credor, está disposta a trabalhar bilateralmente com países de renda baixa que enfrentam desafios econômicos devido à pandemia do Covid-19, incluindo a pchancede aprotelaralguns pagamentos do serviço da dívida, ddeclarouuma autoridade cde Chinaà Reuters.

A autoridade alegou que Pequim está considerando a pressão do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial para que a China e outros credores bilaterais oficiais interrompam imediatamente o pagamento da dívida dos países mais pobres.

«Os países em desenvolvimento, especialmente os de baixa renda, estão enfrentando desafios maiores. Estamos dispostos a conservar a comunicação com os países pertinentes por meio de canais bilaterais», alegou a autoridade.

Sarah-Jayne Clifton, diretora da Jubilee Debt Campaign declarou: «Os países em desenvolvimento estão sendo atingidos por um choque econômico sem precedentes e, ao mesmo tempo, enfrentam uma emergência de saúde urgente».

Na terça-feira 31 de março 20, grupo com as principais economias mundiais, anunciou nesta terça-feira, através de uma teleconferência, que exibiria um plano de ação para abordar as vulnerabilidades da dívida dos países mais pobres e fornecer assistência financeira às economias emergentes.

«Consentimo que alguns países não devem ser forçados a fazer pagamentos durante a crise.»

Enquanto eles lutam a pandemia, o FMI e o Banco Mundial pediram em 25 de março uma moratória da dívida para os países mais pobres do mundo por cerca de um ano e procuram aliviar o efeito de paralisações que visam reduzi a propagação do vírus.

As instituições instaram o Grupo das 20 principais economias , incluindo Estados Unidos e China, a endossar o pedido, mas Faz 1 mês, autoridades financeiras de o G20 não o fizeram durante sua última reunião. Antes que autoridades financeiras se reencontrem em 15 de abril, um grupo de trabalho do G20 deve se reunir na quarta-feira.

Os principais governos e instituições já estão pressionando por algumas das medidas que os grupos estão pedindo.Em um pilar conjunto no jornal Telegraph, do Reino Unido, os diretores das duas instituições declararam que controlar o novo coronavírus é uma exigência para revitalizar a economia mundial e que é fundamental encontrar o equilíbrio certo ao gastar com assistência emergencial.Em um post de blog publicado nesta segunda-feira, os principais economistas do FMI declararam que a pandemia provocada pelo novo coronavírus levou o mundo a uma recessão que vai ser pior do que a crise financeira mundial e pediu uma resposta mundial e organizada de política econômica e de saúde.

Forneceu-se um alívio de a dívida já anteriormente para auxiliar os países mais pobres de o mundo, mas a dinâmica mudou substancialmente.

Governo, bancos e companhias da China emprestaram cerca de 143 bilhões de dólares à África entre 2000 e 2017, segundo a Universidade Johns Hopkins.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: China, United States

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>China está disposta a tratar desafios de dívida com países pobres, declara autoridade de China
>>>>>Grupos sociais pedem alívio em massa de dívida para países pobres atingidos por vírus – April 07, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>FMI e OMS pedem que líderes se concentrem em gastos com saúde para controlar o vírus – (Extraoglobo-pt)
>>>>>FMI encorajado por recuperação na China, mas diz que pandemia pode retornar – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 países 0 0 NONE 4 Os países: 2, os países: 1, alguns países: 1
2 pandemia 0 150 NONE 3 a pandemia: 1, a pandemia de o Covid-19: 1, a pandemia causada: 1
3 O FMI e o Banco_Mundial 0 50 ORGANIZATION 3 O FMI e o Banco_Mundial: 1, (tacit) eles/elas (referent: O FMI e o Banco_Mundial): 1, eles (referent: O FMI e o Banco_Mundial): 1
4 autoridade 0 0 NONE 3 A autoridade: 1, uma autoridade chinesa: 1, a autoridade: 1
5 mundo 0 0 NONE 3 o mundo: 3
6 recessão 0 180 NONE 2 uma recessão: 2
7 desenvolvimento 90 0 NONE 2 desenvolvimento: 2
8 Clifton Sarah-Jayne 50 0 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: Sarah-Jayne_Clifton): 1, Sarah-Jayne_Clifton: 1
9 Grupo 50 0 ORGANIZATION 2 o Grupo de as 20 principais economias: 1, o (referent: o Grupo de as 20 principais economias): 1
10 Telegraph 0 0 ORGANIZATION 2 (tacit) ele/ela (referent: o jornal Telegraph): 1, o jornal Telegraph: 1