Por: SentiLecto

A partir desta quinta-feira , os clientes poderão administrar os limites do Pix no próprio aplicativo da instituição financeira. Atualmente, o correntista pode personalizar somente os limites para a Transferência Eletrônica Direta e o cartão de débito, procedimento que indiretamente define os limites das operações via Pix. As informações são da Agência Brasil.

Pix é um meio de pagamento eletrônico brasileiro oficialmente no dia 5 de outubro de 2020, com começo de funcionamento integral em 16 de novembro de 2020.

Pix é um meio de pagamento eletrônico brasileiro oficialmente no dia 5 de outubro de 2020, com começo de funcionamento integral em 16 de novembro de 2020.

A qualquer momento, o correntista pode pedir para mudar os limites atuais de movimentação. se a obriga se for para diminuir, a instituição financeira a acatar o pedido instantaneamente. A ampliação do limite fica a critério da instituição, após avaliação do perfil do cliente.

Faz 1 mês, o Banco Central tinha equiparado os limites máximos de o Pix a os de TED, em março. Para compras, valia até agora o limite máximo do cartão de débito.

Apesar da personalização, vai haver um telhado de movimentação definido pela instituição financeira. Os valores vão levar em conta o horário, o dia da semana, o canal utilizado e a titularidade da conta, com o objetivo de garantir a segurança do usuário.

Também a partir desta quinta-feira, os usuários do Pix podem integrar as listas de contato de seus celulares à ferramenta. Segundo o BC, objetivo é facilitar a identificação de quem cadastrou o número de celular como chave Pix, simplificando ainda mais o pagamento com a funcionalidade.

Por outro lado, «O BC acredita que as autorizações concedidas poderão abrir novas perspectivas de diminuição de preços para os usuários de serviços de pagamentos», declarou a autoridade monetária em nota.deu-se a autorização em a Visa e em a Mastercard, parceiros de o WhatsAppe ao Facebook, companhia talento do aplicativo de mensagens. No entanto, o BC ainda não permitiu a função de compra, que ainda está em análise.

Na quinta-feira 18 de março o Banco Central anunciou que passará a permitir que as instituições financeiras ofereçam aos seus clientes a chance de integrar a lista de contatos do telefone aos aplicativos.

Desde o último dia 22, as instituições participantes do Pix deveram informar a chance de que outros usuários tenham conhecimento da existência de sua chave Pix vinculada ao número de celular e ao e-mail. Se assim quisesse, segundo o BC, a medida teve como objetivo permitir que o usuário pedisse a exclusão de sua chave Pix.

Outra novidade, que entra em funcionamento em abril, é que os usuários finais podem, em caso de mudança no nome, pedir a mudança do nome inteiro, do nome empresarial ou do título do estabelecimento, sem a necessidade de excluir e registrar novamente a chave. Para o BC, isso facilitará, por exemplo, o ajuste quando uma pessoa modificar o nome após o casamento ou uma companhia modificar o nome fantasia do estabelecimento.

O BC também autorizou que o usuário final pessoa natural possa requerer o vínculo de seu nome social à chave Pix.

Sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central, o Pix permite a transferência de recursos entre contas bancárias 24 horas por dia. Executam-se as transações em até dez segundos, sem preço para pessoas físicas.

O usuário também pode gerar uma chave aleatória, com um código de até 32 dígitos ou mesmo utilizar os dados da conta-corrente. Cada chave eletrônica está associada a uma conta bancária. Pessoas físicas podem ter até cinco chaves por conta. Para pessoas jurídicas, o limite sobe para 20.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Correntistas já podem administrar limites do Pix nos aplicativos dos bancos
>>>>>Banco Central autoriza transferências de dinheiro pelo WhatsApp – March 30, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 BC 0 0 ORGANIZATION 10 o BC: 4, O BC: 2, (tacit) ele/ela (referent: o BC): 4
2 eu 0 0 NONE 9 (tacit) eu: 9
3 Pix 0 0 PERSON 6 Pix: 3, a chave Pix: 1, chave Pix: 1, o Pix: 1
4 o Banco_Central 0 0 PLACE 3 o Banco_Central: 3
5 pessoas 0 0 NONE 3 pessoas jurídicas: 1, Pessoas físicas: 1, pessoas físicas: 1
6 possibilidade 0 0 NONE 3 a possibilidade: 3
7 usuário 0 0 NONE 3 o usuário final: 1, O usuário: 1, o usuário: 1
8 novidade 40 0 NONE 2 Outra novidade: 2
9 pessoa 40 0 NONE 2 uma pessoa: 1, pessoa natural: 1
10 clientes 0 0 NONE 2 os clientes: 1, seus clientes: 1