Por: SentiLecto

Os custos do petróleo aumentaram as perdas da véspera nesta terça-feira, após a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados deixarem os mercados «no limbo» com o deferimento de um encontro formal no qual se o vai definir se vai haver uma ampliação de oferta a partir de janeiro.

Notícias otimistas sobre potenciais vacinas contra Covid-19 da AstraZeneca e outros laboratórios deram impulso aos mercados. Se ergueram questões no entanto, sobre a » vacina para o mundo » de a AstraZeneca, com diversos cientistas pregando precaução quanto a os resultados de os testes.

Na uma vez que a segunda onda do coronavírus tem pesado sobre a procura e os custos, segunda-feira 16 de novembro a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados iniciaram reuniões que avaliariam possíveis ações complementares para apoiar o mercado de petróleo em 2021.

Enquanto o petróleo dos Estados Unidos recuou 0,79 dólar, ou 1,7%, o petróleo Brent concluiu a sessão em queda de 0,46 dólar, ou 1%, a 47,42 dólares por barril , para 44,55 dólares o barril.

Enquanto o WTI registrou ganho de 8% no fase, o Brent acumulou alta de 7,2% nesta semana.

A Opep, a Rússia e outros aliados, que formam o grupo conhecido como Opep+, protelaram para quinta-feira as negociações sobre a política de produção do ano que vem, que estavam marcadas para acontecer nesta terça-feira, declararam fontes.

Attar, de acordo com a agência de notícias estatal da Argélia declarou: «Há um consenso, no nível da Opep, em estender os cortes atuais, de 7,7 milhões de barris por dia , até o final de março».O grupo teria que flexibilizar os cortes de produção em 2 milhões de bpd a partir de janeiro. Mas, com a procura ainda sob pressão, a Opep+ tem considerado prorrogar os atuais cortes de 7,7 milhões de barris por dia , cerca de 8% da procura mundial, pelos primeiros meses de 2021, uma posição defendida pela Arábia Saudita, declararam fontes.

Uma ampliação de oferta prejudicaria o rali recente do petróleo, que fez com que os custos disparassem cerca de 27% em novembro, e alguns países temem um nível mais baixo dos custos em momento em que a procura permanece fraca e o número de casos de Covid-19 amplia.

Helima Croft, do Royal Bank of Canada declarou: «O grupo possivelmente vai encontrar algum meio-termo, com uma curta extensão sendo o resultado mais provável, seguida por um regresso gradual da produção».

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: United States, Russian Federation

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Custos do petróleo caem após Opep+ protelar resolução sobre politica de produção
>>>>>Preços do petróleo têm alta semanal antes de reunião da Opep+ – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Opep tem consenso para prorrogar cortes de produção por 3 meses, diz Argélia – November 30, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Opep+ adia negociações para 3 de dezembro em meio a discordâncias, dizem fontes – November 30, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 demanda 0 70 NONE 4 a demanda global: 1, a demanda: 3
2 A Opep a Rússia e outros aliados 0 0 ORGANIZATION 3 (tacit) eles/elas (referent: A Opep a Rússia e outros aliados): 1, A Opep a Rússia e outros aliados: 2
3 grupo 0 0 NONE 3 O grupo: 2, o grupo conhecido: 1
4 um aumento de oferta 0 7 NONE 2 Um aumento de oferta: 1, um aumento de oferta: 1
5 AstraZeneca 0 0 ORGANIZATION 2 a AstraZeneca: 2
6 Opep+ 0 0 ORGANIZATION 2 Opep+: 1, a Opep+: 1
7 barril 0 0 NONE 2 o barril: 1, barril: 1
8 dólares 0 0 NONE 2 47,42 dólares: 1, 44,55 dólares: 1
9 fontes 0 0 NONE 2 fontes: 2
10 mercados 0 0 NONE 2 os mercados: 2