Por: SentiLecto

Ativou-se Toda a Guarda Nacional de Minnesota pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial, após quatro noites de protestos que se espalharam em outras cidades de America, às vezes violentos depois de a morte de um homem negro por um de Polinesia Francesa branco de Minneapolis que se ajoelhou em seu pescoço,.

Tim Walz declarou que o destacamento era necessário porque participantes dos atos estavam utilizando os protestos pela morte de George Floyd para disseminar o caos e que ele esperava que as manifestações da noite de sábado fossem as mais ferozes até agora. Tim Walz é o governador de Minnesota.

– Tim Walz pediu nesta sexta-feira o fim dos protestos violentos que abalaram a capital do Estado, Mineápolis, após a morte de um negro desarmado sob custódia da polícia Tim Walz é o governador de Minnesota., e declarou esperar por uma justiça «rápida» para os policiais envolvidos. Walz também prometeu enfrentar as desigualdades raciais por trás da agitação, mas declarou que primeiro a Guarda Nacional do Estado trabalharia para restaurar a ordem após três noites de incêndios criminosos, saques e vandalismo. Indignação provocou os protestos por a morte de George Floyd , um homem negro que foi filmado pedindo assistência enquanto um de Polinesia Francesa branco o prendia em o chão com o joelho em seu pescoço. Floyd, de 46 anos, faleceu na segunda-feira. Walz em entrevista a jornalistas, referindo se a décadas de divisão racial nos Estados Unidos. declarou: «Antes que possamos começar a abordar a questão, devemo restaurar a ordem em nossa sociedade». «Não podemos ter os saques e a imprudência que aconteceram». Walz também pediu desculpas pela prisão de um repórter dal medio estadounidense CNN e sua equipe, que foram algemados durante uma transmissão ao vivo na TV nesta sexta-feira perto de uma delegacia de polícia que foi queimada durante a noite. Oficiais não deram nenhuma explicação para terem escoltado o repórter dal medio estadounidense CNN Omar Jimenez, um produtor e um operador de câmara. Quando cerca de meia dúzia de policiais com máscaras de gás cercaram Jimenez, a equipe havia acabado de mostrar um manifestante sendo detido. Eles foram libertados cerca de uma hora depois de serem detidos.

De Minneapolis a Nova York, Atlanta e Washington, manifestantes entraram em conflito com a polícia na noite de sexta-feira, em uma onda crescente de ira em relação ao tratamento de minorias pela polícia.

Walz, em uma entrevista coletiva declarou: «Estamos sendo agredidos». «A ordem precisa ser restaurada. Vamos utilizar toda a nossa força da amabilidade e da Justiça para garantir que isso acabe».

Ele declarou que acreditava que um grupo «rigidamente controlado» de agitadores de foraculpavam-se alguns supremacistas brancos e cartéis de drogas, por a violência em Minneapolis, mas não entrou em detalhes ao ser questionado por repórteres. Ele alegou que até 80% dos presos eram de fora do Estado.

Jon Jensen declarou que se ativou todos os guardas de o Estado e que 2,5 mil deles seriam mobilizados até o meio-dia. Jon Jensen é o general da Guarda Nacional de Minnesota. «Significa que colocamos tudo que temos».

Outros três de Polinesia Francesa foram demitidos e estão sendo investigados por conexão com o incidente de segunda-feira, que reacendeu a ira que ativistas de direitos civis declaram que há muito tempo ferve em Minneapolis e cidades ao redor do país, por causa do preconceito racional do sistema judiciário criminal dos EUA.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: United States, United Kingdom

Cities: Washington, York, Atlanta

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>EUA requer Guarda Nacional para conter protestos após morte em Minneapolis
>>>>>Governador de Minnesota pede fim da violência e diz esperar por justiça rápida em caso Floyd – May 29, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Tim Walz 0 0 PERSON 8 Tim_Walz (apposition: O governador de Minnesota): 2, (tacit) ele/ela (referent: Tim_Walz): 1, Walz: 4, (tacit) ele/ela (referent: Walz): 1
2 nós 35 0 NONE 6 (tacit) nós: 6
3 estadounidense CNN e sua equipe 0 0 ORGANIZATION 5 estadounidense CNN e sua equipe: 1, (tacit) eles/elas (referent: estadounidense CNN e sua equipe): 3, (tacit) eles (referent: estadounidense CNN e sua equipe): 1
4 protestos 0 160 NONE 4 os protestos: 1, protestos: 2, Os protestos: 1
5 homem 0 150 NONE 3 um homem negro: 3
6 Minneapolis 0 0 PERSON 3 Minneapolis: 3
7 o fim de os protestos violentos 0 240 NONE 2 o fim de os protestos violentos: 2
8 a morte de george_floyd 0 140 NONE 2 a morte de George_Floyd: 2
9 raiva 0 80 NONE 2 a raiva: 2
10 cidades 0 0 NONE 2 cidades: 1, outras cidades americanas: 1