Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Ícone de esboço

O número de ataques virtuais através de pishing — páginas falsas utilizadas para roubar dados dos internautas — praticamente dobrou no ano passado. Isso é o que revelou o Relatório Anual 2020 de Atividade Criminosa On-line no Brasil, elaborado pela companhia de cibersegurança Axur. Em comparação aos 24.161 casos de phishing registrados em 2019, os 48.137 identificados em 2020 encarnam uma ampliação de 99,23%.

Para o CEO da Axur um dos principais motivos para esse crescimento foi a pandemia, que fez muitas companhias migrarem seus modelos de negócios para o digital nas pressas. O CEO da Axur é fábio Ramos.Outra razão é a progressão do e-commerce no país, setor que liderou o número de ataques entre outubro e dezembro e contabilizou, ao todo do trimestre, 45% do volume de phishing. Por isso, acredita que a quantidade de crimes virtuais com utilização indevida de dados pode ampliar ainda mais este ano.

— Os cibercriminosos disponibilizam parte das bases para comprovar a veracidade das informações obtidas e tentam de alguma maneira lucrar com esses incidentes, vendendo dados mais aprofundados como e-mails, telefones, dados de poder aquisitivo e profissão das pessoas afetadas — pontua.

Na segunda-feira 04 de janeiro – O Brasil registrou em 2020 o menor nível de implementação de novas hidrelétricas em pelo menos duas décadas, enquanto a habilidade em termelétricas movidas a combustíveis fósseis foi em direção oposta e exibiu o mais forte progressão em sete anos. Enquanto usinas hídricas, principal fonte de geração do país, somaram só 178 megawatts, térmicas fósseis que começaram operação no ano passado adicionaram 1,9 gigawatt em potência, maior volume desde 2013 , contra quase 5 GW de 2019, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica . Mas os dados também mostram crescimento importante das usinas eólicas e das solares –que atingiram lembre se levadas em consideração instalações de sistemas de geração solar menores, voltados a atender à dprocurade casas e ecompanhias A performance dessas fontes renováveis mostrava que elas tinham que comandar a expansão da matriz elétrica brasileira no longo prazo, enquanto usinas principalmente a gás podiam até ter destaque pontualmente em um ano ou outro, mas serão adicionais, declarou à Reuters o consultor e professor do dsetorde Engenharia de Energia da Universidade de São Paulo Dorel Ramos. Para ele, a aposta brasileira na construção de mais térmicas estava diretamente ligada àodobstáculode viabilizar novos projetos hidrelétricos, principalmente por questões ambientais. «Se houvesse um potencial hidrelétrico passível de exploração intensa poderia se diminuir a construção de termelétricas, mas no momento não há essa chance.» A tendência de investimentos em termelétricas também devia ser apoiada pela expectativa de maior oferta de gás doméstica, em meio à exploração do pré-sal, e por movimentos estatais para incentivar o mercado do insumo. O governo Jair Bolsonaro arremessou o programa Novo Mercado de Gás visando acabar com o monopólio da Petrobras no setor e fomentar a competição, além de ter apoiado o debate no Congresso de um novo marco legal para o segmento, que padeceu mudanças no Senado em dezembro e precisaria ser analisado novamente na Câmara dos Deputados. Durante as discussões, inclusive, senadores tentaram aprovar proposta para garantir a construção compulsória de mais térmicas a gás nos próximos anos como maneira de viabilizar investimentos em gasodutos para escoar a produção do energético no pré-sal. Esse equipamento, no entanto, se o retirou de o texto. SOLAR brilhava Depois das térmicas fósseis, os destaques na expansão da habilidade de geração em 2020 foram as usinas eólicas e solares , embora com performance abaixo de anos passados. A fonte solar ainda contou com 2,3 GW extras vindos de sistemas menores em 2020 –placas solares em tetos, por exemplo– conhecidos como geração distribuída , segundo dados divulgados em separado pela Aneel. Assim, a energia solar lideraria a expansão se considerados esses sistemas de GD além de grandes usinas fotovoltaicas. Para o consultor Ramos, os dados mostravam que o maior país da América Latina não ignorava a tendência mundial de buscar diminuição de emissões de carbono, mesmo com uma maior expansão térmica. «O Brasil não estava na contramão, estaria se estivesse diminuindo a expansão renovável. A base da expansão era renovável… e a geração distribuída, fundamentalmente solar, tem ampliado bastante e vai ampliar mais.» «Agora, que tendemos a ter uma participação maior da termelétrica daqui para a frente, parece inevitável. Ficar totalmente sem elas não era bom para o país e nem para o sistema elétrico», adicionou ele, ao realçar que quando há falta de sol ou ventos fracos, essas usinas podiam ser chamadas a produzir. LONGO PRAZO O crescimento da oferta ficou em linha com visão da estatal Empresa de Pesquisa Energética , que calculava uma matriz elétrica cada vez mais apoiada em eólicas e solares, com térmicas ganhando espaço e hidrelétricas perdendo participação. Enquanto fontes renováveis opções como eólicas e solares tinham que saltar de 24% para 33% do total, no Plano Decenal 2030, a EPE projetou que usinas hídricas responderiam por 54% da matriz no final da década, contra 62% atualmente. Enquanto os solares respondiam por 2%, parques eólicos encarnavam atualmente quase 10% do parque gerador do Brasil. O foco nessas novas fontes de energia vinha após a finalização nos últimos anos de diversas grandes hidrelétricas na Amazônia, incluindo as usinas de Santo Antônio, Jirau e Belo Monte.

Leia ainda: Brasileiros utilizam Pix para mandar cantadas para um crush

— Desejamo declarar páginas únicas, quando falamos em mais de 48 mil casos de pishing. Mas cada uma dessas páginas pode fazer de 5 mil a 10 mil vítimas. É o modo que os criminosos arrumaram de dar escala a golpes. Antes, por exemplo, no golpe do bilhete premiado, cada bandido fazia apenas uma vítima por vez. Agora, conseguem alcançar um público bastante maior — explica o CEO da Axur.

A maioria dos golpes é voltada para os celulares. Devido à tela pequena, muitas vezes, as pessoas não verificam a URL completa, acessando páginas com links e layouts mbastantesemelhantes aos originais mas que são armadilhas.

Por outro lado, devido ao alto valor dessas informações para o mercado, os dados têm sido comercializados ilegalmente em fóruns da dark web.

O Uniform Resource Locator, é um termo técnico que foi traduzido para a língua de Portugal como «localizador uniforme de recursos».

Ramos revela que 75% dos brasileiros usam senhas repetidas para acessos diversos, o que pode ser arriscado caso um desses sites seja invadido.

— De posse da informação vazada, o criminoso testa usar-la em tudo quanto é porta, tentando acessar sites de varejo ou deempresass aéreas. E a taxa de êxito é substancialmente alta, cerca de 13,5% — conta: — A maioria das pessoas utiliza como senha nomes de times de futebol, por exemplo Flamengo e Vitória, ou sequências numéricas, como 123456, campeã em vazamentos.

Para descobrir se tem alguma senha vazada, o interessado pode acessar o site minhasenha.com, instituído pela Axur, e preencher seu e-mail. Ele vai receber no endereço quais foram os locais em que houve a fragilidade e quais senhas precisam ser transformadas.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Faz 1 ano, número de ataques virtuais dobrou; veja como descobrir se teve dados vazados
>>>>>Vazamento em banco de dados expõe CPF de 220 milhões de pessoas – January 19, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 O Brasil 0 0 PLACE 7 o Brasil: 2, O Brasil: 2, (tacit) ele/ela (referent: O Brasil): 3
2 usinas 50 0 NONE 6 as usinas eólicas e solares: 1, essas usinas: 1, usinas: 1, grandes usinas fotovoltaicas: 1, usinas hídricas: 2
3 dados 0 80 NONE 5 dados divulgados: 1, dados: 1, os dados: 3
4 CEO da Axur 0 0 ORGANIZATION 5 o CEO_da_Axur (apposition: Fábio_Ramos): 1, (tacit) ele/ela (referent: o CEO_da_Axur): 4
5 eu 0 0 NONE 5 (tacit) eu: 5
6 Ramos 0 40 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: o consultor Ramos): 1, o consultor Ramos: 1, Ramos: 1
7 SOLAR 70 0 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: SOLAR): 2, SOLAR: 1
8 URL 0 0 ORGANIZATION 3 a URL: 1, (tacit) ele/ela (referent: a URL): 2
9 fósseis 0 0 NONE 3 fósseis: 3
10 solares 0 0 NONE 3 solares: 2, os solares: 1