Por: SentiLecto

– A Gol declarou nesta sexta-feira que seu consumo diário de caixa pode ampliar até quatro vezes nos próximos três meses em comparação ao segundo trimestre, acumulando perda em 2020 que já adiciona 4,3 bilhões de reais. A companhia está tendo obstáculos, como quase todas as empresas aéreas do mundo, devido às medidas de isolamento social que derrubaram a dprocurapor viagens aéreas. A perda do segundo trimestre foi de quase 2 bilhões de reais. As próprias previsões da Gol mostram que, em breve, a compnahia poderá enfrentar uma crise de liquidez. A empresa aérea está programada para ressarci a Delta Air Lines em setembro por um empréstimo avaliado em 300 milhões de dólares. Se pagar o empréstimo, poderá queimar mais caixa do que o valor que tem disponível no momento. Embora declare que sua liquidez total é bastante maior, atualmente, a Gol tem 416 milhões de reais em caixa e equivalentes de cerca de 3,3 bilhões de reais. A empresa alegou: «O suporte ininterrupto dos stakeholders do Gol é fundamental para garantir que a empresa conserve os meses necessários de caixa disponível para cruzar a crise». Faz 2 meses, as adversárias regionais Avianca Holdings e Latam Airlines Group entraram em recuperação judicial, em parte por causa de dívidas que vencem em o curto prazo e não devem conseguir pagar. A queima de caixa da Gol deve ampliar, no entanto, independente de a companhia pagar a Delta ou não. A empresa aérea alegou que queimou 3 milhões de reais em caixa por dia no segundo trimestre e que a conta subirá para 12 milhões nos próximos três meses se pagar a Delta. Os desembolvos diários de caixa ainda assim dobrarão para 6 milhões de reais, se a Gol não homenagear o compromisso com a Delta. Mbora essa assistência já tenha, executivos declararam que o governo federal pode fornecer à Gol alguma liquidez extra em breve, e sido protelada várias vezes desde que a pandemia chegou ao Brasil em março.REUTERS PS AAJ

– O Santander Brasil possivelmente não precisará de provisões extraordinárias até o final do ano, depois de ter reservado 3,2 bilhões de reais para potenciais perdas em crédito geradas pela pandemia de Covid-19, alegou Sergio Rial nesta quarta-feira. Sergio Rial é o presidente-executivo do banco. A observação feita em entrevista a jornalistas auxiliou a impulsionar as ações do banco nesta sessão, que subiam 3,2% às 12h45. O lucro do Santander Brasil no segundo trimestre recuou 41,2% sobre um ano antes, para 2,1 bilhões de reais, principalmente por causa das provisões complementares para inadimplência. Faz 1 ano, as provisões totais foram mais que o dobro de as feitas atingindo 6,5 bilhões de reais. Diferente de seus adversários, o Santander Brasil ainda não havia reservado recursos complementares diante de uma esperada elevação da inadimplência. O Santander Brasil prorrogou vencimentos de 49,8 bilhões de reais em dívidas, cerca de 13% de sua carteira de crédito, e as renegociações subiram 4 bilhões de reais em relação ao trimestre anterior. Rial alegou que não está claro como a inadimplência vai se comportar, diante das atuais incertezas. Porém, ele alegou que a queda na taxa de juros e medidas de assistência aprovadas pelo governo para companhias e pessoas físicas deve auxiliar a conter a danificação da característica dos ativos. Rial quando perguntando sobre a perspectiva para as taxas de inadimplência do banco. declarou: «Não ousaria fazer previsões agora». Como os clientes receberam um fase complementar de 90 dias para o vencimento das dívidas, a inadimplência verificada no segundo trimestre ainda não refletiu inteiramente potenciais perdas com empréstimos. No segundo trimestre, a taxa de inadimplência do Santander Brasil sobre operações vencidas há 90 dias caiu de 3% no primeiro trimestre para 2,4% . Analistas do BTG Pactual alegaram que uma «leitura correta da característica dos ativos continua sendo uma tarefa bem difícil». A lucratividade sobre o patrimônio, um indicador da rentabilidade de um banco, foi de 12%, uma queda de mais de 10 pontos percentuais sobre o primeiro trimestre, por causa do ampliação das provisões.- A Caixa Econômica Federal vai iniciar uma campanha para popularizar empréstimos que têm imóvel como garantia, o home equity, calculando que vai poder em pouco tempo multiplicar por 10 sua carteira no setor, para cerca de 40 bilhões de reais. «É uma linha que já operamos, mas de maneira bastante tímida, e agora isso mudará», declarou Pedro Guimarães em entrevista na Reuters nesta quarta-feira. Pedro Guimarães é o presidente-executivo da Caixa.Há muito tempo, o home equity ainda é inexpressivo, com um estoque de cerca de 11 bilhões de reais, mercado em que a Caixa detém cerca de um terço, embora exista no país. Porém, com uma carteira imobiliária ao redor de 450 bilhões de reais, a maior financiadora do setor no país avalia que chegou a hora dos empréstimos garantidos por imóvel deslancharem, a exemplo do que já ocorre em mercados mais maduros, declarou ele. Guimarães alegou: «O grande motor do crédito no mundo desenvolvido é o home equity e, com a queda da taxa de juros no Brasil para os níveis atuais, isso agora será assim também». De acordo com o executivo, a redução da Selic além de contribuir para a queda das taxas de juros da economia, ajudará os bancos a fortalecerem as operações de crédito já que estão ganhando menos com cada empréstimo, o que tem pressionado suas receitas. No crédito pessoal, por exemplo, os bancos cobram juro ao redor de 80% ao ano, segundo dados mais recentes do Banco Central. Com a garantia do imóvel, o juro vai cair para uma faixa de 7% a 10% ao ano, mais TR, ou com utilização de IPCA ou ainda com utilização uma taxa fixa anual. Na primeira etapa, que inicia na próxima segunda-feira, o banco oferecerá o produto para quem ainda não tem essa modalidade de empréstimo, embora seja proprietário de imóvel. Depois, mirará aqueles que já têm um imóvel oferecido como garantia de um empréstimo, explicou Guimarães. O Conselho Monetário Nacional de utilização de o imóvel para tomar empréstimos complementares com o Banco Central regulamentou em a semana passada essa chance , calculando que a medida tenha poder de instituir um volume complementar de crédito de 60 bilhões de reais em o país. Embora num primeiro momento a Caixa deverá utilizar recursos próprios para esses empréstimos, guimarães, adicionando que o banco pretende mais adiante securitizar parte das operações e vender os títulos no mercado. declarou: «Temos um espaço inacreditável para progredir». Diminuição DE TAXAS Em outra frente, o banco controlado pelo governo federal também vai diminuir taxas de juros dos empréstimos a pessoas físicas para compra de terrenos e construção de imóveis. Atualmente, na linha com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo , o banco cobra taxas menores para quem toma empréstimo para adquiri um imóvel pronto do que para os que compram um lote urbanizado para construir. O vice-presidente de Habitação da Caixa, Jair Mahl declarou: «Agora, vamos equalizar melhor isso». Enquanto a para compra de terreno reduzirá de 10,25% a 11% para até 8,5% ao ano, a taxa para construção individual vai cair da faixa de 7,25% a 8,5% para 6,5% a 8,5% ao ano. O movimento ocorre na esteira de forte crescimento da procura no banco para esta espécie de utilização. Faz 1 ano, a Caixa desembolsou 3,6 bilhões de reais para financiar pessoas físicas em a compra de terrenos e posterior construção de imóvel, em 2019. No primeiro semestre, essa linha já girou 2,4 bilhões de reais. Guimarães declarou: «Com a diminuição da taxa, a previsão é de que só neste segundo semestre façamos outros 4 bilhões de reais». – O Banco Bradesco divulgou nesta quinta-feira uma queda de 40,1% no lucro do segundo trimestre com a ampliação de provisões multibilionárias para créditos de liquidação duvidosa. O segundo maior banco privado do país teve um lucro líquido recorrente, que exclui itens extraordinários, de 3,873 bilhões de reais contra 6,462 bilhões de reais no ano anterior e também 10,3% abaixo da estimativa média de 4,316 bilhões de analistas consultados pela Refinitiv . O banco reservou 3,8 bilhões de reais e 747 milhões de reais em provisões extraordinárias para enfrentar as perdas esperadas com empréstimos e seguros relacionados à pandemia de Covid-19, respectivamente. No primeiro trimestre, o Bradesco já havia provisionado 2,7 bilhões de reais para possíveis perdas com crédito. A mais recente ação do Bradesco menciona que o banco calcula perdas decorrentes da crise de coronavírus maiores do que o inicialmente calculado por seus gestores. As provisões para perdas com operações de crédito ampliaram 155% em relação ao mesmo fase ano anterior, para 8,9 bilhões de reais. As medidas de tarifas também pressionaram a receita de isolamento social , caindo %7,9 em relação a o mesmo fase de o ano anterior e de o primeiro trimestre , principalmente pela queda em os pagamentos com cartão. Ainda assim, a procura de grandes companhias impulsionou uma ampliação de 0,9% em sua carteira de empréstimos em três meses, apesar da queda no estoque de crédito ao consumidor, ampliando a margem financeira em 15,3%. O Bradesco mostrou que tem tentado enfrentar a crise através do corte de preços, uma vez que as despesas operacionais caíram 2,5% ante o primeiro trimestre. O banco fechou 233 agencias. O regresso sobre o patrimônio, um barômetro de rentabilidade, caiu 8,7 pontos percentuais em relação ao ano anterior, para 11,9%, mas ficou praticamente em linha com o primeiro trimestre.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Gol enfrenta crise de caixa com perdas de isolamento social se acumulando
>>>>>Provisões extras do Santander Brasil são suficientes para crise da Covid-19, diz presidente – July 29, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Não é corrida de 100 metros, diz Pazuello sobre gastos do governo contra Covid-19 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Lucro ajustado do Carrefour Brasil dispara 75% no 2º tri – July 27, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Espanhol Santander tem prejuízo recorde de 11,1 bilhões de euros no 2º tri – July 29, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Patrimônio de bilionários brasileiros cresceu US$ 34 bilhões durante a pandemia, diz Oxfam – July 27, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Brasil tem superávit em transações correntes recorde para junho, a US$2,235 bi – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Lucro do Santander Brasil cai 41% no 2º tri com provisão de R$3,2 bi – July 29, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Rumo avalia aumento de capital de até R$7 bi, diz documento – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Eneva fará oferta de R$8 bi pela AES Tietê se tiver aval do BNDES – July 27, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Caixa Econômica inicia campanha para fazer home equity decolar no país – July 29, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Lucro do Bradesco cai 40% no 2º tri com reforço em provisões para enfrentar crise do coronavírus – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 banco 80 0 NONE 8 O banco: 2, o banco: 5, o banco controlado: 1
2 Sergio Rial 0 25 PERSON 7 Sergio_Rial (apposition: o presidente-executivo de o banco): 1, ele (referent: Rial): 1, Rial: 2, (tacit) ele/ela (referent: Rial): 3
3 reais 560 0 NONE 7 reais: 7
4 companhia 0 200 NONE 6 A companhia aérea: 2, a companhia: 2, A empresa: 1, a empresa: 1
5 eu 190 0 NONE 6 (tacit) eu: 6
6 equity 160 60 PERSON 5 o home equity: 2, ele (referent: o home equity): 1, (tacit) ele/ela (referent: o home equity): 2
7 provisões 360 0 NONE 5 As provisões: 1, As provisões totais: 1, provisões adicionais: 1, provisões extraordinárias: 2
8 queda 50 0 NONE 5 a queda: 1, uma queda de %40,1: 1, uma queda: 1, queda: 2
9 esta 0 0 NONE 5 esta: 5
10 imóvel 0 100 NONE 4 o imóvel: 1, imóvel: 2, um imóvel oferecido: 1