Por: SentiLecto

– Faz 1 mês, o Indicador Antecedente de Emprego mostrou alguma melhora depois de atingir o menor nível de a série histórica em o mês anterior, mas a continuidade da incerteza prejudica as expectativas de uma recuperação definitiva do mercado de trabalho no curto prazo. A Fundação Getulio Vargas informou nesta terça-feira que o IAEmp, que antecipa os rumos do mercado de trabalho no Brasil, subiu 3,0 pontos em maio, para 42,7 pontos. Faz 2 meses, o indicador havia recuado para uma mínima de a série histórica, acumulando perda de 52,6 pontos em os três meses a partir de fevereiro, em abril. Em nota o economista da FGV Ibre Rodolpho Tobler declarou: «O resultado pode ser interpretado como uma acomodação do índice em platô bastante baixo considerando que esse ainda é o segundo menor valor da série». «A aumentada incerteza ainda não permite imaginar cenários de recuperação do mercado de trabalho no curto prazo, o que tem que fazer com que o indicador continue registrando números baixos nos próximos meses», completou. Faz 2 anos, o Indicador Coincidente de Desemprego, que capta a percepção de as famílias sobre o mercado de trabalho, subiu 1,2 ponto, a 99,6 pontos, maior platô desde outubro de 2018. A conduta do ICD é semelhante ao da taxa de desemprego, ou seja, quanto menor o número, melhor o resultado. «O resultado propõe que a taxa de desemprego deve padecer efeito negativo já no segundo trimestre e ainda sem indicações de reversão dessa tendência no curto/médio prazo», completou Toblers. Faz 2 meses, em abril, a taxa de desemprego de Brasilde Brasil subiu a %12,6, com perdas recordes em a profissão e o número de desempregados atingindo 12,8 milhões, diante das dispensas provocadas por as medidas de limitação a o coronavírus, em o trimestre concluído.

— As pessoas fazem cursos pois o colega mencionou, mas não devem. A primeira tarefa antes de selecionar um curso é identificar a própria finalidade. A pandemia é uma chance para as pessoas se conhecerem e a partir daí buscarem o que pode auxiliar-las a desenvolveremtalentoss na direçãoselecionadaa —alegaa ela, que no livro «O poder da simplicidade no mundo ágil»exibea a ferramenta «Melhor de mim», queauxiliaa a diagnosticarfinalidadess.— A conjuntura acabou obrigando, quase a força bruta, as empresas a adotarem tecnologias que já estavam disponíveis. Isso contribuirá para uma maior desigualdade entre os mais e menos qualificados e também entre os setores — explica: — Quem conseguir se adaptar depressa vai levar benefício.

Na segunda-feira 11 de maio – O Indicador Antecedente de Emprego registrou em abril a maior queda mensal e o menor nível na série histórica, em uma forte consequência da medidas adotadas para conter o surto de coronavírus no Brasil. Os dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas mostraram que o IAEmp, que antecipava os rumos do mercado de trabalho no Brasil, despencou 42,9 pontos em abril, para 39,7 pontos. Essa leitura marca a perda mais extensa da série histórica, começada em 2008, para uma nova mínima lembre. O economista da FGV Ibre Rodolpho Tobler em nota explicou: «O resultado do mês registrava uma ampliação do pessimismo em relação ao mercado de trabalho». «Os níveis recordes de incerteza tornavam empresários e consumidores cuidadosos, gerando uma danificação das expectativas nos próximos meses.» Faz 2 anos, o Indicador Coincidente de Desemprego, que captava a percepção de as famílias sobre o mercado de trabalho, subiu 5,9 pontos, para 98,4 pontos, maior platô desde dezembro de 2018. A conduta da ICD era semelhante ao da taxa de desemprego, ou seja, quanto menor a número, melhor a resultado. «Não há, no curto prazo, expectativa de reversão da tendência negativa começada nos últimos 2 meses e aprofundada em abril», completou Tobler.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Indicador Antecedente de Emprego no Brasil tem leve recuperação em maio, mas incertezas permanecem, declara FGV
>>>>>Perdeu o emprego na pandemia? Veja dicas para conseguir uma recolocação – June 07, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 pontos 0 0 NONE 7 5,9 pontos: 1, 98,4 pontos: 1, 99,6 pontos: 1, 42,7 pontos: 1, 3,0 pontos: 1, 39,7 pontos: 1, 42,9 pontos: 1
2 IAEmp 0 140 ORGANIZATION 4 o IAEmp: 4
3 Indicador Coincidente de Desemprego 0 0 ORGANIZATION 4 O Indicador_Coincidente_de_Desemprego: 4
4 eu 0 50 NONE 3 (tacit) eu: 3
5 as pessoas 0 0 NONE 3 (tacit) eles/elas (referent: as pessoas): 2, as (referent: as pessoas): 1
6 o mercado de trabalho 0 0 NONE 3 o mercado de trabalho: 3
7 patamar 0 0 NONE 3 maior patamar: 2, patamar: 1
8 prazo 0 0 NONE 3 o curto-médio prazo: 1, o curto prazo: 2
9 resultado 0 0 NONE 3 o resultado: 1, O resultado: 2
10 a percepção de as famílias 60 0 NONE 2 a percepção de as famílias: 2