Por: SentiLecto

Os índices acionários da China fecharam em baixa nesta segunda-feira já que o forte aumento nas infecções por coronavírus no país e em todo o mundo levantou preocupações sobre a recuperação econômica.

Enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,61%, o índice CSI300, que reúne as maiores empresas listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,71%.

O índice de start-ups ChiNext Composite perdeu 0,4% diante da execução de lucros.

Os investidores de Chinade China, regressando de um fim de semana estendido após o Festival do Barco do Dragão, reagiram a sinais de piora da pandemia conforme o número mundial de mortes alcançou meio milhão.

Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 2,30%, a 21.995 pontos.

Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,01%, a 24.301 pontos.

Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,61%, a 2.961 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,71%, a 4.109 pontos.

– As ações europeias fecharam em baixa nesta sexta-feira, com as perdas em Wall Street após uma ampliação nos casos de coronavírus nos Estados Unidos ampliando as preocupações sobre o ritmo da recuperação econômica mundial. Enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,39%, o índice FTSEurofirst 300 caiu 0,4%, a 1.399 pontos , a 358 pontos, depois de ter operado em território positivo mais cedo na sessão. Os bancos foram os maiores perdedores, com queda de 2,2%, já que a medida afetou seus pares de o Federal Reserve para restringi os pagamentos de os acionistas. Esta semana, os mercados financeiros dividiram atenções entre os temores de que um ressurgimento dos casos de Covid-19 possam desencadear novas limitações econômicas e o otimismo em relação àomaprimoramentodos dados da Europa, já que muitos países relaxaram as medidas de rlimitação Connor Campbell, analista financeiro da SpreadEx declarou: «A sessão desta sexta-feira foi, no geral, uma baderna, que capturou com muito exatidão o conflito entre os desejos dos investidores e a realidade». Em LONDRES, o índice Financial Times progrediu 0,20%, a 6.159 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,73%, a 12.089 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,18%, a 4.909 pontos. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,57%, a 19.124 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,26%, a 7.178 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,33%, a 4.359 pontos.

Na segunda-feira 15 de junho os principais índices acionários chinos fecharam em baixa nesta segunda-feira, pressionados pelas perdas em outros mercados da região diante das crescentes preocupações com o ressurgimento do surto de coronavírus.

Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,93%, a 2.093 pontos.

Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 1,01%, a 11.542 pontos.

Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 1,51%, a 5.815 pontos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: China

Cities: Shenzhen

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Índices acionários chinos recuam com preocupações sobre nova alta de infecções por coronavírus
>>>>>Ações europeias recuam com preocupações sobre vírus nos EUA; bancos caem – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 pontos 0 0 NONE 8 12.089 pontos: 1, 4.909 pontos: 1, 1.399 pontos: 1, 4.359 pontos: 1, 358 pontos: 1, 7.178 pontos: 1, 6.159 pontos: 1, 19.124 pontos: 1
2 índice 0 40 NONE 5 o índice pan-europeu: 1, O índice: 1, o índice: 3
3 baixa 0 0 NONE 3 baixa: 2, baixa de %1,26: 1
4 preocupações 0 120 NONE 2 as preocupações: 1, crescentes preocupações: 1
5 temores 0 120 NONE 2 os temores: 2
6 bagunça 0 70 NONE 2 uma bagunça: 2
7 esta 0 0 NONE 2 esta: 2
8 perdas 0 0 NONE 2 as perdas: 2
9 queda 0 0 NONE 2 queda de %0,61: 1, queda de %2,2: 1
10 os bancos 0 80 NONE 1 Os bancos: 1