Por: SentiLecto

PROGRESSO/SÃO PAULO – Indígenas kayapós que queixar-se no quilômetro 302 da BR-163, importante rota para o escoamento de grãos do Centro-Oeste, voltaram a bloquear o trecho no começo da noite, conforme prometeram, apesar de uma resolução de reitegração de posse da Justiça Federal, declarou uma testemunha da Reuters no local. No começo da tarde, os indígenas que desejam mais suporte para lidar com questões relacionadas à pandemia, entre outras reivindicações, haviam reaberto a estrada para a liberação de uma fila quilométrica de caminhões, transportando principalmente grãos no corredor de exportação. Antes de ser liberada, a estrada ficou interditada desde as 7h de segunda-feira, na região do município de Novo Progresso. A polícia informou os indígenas em esta terça-feira sobre a resolução judicial que daria a os manifestantes mais cerca de 24 horas para deixar local , segundo a testemunha de a Reuters . , o local, segundo a testemunha da Reuters. Segundo lideranças indígenas, eles vão concluir o protesto neste prazo. Não foi possível falar imediatamente com a 5ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal de Santarém, culpado pela salinha de crise que acompanha o caso. Na segunda-feira pela manhã, quando começou o protesto, havia mais de três quilômetros de filas, principalmente de caminhões que rumavam para o porto fluvial de Miritituba, em Itaituba , de onde barcaças levam grãos até os portos próximos ao rio Amazonas para serem exportados. A BR-163 é um corredor logístico vital para a agricultura do Centro-Oeste, e sua paralisação tem potencial de impactar as exportações de cerca de 50 mil toneladas de soja e milho que passam diariamente pela rodovia rumo ao porto de Miritituba, alegou a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais . A rodovia é também um importante canal para a importação de insumos. Todos os dias, o Porto de Barcarena recebe 1,5 milhão de litros de combustíveis e 300 toneladas de fertilizantes, que são depois transportados para as áreas produtoras de grãos. A Abiove declarou: «Insumos fundamentais para o agronegócio de Brasil, especialmente neste fase de preparativos para o plantio que acontece nos meses de setembro e outubro». Os indígenas reivindicam a renovação placentina , pedem mais atenção para a saúde devido à pandemia de Covid-19 e se posicionam contra a construção da ferrovia Ferrogrão sem que ese os oescutem, uma vez que o projeto pcalculaa construção de os trilhosperto de suas terras, de acordo com uma testemunha da Reuters no local do protesto.

– A Justiça Federal determinou, por meio de uma resolução liminar, a reitegração de posse de um trecho no quilômetro 302 da BR-163 bloqueado desde a manhã desta segunda-feira por protestos de indígenas, conforme documento visto pela Reuters. A justificação para a desinterdição, requerida pela União, menciona a segurança dos pedestres passageiros e dos próprios participantes do bloqueio. Os pedestres são motoristas. Os indígenas queixar-se por melhores condições de saúde durante a pandemia e contra as obras do Ferrogrão. «Concedo também, a medida cautelar a fim de evitar novos conflitos e determinar que os solicitados se abstenham de obstruir ou dificultar a passagem de veículos ou pedestres, em quaisquer trechos e sentido da BR-163, sob pena de multa diária de 10.000 reais», adicionou a juiza Sandra Maria Correia da Silva em sua resolução.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United States, Portugal

Cities: Porto, Plano

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Indígenas voltam a bloquear BR-163 e podem queixar-se por mais 24 horas
>>>>>Justiça determina reitegração de posse em trecho da BR-163 bloqueado por índios – August 17, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>PRF recomenda que transportador de grãos aguarde em MT devido a bloqueio na BR-163 – August 17, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 indígenas 70 0 NONE 5 Os indígenas: 3, os indígenas: 2
2 decisão 0 0 NONE 4 a decisão judicial: 2, uma decisão liminar: 1, sua decisão: 1
3 pandemia 0 100 NONE 2 a pandemia: 1, a pandemia de Covid-19: 1
4 esta 0 20 NONE 2 esta: 2
5 estrada 50 0 NONE 2 a estrada: 2
6 Abiove 0 0 ORGANIZATION 2 (tacit) ele/ela (referent: a Abiove): 1, a Abiove: 1
7 o Porto_de_Barcarena 0 0 PLACE 2 o Porto_de_Barcarena: 1, (tacit) ele/ela (referent: o Porto_de_Barcarena): 1
8 preparativos 0 0 NONE 2 eles (referent: preparativos): 1, (tacit) eles/elas (referent: preparativos): 1
9 rodovia 0 0 NONE 2 a rodovia rumo: 1, A rodovia: 1
10 evitar novos conflitos 0 80 NONE 1 evitar novos conflitos: 1