Por: SentiLecto

Mesmo com o ajudinha emergencial, o desemprego aumentado e as medidas de distanciamento social para conter a progressão da Covid-19 forçaram um freio na compra de bens, levando o consumo das famílias a cair 12,5% entre abril e junho, em relação ao primeiro trimestre deste ano. Foi o maior recuo da História do país.

Os obstáculos impostos pelo isolamento social impossibilitaram que as famílias fizessem compras como estavam habituadas.

Também há o receio de fazer gastos diante de um cenário de incerteza econômica e fragilidade no mercado de trabalho.

Dados divulgados hoje assinalam para uma queda de 9,7% no PIB de Brasil, no segundo trimestre. Os dados jogam o país novamente em uma recessão técnica, situação que o país não vive desde o fim de 2016.

Os números assinalam para quedas recordes em praticamente todos os segmentos. Os serviços, culpados por 74% do PIB pela oferta, caíram 9,7%, maior perda em 25 anos. O segmento já não exibia muita força no começo do ano, tendo a situação agravada com a pandemia.

Nos últimos anos, o consumo das famílias tem sido o principal motor do PIB de Brasil. O peso do resultado é superior a 65%. Por isso, historicamente anda com a performance da atividade econômica.

A queda só não foi maior por conta dos conseqüência da ajudinha emergencial. Como mostrou estudo feito por técnicos do Banco Central, a ajudinha emergencial ampliou o consumo das famílias em municípios mais pobres, principalmente nas regiões Norte e Nordeste, em comparação com o restante do país.

Segundo Rebeca Palis, coordenadora de Contas Nacionais no IBGE, os programas de suporte financeiro do governo injetaram liquidez na economia. Também houve crescimento do crédito voltado às pessoas físicas, que compensou um pouco os efeitos negativos.

Segundo Guimarães, a Caixa tem 109 milhões de pessoas cadastradas e já processadas, 67 milhões de elegíveis e cerca de 120 mil em análise ou reanálise.Paulo Guedes defendia R$ 200 Paulo Guedes é o ministro da Economia., mas Bolsonaro considerou o valor insuficiente e optou por um meio termo.Os dados jogam o país novamente em uma recessão técnica, situação que a economia de Brasil não vive desde o fim de 2016. Entre janeiro e março, a atividade já tinha caído 1,5%. Segundo o Comitê de Datação de Ciclos Econômicos , dois trimestres seguidos de queda configuram recessão técnica. Já são dez fases assim desde o começo dos anos 1980.

Na quinta-feira 06 de agosto – O Brasil concluiu o segundo trimestre com a maior taxa de desemprego em três anos e diminuição lembre no número de pessoas ocupadas, como consequência das medidas de contenção da pandemia de coronavírus, que deixou 12,8 milhões de desempregados no fase. Entre abril e junho, a taxa de desemprego chegou a 13,3%, de 12,2% no primeiro trimestre. Faz 3 anos, o resultado de a Pnad Contínua divulgada por o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística equiparou a taxa de o trimestre concluído e mostrou ainda forte piora em relação aos 12,0% de desemprego no segundo trimestre de 2019. A mediana das previsões em pesquisa da Reuters era de que a taxa ficaria em 13,2% por cento no fase. As medidas de paralisação para conter a propagação do coronavírus em todo o país fecharam companhias e consequentemente provocou perdas generalizadas de vagas de trabalho. Entre abril e junho, houve queda recorde de 9,6% no número de pessoas ocupadas na comparação com os três primeiros meses do ano, o que encarnava 8,876 milhões. Faz 1 ano, em relação a o mesmo o recuo foi de %10,7. Já o número de desempregados no Brasil chegou a 12,791 milhões, um recuo de 0,5% em relação ao primeiro trimestre e alta de 0,2% sobre o mesmo fase do ano passado. De acordo com a analista da pesquisa, Adriana Beringuy, a taxa de desemprego subiu por causa da diminuição da força de trabalho, que adicionava as pessoas ocupadas e desocupadas. «Essa taxa era fruto de um percentual de desocupados dentro da força de trabalho. Então como a força de trabalho padeceu uma queda recorde de 8,5% em função da diminuição no número de ocupados, a taxa aumentava percentualmente mesmo diante da estabilidade da população desocupada», explicou ela. A pesquisa mostrou ainda que os empregados no setor privado sem carteira de trabalho assinada adicionavam 8,639 milhões no segundo trimestre, de 11,023 milhões nos três meses imediatamente anteriores. Já os que tinham carteira assinada no setor privado no trimestre até junho eram 30,154 milhões, de 33,096 milhões no primeiro trimestre, chegando ao menor platô da série histórica começada em 2012. «Isso fazia com que a gente chegue ao menor contingente de trabalhador com carteira assinada na série histórica e mostrava que essa queda na profissão estava bem espalhada por todas as maneiras de inserção, seja o trabalhador oficializado, seja o não oficializado”, completou Berenguy. COMÉRCIO Todas as atividade analisadas pela pesquisa padeceram queda em relação ao número de ocupados, sendo o comércio o mais afetado. Um total de 2,137 milhões de pessoas perderam suas vagas no setor, uma diminuição de 12,3% em relação aos três primeiros meses do ano. Faz 3 meses, a o mesmo tempo grupo de pessoas que não buscaram trabalho mas que gostariam de conseguir uma vaga e estavam disponíveis para trabalhar, chegou a 5,7 milhões de pessoas em junho, maior número desde o começo de a série histórica. Tempo é o número de desalentados. Faz 3 meses, até junho, o rendimento médio de o trabalhador chegou a 2.500 reais, mais aumentado de a série histórica, de 2.389 reais em o primeiro trimestre, em os três meses. Essa ampliação, entretanto, decorria segundo o IBGE da forte diminuição da população ocupada, sendo a maior parte dos trabalhadores informais, que eram os de menor rendimento. De acordo com a pesquisa Focus mais recente divulgada pelo Banco Central, A expectativa do mercado era de que a economia contrairá 5,66% este ano, registrando um crescimento de 3,50% em 2021.

Economistas olham com preocupação para o consumo das famílias, diante do desemprego aumentado. Experts alegam que vai ser de fato o maior desafio da recomeçada, assim como o controle da pandemia.

Por mais que bares e restaurantes tenham seu funcionamento permitido de forma flexível, ainda falta confiança da população para voltar a consumir nestes estabelecimentos em um nível semelhante ao início do ano. Além disso, com a renda prejudicada, o consumo deverá ser menor.

Nos últimos 12 meses, a soma de teve tombo de 15,3%, maior queda da série histórica do IBGE, começada em 2012. Faz 3 meses, perderam o emprego entre abril e junho, segundo a Pnad Contínua, mais de 8,9 milhões.

Faz 8 meses, o estado que recebeu a maior fatia em a região foi São Paulo com depósito de R $ 31,7 bilhões, em seguida Minas Gerais, com R $ 16,1 bilhões, Rio com R $ 14,7 bilhões, e Espírito Santo com R$ 3,3 bilhões.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Mesmo com ajudinha emergencial, consumo das famílias tem maior queda da História
>>>>>Região Sudeste foi a que mais recebeu recursos do auxílio emergencial – August 29, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Beneficiários do Bolsa Família com NIS de final 6 recebem auxílio emergencial nesta terça-feira – August 25, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Auxílio emergencial deve ter mais quatro parcelas de R$ 300 – August 21, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Bolsonaro deve definir próximas parcelas do auxílio emergencial até 6ª feira – August 19, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Bolsonaro volta a dizer que respeitará teto de gastos – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Auxílio emergencial de R$ 600 é ótimo, mas não é sustentável, segundo secretário do Ministério da Economia – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Regulamentação de privatização dos Correios irá ao Congresso nas próximas semanas, diz Seillier – August 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Renda Brasil deve atender a 21 milhões de famílias a partir de janeiro do ano que vem – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Link falso para inscrição no Renda Brasil circula no WhatsApp – August 18, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Lançamento do Renda Brasil e Carteira Verde Amarela será na terça-feira, diz Guedes – August 21, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Ibovespa fecha abaixo de 100 mil pontos com ruídos sobre Guedes – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Ibovespa futuro avança após governo reforçar compromisso com Guedes e teto de gastos – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Guedes quer Renda Brasil com benefício médio de R$ 247, com fim de abono salarial e Farmácia Popular – August 24, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>MP 936: Guedes confirma prorrogação de acordos de redução de salário e suspensão do contrato de trabalho – August 21, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Caged positivo é sinal excelente de que economia pode fazer retorno em V, diz Guedes – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Assista, ao vivo, à transmissão da Caixa sobre o pagamento do auxílio emergencial – August 27, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Caixa Tem pode ser usado para pagamento do Bolsa Família – August 26, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Caixa paga novas parcelas do auxílio emergencial e até R$ 1.045 do FGTS para mais trabalhadores neste sábado – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Caixa: confira os pagamentos de auxílio emergencial e saque de FGTS previstos para esta semana – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Caixa deposita auxílio emergencial para nascidos em dezembro e paga benefício a quem tem Bolsa Família com NIS de final 7 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Auxílio emergencial: Bolsonaro afirma que benefício não é ‘aposentadoria’ – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Auxílio emergencial: parcelas extras devem ser de R$ 300 – August 28, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Bolsonaro veta auxílio emergencial a agricultor familiar – August 25, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Governo ameaça retaliar quatro senadores que votaram para derrubar veto de Bolsonaro – August 20, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Maia e centrão costuram acordo para manutenção do veto que impede reajuste de servidores – August 20, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Senado derruba veto de Bolsonaro e permite aumento a servidores; Câmara ainda votará medida – August 20, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Bolsonaro diz que será ‘impossível governar o Brasil’ se Câmara permitir reajuste para servidores públicos – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Guedes chama de ‘crime contra o país’ decisão do Senado de derrubar veto e permitir aumento para servidores – August 20, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Câmara mantém veto de Bolsonaro a aumento para servidor público – August 21, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Renda Brasil de R$300 exigirá mais corte de despesa ou base menor de beneficiários, dizem fontes – August 25, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Guedes planeja usar sobra de recursos do Bolsa Família para pagar auxílio emergencial até o fim do ano – (Extraoglobo-pt)
>>>>>PIB cai 9,7% no 2º trimestre, a maior retração desde 1996 – September 01, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>PIB da Itália no 2° tri é revisado para baixo a queda de 12,8% – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 queda 0 0 NONE 7 essa queda: 1, queda: 2, queda recorde de %9,6: 1, uma queda recorde de %8,5: 1, A queda: 1, uma queda de %9,7: 1
2 situação 0 60 NONE 5 a situação agravada: 1, situação: 4
3 relação 0 0 NONE 5 relação: 5
4 redução 0 160 NONE 4 redução: 3, uma redução de %12,3: 1
5 o consumo de as famílias 50 0 NONE 4 o consumo de as famílias: 4
6 os empregados 15 0 NONE 4 (tacit) eles/elas (referent: os empregados): 4
7 pessoas 0 0 NONE 4 pessoas cadastradas: 1, pessoas: 2, as pessoas ocupadas e desocupadas: 1
8 eu 0 60 NONE 3 (tacit) eu: 3
9 Bolsonaro 0 0 PERSON 3 Bolsonaro: 1, (tacit) ele/ela (referent: Bolsonaro): 2
10 ano 0 0 NONE 3 o ano passado: 1, o ano: 2