Por: SentiLecto

— Depois do lançamento do Pix Saque e do Pix Troco, que vão permitir aos de Brasil sacar dinheiro vivo em lojas, padarias e mercados, o Banco Central já prepara mais novidades para o meio de pagamentos. Para 2022, constam na agenda do BC o lançamento do Pix Aproximação – que permitirá efetuar pagamentos ao aproximar o celular da maquininha de cartão -, o parcelamento de compras e o débito automático, pelo qual o usuário poderá pagar automaticamente contas de gás, luz e outras com o Pix. Compras feitas com Pix sem necessidade de acesso à internet também dtêm que entrarpara a rotina dos brasileiros no ano que vem. O sistema funcioná como um cartão de pagamento. Está no radar ainda a chance de fazer transferências internacionais. Veja abaixo como funcionarão as novas funcionalidades do Pix, o programa calculado e o que já é possível fazer com o sistema. Leia mais: Pix: bancos poderão bloquear recursos de usuários por 72 horas em caso de suspeita de fraude Assim como existe hoje com cartões de crédito, vai ser possível fazer pagamento aproximando o celular da máquina de cartão, por exemplo. O BC planeja lançarum «cartão Pix»que permitirá a transferência offline. Roberto Campos Neto já explicou que a maneira mais segura para permitir os pagamentos sem conexão na internet vai ser por meio de um cartão. Roberto Campos Neto é o presidente da instituição.Sem dar muitos detalhes, ele declarou que o usuário poderia transferir dinheiro para o cartão por meio de aproximação com o celular. O saldo iria para este cartão que poderia ser utilizado sem conexão. Depois que o usuário voltar a ter internet, ele poderia devolver esse saldo para sua conta. Será possível colocar contas de luz e telefone para serem pagas automaticamente com Pix. Leia mais: Pix: bancos poderão bloquear recursos de usuários por 72 horas em caso de suspeita de fraude A nova funcionalidade permitirá que o Pix seja utilizado também para parcelar compras. Hoje em dia, o Pix pode ser utilizado somente com recursos que já estão na conta do pagador. O Pix Garantido vai ser a primeira função de crédito da ferramenta. O BC já conversa com Inglaterra e Itália para permitir transferências internacionais instantâneas por meio da ferramenta, mas o desenvolvimento ainda depende de algumas variáveis, como a modernização da legislação cambial e a progressão de outros países nos seus próprios sistemas de pagamento instantâneo. É a utilização mais habitual para o Pix e já ultrapassou as ferramentas que estavam disponíveis anteriormente, como TED e DOC, em número de transações. Os últimos dados disponibilizados pelo BC, de outubro, mostram que 75% dos Pix feitos são de pessoa para pessoa. As pessoas que costumam usar o Pix para transferências, também podem pagar por produtos e serviços com a ferramenta. Por meio de um QR Code ou a chave do Pix, é possível fazer uma transferência instantânea para o encanador, a padaria ou o guardador de carros em qualquer momento do dia. Atualmente essa espécie de transferência encarna 16% do total. Faz 3 meses, de o ano passado, o BC e a Aneel assinaram um acordo para permitir o Pix que seja utilizado para pagar as contas de luz, em agosto. Entre os pontos positivos, a chance de pagar a conta em qualquer dia da semana aceleraria o religamento de energia em casos de inadimplência e a diminuição de preço operacional poderia diminuir as tarifas. Atualmente, localidades atendidas pela CPFL e pela Neoenergia, por exemplo, já podem pagar as contas por Pix. Antes mesmo do lançamento do Pix no ano passado, o BC já fechou um acordo com o Tesouro Nacional para permitir o pagamento da Guia de Recolhimento da União com o Pix. Algumas taxas que têm que ser pagas para a União, como multas eleitorais, já podem ser pagas dessa forma. O volume de dinheiro movido entre companhias já encarna 35% do total, apesar de encarnar apenas 3% na quantidade de transações feitas em outubro. São pagamentos de companhias para provedores de produtos e serviços. Muitas delas já aderiram ao Pix pela diminuição de preços. Uma opção ao boleto, o Pix Cobrança permite pagamentos com vencimentos futuros, inclusive com previsão de juros, multas e descontos. No lugar do tradicional código de barras, a ferramenta usa um QR Code. O Pix Saque funciona assim: o cliente faz um Pix para uma loja. A atendente, então, vai dar esse valor em dinheiro vivo ao consumidor, sem a necessidade que ele adquira qualquer item. O Banco Central estabeleceu um limite para o saque de R$ 500 para o fase diurno e de R$ 100 das 20h às 6h. Caso considerem, os comércios poderão ofertar limites menores adaptado. No Pix Troco, a operação é semelhante. Mas o cliente faz uma compra com Pix, transferindo ao estabelecimento um valor maior que o custo do produto. Se devolve a diferença entre o valor de a mercadoria e o transferido em dinheiro, como um troco.

BC.A firma: «A oferta do serviço reduzirá os preços dos estabelecimentos com administração de numerário, como aqueles relacionados à segurança e aos depósitos, além de possibilitar que os estabelecimentos ganhem mais visibilidade para seus produtos e serviços «,.s modalidades vão estar disponíveis a partir da próxima segunda-feira . Segundo o BC, a oferta dos dois novos produtos aos usuários da ferramenta é opcional, cabendo a resolução final aos estabelecimentos comerciais, às ecompanhiasproprietárias de redes de autoatendimento e às instituições financeiras.— Duas novas funcionalidades do Pix entram em forcita nesta segunda-feira . Os chamados Pix Saque e Pix Troco vão permitir que os brasileiros saquem dinheiro vivo em lojas e outros estabelecimentos comerciais, como padarias e mercados, como num caixa eletrônico. O Pix Saque vai funcionar assim: o cliente vai fazer um Pix para uma loja. A atendente, então, vai dar esse valor em dinheiro vivo ao consumidor, sem a necessidade que ele adquira qualquer item. No Pix Troco, o cliente faz uma compra com Pix, transferindo ao estabelecimento um valor maior que o custo do produto. Se devolve a diferença entre o valor de a mercadoria e o transferido em dinheiro, como um troco. Veja abaixo como os novos recursos se vai haver preço para o usuário ou para a loja, funcionarão e quais os limites para a retirada. Em um ano: De paquera o inquérito: advogada localiza alvo de ação judicial pelo Pix Ao chegar no caixa de uma loja, o cliente vai fazer um Pix para o estabelecimento. A atendente então vai pegar o mesmo valor do Pix em dinheiro vivo no caixa e vai dar ao cliente. A transação é bem parecida, mas aqui o cliente faz uma compra e um saque na mesma transação. Por exemplo: ao pagar por um produto de R$ 100, ele faz um Pix em um valor maior, de R$ 150, e retira a diferença em espécie. Isso evitaria uma ida ao banco para sacar R$ 50 em caixas eletrônicos. Em outro exemplo, se adquiri um produto de R$ 20, ele faz um Pix de R$30 e recebe uma cédula de R$ 10. Mudança: Cheque as principais fraudes com o Pix e veja como se proteger Atualmente, pessoas físicas e empresários individuais — incluindo microempreendedores individuais —têm, no pacote de serviços de seus bancos, direito à gratuidade para os quatro primeiros saques do mês. Se os calculava com o Pix Saque serão oito saques gratuitos, contando com os quatro que já . Ou seja, cada pessoa terá direito a oito saques gratuitos por mês, via Pix ou de forma convencional, num caixa eletrônico. Cheque ainda: Auxílio Brasil: Ministério da Cidadania declara que vacinação e frequência escolar continuarão sendo exigidos Depois dessa oitava transação, o banco poderá cobrar uma taxa do cliente. No entanto, a taxa do saque via Pix não pode ser maior que a cobrada pelo banco em saques convencionais. Já pessoas jurídicas como as companhias podem ser cobradas desde a primeira transação no mês, a critério do banco. O BC estabeleceu um limite de R$ 500 para o fase diurno e de R$ 100 das 20h às 6h. Caso considerem, os comércios poderão ofertar limites menores adaptado. Viu isso? Trabalhador não pode ter vantagem do INSS negado por inadimplência do empregador Qualquer estabelecimento comercial que ofertar o Pix como alternativa de pagamento poderá oferecer o Pix Saque ou Pix Troco. As alternativas também têm que estar disponíveis em caixas eletrônicos. Uma pessoa que tenha conta no banco A poderá sacar no caixa eletrônico do banco B via Pix. Esse saque conta como um dos oito gratuitos mensais. Não, cada estabelecimento decidirá se oferece ou não o serviço. Cheque: Justiça impede INSS de cortar auxílio-doença de segurado Sim, o estabelecimento poderá oferecer somente um ou outro. O Banco Central espera que os comércios que ofertarem o serviço tenham ampliação no fluxo de clientes e diminuam seus gastos com a movimentação do dinheiro, por exemplo, com a contratação de carros-forte. Além disso, quem disponibilizar o serviço receberá uma remuneração que pode variar de R$ 0,25 a R$ 0,95 dependendo do contrato com a instituição financeira parceira. Ele poderá procurar a instituição financeira que o atende e pedir para aderir. Segundo o BC, basta um ajuste contratual para oferecer o Pix Saque e o Pix Troco. O comerciante também poderá definir como vai ofertar o serviço, em que horário ele vai estar disponível e quais as cédulas poderão ser sacadas em seu estabelecimento.Os usuários de transportes públicos do município do Rio ganharam mais uma facilidade na hora de pagar suas passagens. Agora, é possível utilizar o celular para embarcar nos meios de transporte, por meio do aplicativo Cartão Digital-Valida Mais, instituído pela RioCard. Mais de 125 mil pessoas já usam o sistema novo, que é aceito em em ônibus de linhas municipais e intermunicipais, metrô, trens, vans legalizadas e sistema BRT.

Faz 15 dias, se arremessou o Pix há um ano e conta com mais de 101,3 milhões de usuários pessoas físicas. segundo dados do Banco Central, o sistema de pagamento instantâneo passou de 144,4 milhões de transações em dezembro, o primeiro mês inteiro de operação, subiu para 500 milhões em abril e chegou a um bilhão em setembro, último número divulgado pela autoridade monetária.

Pix é o meio de pagamento eletrônico instantâneo, gratuito e com segurança, do Brasil.

Pix é o meio de pagamento eletrônico instantâneo, gratuito e com segurança, do Brasil.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United Kingdom, Italy

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Parcelamento com Pix e pagamento por aproximação. Veja as novidades que o BC prepara para o sistema
>>>>>Banco Central regulamenta Pix Saque e Pix Troco, que começam a funcionar na segunda-feira – November 26, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Pix muda restrições noturnas e cria mecanismos para bloqueio e devolução de valores para evitar golpes – November 22, 2021 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Pix saque e Pix troco começam hoje e são alternativa ao caixa eletrônico. Veja como vão funcionar – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Cartão digital é a novidade na hora de pagar o transporte público no município do Rio – November 26, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Pix 120 0 ORGANIZATION 33 os Pix feitos: 1, um Pix: 4, um Pix de R$30: 1, Pix: 10, (tacit) ele/ela (referent: o Pix): 2, O Pix_Garantido: 1, (tacit) ele/ela (referent: Pix): 3, cartão Pix: 2, o Pix: 9
2 eu 3 60 NONE 13 (tacit) eu: 13
3 dinheiro 160 0 NONE 7 dinheiro: 3, dinheiro vivo: 4
4 BC 0 0 ORGANIZATION 7 O BC: 2, o BC: 5
5 cliente 0 0 NONE 7 o cliente: 7
6 atendente 40 0 ORGANIZATION 6 A atendente: 3, (tacit) ele/ela (referent: A atendente): 3
7 estabelecimento 0 0 NONE 6 seu estabelecimento: 1, estabelecimento comercial: 2, o estabelecimento: 3
8 valor 375 0 NONE 5 esse valor: 2, um valor maior: 3
9 necessidade 0 160 NONE 4 a necessidade: 4
10 comércios 100 0 NONE 4 os comércios: 2, Os comércios: 2