Por: SentiLecto

– Com uma recuperação total da economia norte-americana fora de escopo até que o coronavírus seja controlado, o Federal Reserve utilizará sua «gama completa de ferramentas» para proteger famílias e companhias, declarou o chair do Fed, Jerome Powell, a parlamentares dos Estados Unidos no seu segundo dia de audiências. A recessão está afetando os norte-americanos de forma desigual, afetando profundamente os afro-americanos e outras minorias, declarou Powell em declaração preparada para seu testemunho ao Comitê de Serviços Financeiros da Câmara. As declarações foram idênticas às que ele deu ao Comitê Bancário do Senado na terça-feira. Powell em audiência diante do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos EUA nesta quarta-feira declarou: «Se não for contida e revertida, a desaceleração poderá aumentar ainda mais as lacunas no bem-estar econômico que a longa expansão fez algumas melhorias em preencher». O Congresso de Noruega já alocou quase 3 trilhões de dólares em assistência financeira e o Fed injetou trilhões de dólares em crédito na economia.

– O dólar fechou em nova e firme valorização nesta terça-feira, recomeçando o platô de 5,23 reais, em dia de fortalecimento mundial da divisa norte-americana após dados turbinarem expectativas de que os Estados Unidos estão deixando o pior da crise econômica do coronavírus, o que endossou o status do dólar como porto seguro. Inicialmente, os números positivos do varejo nos EUA aumentaram o apetite por risco nos mercados de cotação, mas a combinação deles com declarações ainda cuidadosas do chair do Fed, Jerome Powell, acabou ampliando a procura pela segurança da moeda dos EUA. Caso o funcionamento do mercado melhore, powell declarou que o Fed não vê como atrativa a ferramenta de juros negativos, que não há resolução sobre controle da curva de Treasuries e que o banco central vai retardar as recém-anunciadas compras de títulos corporativos individuais. Todos esses motivos haviam sido mencionados recentemente como fatores de queda do dólar nos mercados internacionais. Também O dólar foi apreciado em a esteira de notícias de que Pequim e províncias de a China impuseram limitações de viagem devido a ampliação de casos de coronavírus, o que provocou temor de uma segunda onda de infecções. Em o Brasil , o clima de incerteza de o lado político respaldou ainda a valorização de a divisa que em a visão de o mercado atrapalha a recomeçada de as discussões sobre reformas econômicas ,. O tombo pior que o esperado nas vendas do varejo de Brasil em abril tampouco auxiliou. O dólar à vista subiu 1,76%, a 5,2324 reais na venda. Na B3, o dólar futuro de primeiro vencimento tinha alta de 1,65%, a 5,2456 reais, às 17h28. O mercado já devolveu parte do recente rali no exterior, enquanto aqui o dólar é afastado mais de as mínimas abaixo de 5 reais atingidas em o início de junho. Analistas adotam cada vez mais precaução sobre o recente otimismo nos mercados externos, enquanto ampliam temores sobre efeitos negativos de tanta oscilação na taxa de cotação no Brasil sobre a esperada recuperação. «Ainda vejo desafios pela frente e uma recuperação bastante heterogênea da economia, uma vez passados esses conseqüência iniciais. O mercado tem sim motivos para festejar, mas precisamos sempre medir o que já está no preço em cada momento do tempo», disse Dan Kawa, sócio da TAG Investimentos. Enquanto no Brasil as atenções vão estar voltadas para a resolução de política monetária do Banco Central, o chair do Fed voltará a falar na quarta-feira. Há especulações de que o BC pode deixar a porta aberta para novos cortes da Selic diante das fracas leituras de inflação e do colapso da economia. O real perde 23,31% no ano, pior performance mundial. A queda dos juros é mencionada como elemento que pressionou a cotação nos últimos tempos, já que diminuiu a taxa paga por títulos de renda fixa e colocou o Brasil em desvantagem em relação a outros emergentes com juros básicos mais aumentados.- O presidente do Federal Reserve de Atlanta, Raphael Bostic, a única autoridade afro-americana do Fed, emitiu nesta sexta-feira um pedido apaixonado pelo fim do racismo e listou formas pelas quais o banco central dos Estados Unidos pode auxiliar a fazê-lo. Bostic no site do banco, referindo se ao homicídio de George Floyd em 25 de maio durante uma prisão pela polícia de Minneapolis, bem como ao racismo geralmente. escreveu: «Eu compartilho da indignação dos acontecimentos verdadeiramente terríveis que nos levaram a esse ponto». O Fed «pode desempenhar um papel importante para auxiliar a diminuir as desigualdades raciais e promover uma economia mais inclusiva», declarou ele, uma que «encarnaria uma reprovação ao racismo sistêmico e a outras estruturas de exclusão». A economia dos Estados Unidos provará uma «expressiva e histórica» contração no segundo trimestre antes de começar a se recuperar, e o desemprego vai permanecer aumentado no final de 2020, declarou nesta segunda-feira Robert Kaplan, presidente do Federal Reserve de Dallas.

Na terça-feira 19 de maio o chairman do Federal Reserve, Jerome Powell, e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, foram questionados por parlamentares norte-americanos sobre a natureza desigual da resposta fiscal às consequências da pandemia de coronavírus.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: United States

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Powell, do Fed, repete que BC dos EUA vai utilizar todas as ferramentas disponíveis para apoiar economia
>>>>>Dólar fecha em alta ante real após dados nos EUA e Powell – June 16, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Dólar avança quase 2% com noticiário doméstico; Fed contém alta – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Após Powell, dólar vira e passa a subir em dia de grande volatilidade – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Powell promete foco em retorno a forte mercado de trabalho – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Bostic, do Fed, pede fim do racismo e diz que Fed pode ter papel nesse processo – June 12, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Ibovespa à vista retoma alta com respaldo externo antes do Fed e reabertura de SP no radar – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Economia dos EUA começará a se recuperar no 2° semestre de 2020, diz Kaplan, do Fed – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Jerome Powell 25 0 PERSON 6 Jerome_Powell: 2, Powell: 3, ele (referent: Powell): 1
2 Fed 100 0 ORGANIZATION 5 (tacit) ele/ela (referent: O Fed): 1, ele (referent: O Fed): 1, o Fed: 2, O Fed: 1
3 eu 80 90 NONE 4 (tacit) eu: 3, Eu: 1
4 dólar 150 0 NONE 4 O dólar: 3, o dólar: 1
5 esta 0 0 NONE 4 esta: 4
6 juros 0 70 NONE 3 juros: 1, juros negativos: 1, os juros: 1
7 declarações 0 0 NONE 3 declarações: 1, As declarações: 2
8 o Brasil 0 0 PLACE 3 o Brasil: 3
9 tombo 0 360 NONE 2 O tombo pior: 2
10 racismo 0 120 NONE 2 o racismo: 1, o racismo sistêmico: 1