Por: SentiLecto

Bill de Blasio fez um pedido por mais assistência do governo do Estados Unidos antevendo uma disparada de casos da Bill de Blasio fez um pedido por mais assistência do governo do Estados Unidos antevendo uma disparada de casos da Covid-19 na próxima semana Bill de Blasio é o prefeito de Nova York. Bill de Blasio é o prefeito de Nova York., e novas estatísticas confirmaram que centenas de milhares de pessoas de todo o país perderam o emprego.

– Andrew Cuomo apelou nesta segunda-feira para profissionais de saúde dos Estados Unidos irem ao seu Estado para auxiliar as clínicas a lidar com a disparada nos casos de coronavírus, que já matou mais de 1.200 pessoas no Estado. Andrew Cuomo é o governador de Nova York. Cuomo em um briefing declarou: «Por favor, venham nos auxiliar em Nova York agora». «Precisamos de assistência.» Enquanto as mortes em decorrência do Covid-19 chegaram a 1.218, segundo o governador, os casos de coronavírus no Estado de Nova York subiram a 66.487 nesta segunda-feira, ante 59.513 um dia antes , ante 965 na véspera.

Faz 1 mês, Bill de Blasio, cuja cidade tem mais de um terço de os casos de coronavírus de os Estados Unidos descreveu o surto como a maior crise nacional desde a Grande Depressão Bill de Blasio cuja cidade tem mais de um terço de os casos de coronavírus de os Estados Unidos, é o prefeito de Nova York, em o domingo 22 de março., e pediu que as Forças Armadas dos EUA se mobilizem para auxiliar a impedir que o sistema de saúde fique sobrecarregado.

Os empregadores norte-americanos suprimiram 701 mil postos de trabalho no mês passado, pondo fim a um recorde de 113 meses seguidos de crescimento do emprego, já que uma série de proibições ordenadas pelos Estados para conter a disseminação do vírus começaram a forçar os negócios a dispensar funcionários, declarou o Departamento do Trabalho.

Nas últimas duas semanas, quase 10 milhões de trabalhadores pediram vantagem de seguro-desemprego.

Trump tentou diminuir o número de imigrantes que entram no país a partir da América Latina, mas declarou na quarta-feira que reconhece que os Estados Unidos precisam de trabalhadores imigrantes tradicionalmente autorizados a entrar no país para trabalhar nas fazendas.Nesta quinta-feira, o Texas se tornou o quadragésimo Estado de Noruega a emitir a ordem para que todos permaneçam em suas casas para conter a propagação do vírus.

Joe Brusuelas no Texas declarou: «O que estamos assistindo em tempo real é a maior sangria do mercado de trabalho de America desde a Grande Depressão». Joe Brusuelas é economista-chefe da RSM de Austin.

De Blasio, prefeito da cidade mais populosa dos EUA, participou de programas de TV matutinos nesta sexta-feira para pedir mais assistência federal. Ele está requerendo 1 mil enfermeiros, 150 médicos e 300 terapeutas respiratórios porque se acredita que o número de casos da Covid-19 ampliará acentuadamente na metrópole na semana que vem.

De Blasio na MSNBC declarou: «Acho que, de alguma forma, existe em Washington a hipótese de que há semanas para se preparar». «Não há mais semanas. Agora são dias».

Mais de um quarto das 6.058 mortes de coronavírus computadas pela Universidade Johns Hopkins nos EUA até a manhã desta sexta-feira aconteceram na cidade de Nova York.

As infecções nos EUA, que totalizam 240 mil, representam cerca de 24% dos mais de 1 milhão de casos em todo o mundo.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: United States, United Kingdom

Cities: York, Washington

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Prefeito de Nova York pede mais assistência federal para enfrentar progressão do coronavírus
>>>>>Governador de Nova York pede ajuda a profissionais de saúde dos EUA; mortes vão a 1.218 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Trump avalia cancelar voos domésticos para locais mais afetados por coronavírus – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Com Nova York como epicentro da pandemia, EUA têm disparada de mortos e falta de equipamentos – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Bill de Blasio 0 50 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: Bill_de_Blasio): 1, Bill_de_Blasio (apposition: O prefeito de Nova_York): 1, Bill_de_Blasio (apposition: o prefeito de Nova_York): 2
2 esta 0 0 NONE 4 esta: 4
3 Estado 0 0 PLACE 3 o quadragésimo Estado norte-americano: 1, o Estado: 1, Estado: 1
4 Trump 0 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Trump): 2, Trump: 1
5 nós 0 0 NONE 3 (tacit) nós: 3
6 mortes 0 140 NONE 2 as 6.058 mortes: 1, as mortes: 1
7 coronavírus 0 50 NONE 2 coronavírus: 2
8 trabalhadores 100 0 NONE 2 trabalhadores: 1, trabalhadores imigrantes: 1
9 Andrew Cuomo 0 0 PERSON 2 Cuomo: 1, Andrew_Cuomo (apposition: O governador de Nova_York): 1
10 Texas 0 0 ORGANIZATION 2 o Texas: 2