Por: SentiLecto

Faz 4 meses, a ampliação de fraudes e golpes contra os consumidores que fazem compras por as internet levou o Procon Estadual do Rio a preparar um manual de prevenção e guerrazinha em as fraudes virtuais.O material contém orientações sobre como fazer compras seguras pela internet e dicas para não cair em fraudes virtuais, além de adverti sobre os novos golpes praticados, como o que usa o Pix, o sequestro do WhatsApp e os praticados em plataformas de vendas. A entidade também listou sites não recomendados a serem evitados.

As matricula podem ser feitas por meio do formulário disponível na internet: https://forms.gle/fdeAU8zJkZfqPTfZ9.

Na quarta-feira 21 de abril com o começo da nova rodada de pagamentos da ajudinha emergencial, era preciso redobrar os cuidados para não cair em golpes digitais. Um levantamento feito pela Kaspersky — companhia especializada em cibersegurança — identificou 18 aplicativos falsos sobre a vantagem na Google Play Store, loja de apps disponível em celulares com sistema Android, e um na App Store, loja nos smartphones da Apple.

O presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho observa: «O manual vai ser uma ferramenta que o internauta vai poder sempre consultar antes de efetuar alguma compra pela internet ou outra espécie de operação virtual».

Além do manual contra fraudes virtuais, a autarquia preparou uma lista com 230 sites não recomendados, que vai ser constantemente atualizada. Para um site ser incluído na lista, os servidores do Procon-RJ analisam diversos fatores.

Se a companhia,por exemplo, entrega os produtos e serviços adquiridos e se responde as reclamações do consumidor e as notificações mandadas pela autarquia; se o estabelecimento tem cadastro ativo na Receita Federal e está adequado a emitir nota fiscal; se o site disponibiliza informações de contato e dados da companhia e como se relaciona com os clientes que efetuam reclamações. A lista completa pode ser acessada pelo link: https://bit.ly/proconrj-sites-nao-recomendados.

Cuidados para não cair em golpes

Ao passar informações pessoais pela internet ou telefone, só informe para quem você realmente conhece. Se alguma companhia ou instituição financeira entrar em contato pedindo seus dados, desconfie e entre em contato com o SAC para confirmar se a ligação realmente era da companhia.

Ao efetuar cadastro do Pix ou ajudinha emergencial por exemplo, só use os sites ou aplicativos oficiais. Cometem-se muitas fraudes por meio de e-mail e links mandados, por isso bastante cuidado. Atenção ao passar códigos recebidos por SMS, pois é assim que golpistas clonam o WhatsApp.

Cheque dicas efetuar compras de maneira on-line

Para evitar ser vítimas de fraudes nas compras, o consumidor tem que observar um pouco a pouco para verificar se a operação é segura:

– Observar sempre se o site é seguro

– Desconfiar de ofertas bastante positivas

– Atenção ao realizar compras por aplicativos de mensagens ou redes sociais

– Se o endereço no navegador é o oficial da companhia, cheque sempre e se no site existem informações de contato do provedor.

– Se for adquiri em uma loja virtual desconhecida, verifique antes o que os consumidores estão comentando sobre ela, por exemplo nas redes sociais.

Segundo a Serasa Experian, uma das maneiras mais simples para verificar a segurança do endereço eletrônico é pelo certificado SSL , que funciona como uma camada de proteção em sites de diferentes segmentos. Identificado por um cadeado ao lado do endereço URL no navegador e pela letra S no endereço eletrônico – https:// no lugar de http://.

Os sites que contam com o certificado SSL diminuem as brechas para que golpistas consigam obter informações trocadas entre consumidor e companhia, o chamado phising. Podem ser roubados dados como nome, endereço e CPF, que são utilizados habitualmente para negócios sob falsidade ideológica ou obtenção de crédito em nome de outras pessoas. Além de obter o certificado digital, as companhias podem ter outras ações para ampliar as vendas e conservar a segurança digital.

3. Em caso de ofertas de lojas desconhecidas, faça uma pesquisa em sites dedicados à avaliação e rfamade lojas virtuais;

Os débitos poderão ser parcelados em até 24 vezes, sem juros e sem entrada, de acordo com a análise do caso do cliente, declara a administradora de Ouvidoria da Light, Lais Tovar.

5. Conserve atualizado o antivírus do seu computador, reduzindo os riscos de ter seus dados pessoais roubados por arquivos espiões.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Procon-RJ arremessa novo manual contra fraudes virtuais; veja como se proteger
>>>>>Procon-RJ fará mutirão de renegociação com a Light: débito será pago em até 24 vezes, sem juros ou entrada – May 04, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 150 0 NONE 6 (tacit) eu: 6
2 sites 25 0 NONE 5 sites dedicados: 1, Os sites: 2, os sites: 1, 230 sites: 1
3 site 0 0 NONE 4 o site: 3, um site: 1
4 SSL 80 0 ORGANIZATION 3 o certificado SSL: 1, certificado SSL: 2
5 a internet 0 0 OTHER 3 a internet: 2, as internet: 1
6 https 0 0 PERSON 3 https: 3
7 o aumento de fraudes e golpes contra os consumidores 0 80 NONE 2 O aumento de fraudes e golpes contra os consumidores: 2
8 fraudes 0 80 NONE 2 Muitas fraudes: 1, fraudes virtuais: 1
9 autarquia 105 0 NONE 2 a autarquia: 2
10 compras 80 0 NONE 2 compras seguras: 1, compras: 1