Por: SentiLecto

– Carolina de Assis Barros declarou nesta quarta-feira que a autoridade monetária não sabe precisar por quanto tempo perdurarão os conseqüência do entesouramento na economia observados desde o começo da pandemia do coronavírus, no mês de março. Carolina de Assis Barros é a diretora de Administração do Banco Central . A diretora em coletiva virtual, realçando que se presenciou essa procura maior por moeda em espécie também em outras economias alegou: «Em momentos de incerteza, as pessoas tendem a fazer saques e acumular dinheiro, acumular reserva». Em apresentação, a diretora indicou que entre as possíveis causas para o entesouramento no país estão a formação de reservas por pessoas e companhias e a diminuição do volume de compras no comércio com o isolamento social. «O Banco Central acredita também que aqueles beneficiários da ajudinha emergencial, que receberam o sua vantagem em espécie, também não regressaram esse dinheiro ao sistema bancário com a velocidade que a gente esperava», completou Barros. Ainda de acordo com a diretora, a quantidade de papel moeda em poder do público ampliou em 61 bilhões de reais entre março e julho deste ano. «O Banco Central compreende que adapta-se a quantidade de papel moeda em circulação para fazer frente em as diferentes necessidades de a população, alegou, frisando não haver falta de numerário. O BC anunciou nesta quarta-feira que o Conselho Monetário Nacional aprovou o lançamento de uma cédula de 200 reais, que vai ter como personagem o vai lobo-guará, com a previsão de entrar em circulação a partir do fim de agosto. Questionada sobre eventual contradição entre a medida e a agenda de modernização do sistema financeiro, que vem sendo implementada pela autarquia, Barros afirmou que as ações não concorrem entre si. «O que a gente está vendo, nesse momento, é uma procura da população por meio circulante. É papel do Banco Central atender essa procura por meio circulante», justificou. A diretora também informou não haver relação entre a colocação dessa nova cédula no mercado e desvalorização do real.

– O Banco Central anunciou nesta quarta-feira o lançamento de uma cédula de 200 reais, que vai ter como personagem o vai lobo-guará. A previsão é de que a nova nota entre em circulação a partir do fim de agosto, com estimativa de serem impressas 450 milhões de cédulas neste ano, informou a autarquia. De acordo com a diretora de Administração do BC, Carolina de Assis Barros, a autoridade monetária requereu ao Conselho Monetário Nacional o valor de 113,4 milhões de reais para impressão de 450 milhões de cédulas de 200 reais e de 170 milhões de cédulas de 100 reais. Segundo ela, a cédula está em período final de testes de impressão, e, em razão de medidas de segurança, elementos e qualidades da nova nota não serão revelados até o lançamento oficial, calculado para acontecer ao fim do mês de agosto, a ser seguido por uma campanha de utilidade pública para utilização da cédula. O vai lobo-guará foi selecionado tendo como base uma pesquisa de 2001 do BC com a população com o objetivo de identificar quais espécimes da fauna os participantes gostariam de ver encarnados nas cédulas. Em primeiro lugar veio a tartaruga marinha, usada na cédula de 2 reais, sendo seguida pelo mico leão dourado, incorporado na nota de 20 reais. O vai lobo-guará foi o terceiro animal mais votado e se o vai retratar em uma nova cédula quase 20 anos depois de a pesquisa. – O Banco Central informou que seus atos normativos passam a ter nova nomenclatura a partir de quinta-feira: circulares serão determinações e cartas circulares serão instruções normativas, numa mudança que atende a decreto de novembro de ano passado voltado à revisão e consolidação de atos do BC e do Conselho Monetário Nacional . As determinações são atos da diretoria colegiada do BC, ao passo que as instruções normativas são atos de complementação ao detalhamento de regra superior. Ainda que vai seguir editando portarias, que correspondem, o BC declarou a atos editados por autoridade singular. A autoridade monetária, em nota àoijornalismoaalegou «O processo pode rredundarna revogação de nregrasdefasadas, na consolidação, em um único ato normativo, de nregrasrelativas ao mesmo macrotema ou no ragradecimentode que a nregranão precisa de revisão ou consolidação».Os resultados da primeira etapa de revisão serão publicados até 30 de novembro, sendo que a quinta e último período do processo está calculada para concluir um ano depois. A economia de Alemania está se recuperando e pode continuar a fazê-o no segundo semestre do ano, apoiada pelas medidas de estímulo fiscal adotadas pelo governo em resposta ao surto de coronavírus, informou o Bundesbank nesta segunda-feira. O Bundesbank é banco central do país..

Na quarta-feira 22 de julho – O Banco Central mandou profissão neste mês ao Ministério da Economia pedindo ao Conselho Monetário Nacional a complementação de 437,9 milhões de reais para produção neste ano de cédulas, em meio à avaliação de que não haveria dinheiro físico suficiente para fazer frente à deprocuraafetada pela concessão do auajudinhamergencial. Em documento ao qual a Reuters teve acesso, o BC informou que seus estoques e os do Banco do Brasil não seriam suficientes para atingir o valor projetado para o mês de agosto para o meio circulante médio, de 389,256 bilhões de reais. No documento, o BC argumentou que a necessidade de criação de um estoque estratégico para atendimento em situações adversas ficou «fortemente ressaltada». «A manutenção de somente um estoque de segurança não garantia o abastecimento adaptado de numerário à sociedade em situações que fescapemà normalidade como, no momento, as medidas emergenciais decorrentes do enfrentamento da pandemia da Covid-19», acadicionou autarquia. Quando o BC reconheceu à Reuters, a solicitação imencionavaum agravamento da situação na comparação com maio que e estavapreocupado com a questão, mas que havia somente requerido à Casa da Moeda a antecipação da produção de 2020. Ou seja, que o quadro demandava a mesma quantidade de cédulas para o ano, mas num prazo mais imediato. George Soares nesta quarta-feira declarou: «Faz 2 meses, o Banco Central teve uma revisão de o seu cenário e estava requerendo ao Conselho Monetário um volume maior de emissão, que chegaria a mais de 100 bilhões de reais de emissão». George Soares é o secretário do Orçamento Federal. Segundo Soares, o BC informou que se verificava desde abril o crescimento do meio circulante acima de qualquer norma desde os 26 anos de real. A autarquia teria declarado ainda, ao Ministério da Economia, que o cenário de incerteza animava a população a guardar dinheiro em espécie. Em seu relatório de receitas e despesas do terceiro bimestre divulgado nesta tarde, o governo aumentou em 437,9 milhões de reais os gastos calculados para 2020 com fabricação de cédulas e moedas em função de «necessidade maior de numerário em função principalmente do Programa de Auxílio Emergencial e outros programas assistenciais de transferência de renda». Faz 2 meses, a Reuters havia que o BC pedira em a Casa da Moeda que é eraresponsável por a produção de as cédulas que ampliasse a produção de dinheiro físico a partir de aquele mês para fazer frente a o pagamento de a ajudinha emergencial,,.À época, o BC confirmou que estava em negociações com a Casa da Moeda para antecipar o recebimento da produção contratada para o ano. Com a extensão da ajudinha emergencial em mais dois meses, o governo calculava gastar mais 101,6 bilhões de reais com o programa, levando esse total a 254,4 bilhões de reais para cinco meses de duração. A vantagem era de 600 reais por mês. Procurado, o BC não respondeu imediatamente.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Quando entesouramento pela população vai perdurar, bC não sabe até , declara diretora
>>>>>BC vai lançar cédula de 200 reais com imagem do lobo-guará – (Extraoglobo-pt)
>>>>>BC adota nova nomenclatura para circulares e cartas circulares – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Ajudada pelo impulso fiscal, economia alemã está se recuperando, diz BC alemão – July 27, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Antevendo falta de dinheiro físico, BC pediu R$437,9 mi para produção de cédulas no ano – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>BC russo corta taxa básica de juros a nova mínima recorde de 4,25% – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>BC do Chile fecha acordo com a China para expandir swap cambial para US$ 7,1 bi – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 BC 95 0 ORGANIZATION 11 O BC: 2, o BC: 6, (tacit) ele/ela (referent: O BC): 3
2 O Banco_Central 0 25 PLACE 6 O Banco_Central: 6
3 esta 0 0 NONE 5 esta: 5
4 autoridade 35 0 NONE 4 a autoridade monetária: 3, autoridade singular: 1
5 Conselho Monetário Nacional 0 0 ORGANIZATION 4 o Conselho_Monetário_Nacional: 4
6 diretora 0 0 NONE 4 a diretora: 3, A diretora: 1
7 situações 0 80 NONE 3 situações adversas: 1, situações: 2
8 governo 130 0 NONE 3 o governo: 3
9 Ministério da Economia 0 0 ORGANIZATION 3 o Ministério_da_Economia: 3
10 Reuters 0 0 ORGANIZATION 3 A Reuters: 1, a Reuters: 2