Por: SentiLecto

– As bolsas europeias subiram nesta quarta-feira, com uma recuperação nas ações de viagens e ganhos na Adidas e outras grandes marcas desportivas ofuscando dados que realçaram um percurso volúvel para a recuperação econômica da zona do euro. Com os casos de Covid-19 ampliando novamente na Europa, países como Reino Unido voltaram a adotar limitações para restringi a propagação do vírus, desencadeando a pior liquidação em três meses para o índice STOXX 600 na segunda-feira. Enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,55%, o índice FTSEurofirst 300 subiu 0,55%, a 1.396 pontos , a 360 pontos, recuperando-se por uma segunda sessão das perdas. Quando novas limitações para conter o ressurgimento de infecções por Covid-19 pressionaram a indústria de serviços, uma pesquisa do IHS Markit divulgada mais cedo mostrou que suspendeu-se o crescimento empresarial de a zona de o euro em setembro mais do que compensando o maior crescimento industrial em dois anos na região. No entanto, os investidores contavam com mais estímulos de bancos centrais e governos para lutar as consequências econômicas da crise de saúde. As ações de viagens se recuperaram após uma série de perdas de quatro dias, com a Lufthansa, da Alemanha, subindo 1,6% após a notícia de que a empresa aérea planeja disponibilizar testes rápidos do antígeno da Covid-19 para seus passageiros em outubro. A Adidas saltou 4,4%, enquanto a Puma e a JD Sports ganharam cerca de 4% cada depois que a fabricante de roupas esportivas norte-americana Nike relatou fortes ganhos e previu vendas melhores do que o esperado para 2020. Em LONDRES, o índice Financial Times progrediu 1,20%, a 5.899 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,39%, a 12.642 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,62%, a 4.802 pontos. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,18%, a 18.929 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,08%, a 6.654 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,84%, a 4.087 pontos.

Depois que a Comissão Nacional de Reforma e Desenvolvimento alegou que a China vai aumentar o investimento em indústrias estratégicas, o subíndice das ações de saúde fechou com alta de 3% , ao mesmo tempo em que irá agilizar o desenvolvimento de inovação em vacina, diagnóstico e reagentes de testagem.. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,03%, a 2.333 pontos.

Na segunda-feira 14 de setembro – O índice europeu STOXX 600 teve alta depois que saltos nas ações de viagens e tecnologia auxiliaram a conter as perdas no setor de energia, com os investidores focados nas notícias relacionadas ao Brexit e nas reuniões de bancos centrais desta semana. Enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,15%, o índice FTSEurofirst 300 subiu 0,07%, a 1.429 pontos , a 369 pontos, depois de ter chegado a subir até 0,8% mais cedo no pregão. Depois que importantes números de a indústria mostraram, perdas de esses ganhos apagaram parte em as petrolíferas Total , BP e Royal Dutch Shell que os prejuízos em a economia mundial provocados por a pandemia de coronavírus e esvaziariama demanda por petróleo mais do que se p pensava Os mercados haviam se recuperado anteriormente com a notícia de que a AstraZeneca recomeçou os testes clínicos de sua vacina para a Covid-19 após uma suspensão npassada.As ações da farmacêutica britânica caíram em meio a perdas no setor de saúde, mas enquanto easyJet e Lufthansa progrediram quase %2, as ações de viagens e lazer lideraram a alta na Europa, com a IAG ganhando %4,4. A IAG é a dona da British Airways. O setor de tecnologia da Europa subiu 0,9%, com as fabricantes de microchip STMicroelectronics, AMS e ASM International progredindo entre 0,9% e 3,7%. Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,10%, a 6.026 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,07%, a 13.193 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,35%, a 5.051 pontos. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,14%, a 19.793 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,11%, a 6.951 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,59%, a 4.285 pontos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United Kingdom, Portugal, Germany, France

Cities: Paris, London, Lisbon, Frankfurt

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Recuperação no setor de viagens e Adidas apoiam ações europeias apesar de dados mistos
>>>>>Mercado da China fecha em alta com ações de saúde – September 23, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Ações europeias têm leve recuperação com apoio dos setores de petróleo e tabaco – September 22, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 pontos 0 0 NONE 17 13.193 pontos: 1, 5.899 pontos: 1, 5.051 pontos: 1, 4.087 pontos: 1, 4.285 pontos: 1, 1.396 pontos: 1, 6.951 pontos: 1, 19.793 pontos: 1, 6.654 pontos: 1, 1.429 pontos: 1, 4.802 pontos: 1, 360 pontos: 1, 2.333 pontos: 1, 6.026 pontos: 1, 18.929 pontos: 1, 369 pontos: 1, 12.642 pontos: 1
2 índice 0 80 NONE 9 O índice europeu: 1, o índice pan-europeu: 2, o índice: 6
3 STOXX 0 0 ORGANIZATION 4 o índice STOXX: 1, STOXX: 3
4 alta 0 0 NONE 4 a alta: 1, alta de %0,08: 1, alta de %0,11: 1, alta de %3: 1
5 as ações de viagens 0 0 NONE 4 As ações de viagens: 1, as ações de viagens: 3
6 notícia 0 0 NONE 4 a notícia: 4
7 a Europa 0 0 PLACE 3 a Europa: 3
8 perdas 0 0 NONE 3 as perdas: 1, perdas: 2
9 restrições 0 144 NONE 2 restrições: 1, novas restrições: 1
10 o índice Ftse-Mib 80 50 OTHER 2 o índice Ftse-Mib: 2