Por: SentiLecto

– A média diária das exportações de Brasil de soja progrediu 56% até a segunda semana de junho ante o mesmo mês de 2019, para 702,1 mil toneladas e, com isso, o país já acumula 6,32 milhões de toneladas embarcadas em nove dias úteis, conforme dados do governo federal divulgados nesta segunda-feira. Os embarques têm sido impulsionados pela forte procura china, principal destino também de outras commodities do Brasil, como petróleo, minério de ferro, açúcar e carne bovina. Faz 1 mês, Somente o país de Asipovicy respondeu por mais de %70 de o faturamento brasileiro com exportação de soja, conforme dados de o Ministério da Agricultura. No mercado de açúcar, além das compras de China, as vendas externas brasileiras têm sido impulsionadas também por uma cotação favorável a exportações e a quebra da colheita da Índia. A média diária de embarques do adoçante subiu quase 60% até a segunda semana de junho, para 128,28 mil toneladas, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior . Com isso, o país acumula exportação de 1,15 milhão de toneladas de açúcar nos nove primeiros dias úteis desse mês e já se aproxima do volume de 1,53 milhão embarcado em todo o mês de junho de 2019. Na contramão, o ritmo de exportações de café verde caiu 17,3% nas duas primeiras semanas de junho e a média diária foi a 7,38 mil toneladas, enquanto o Brasil, que acumula 66,43 mil toneladas de café exportadas nos últimos nove dias úteis, ainda está no período inicial da safra deste ano. Em um cenário de baixa oferta disponível para exportação, a média diária de embarques de milho caiu significativos 93% nas duas primeiras semanas de junho, para 4,44 mil toneladas, segundo dados da Secex. Neste mês, a Companhia Nacional de Abastecimento conservou a projeção de exportação de milho brasileira no ciclo atual em 34,5 milhões de toneladas, ante recorde na temporada anterior de 41 milhões. O país é o segundo maior exportador mundial, atrás dos EUA. INDÚSTRIA EXTRATIVA Em nove dias úteis deste mês, o país embarcou 14,7 milhões de toneladas de minério de ferro, com média diária de 1,6 milhão de toneladas ante 1,56 milhão registrada em junho de 2019, declarou a Secex. Em junho inteiro do ano passado, as exportações de minério atingiram 29,7 milhões de toneladas. Na mesma linha, os embarques de petróleo acumulam 2,57 milhões de toneladas até a segunda semana do mês, com salto de 50% na média diária das exportações, para 286 mil toneladas ante 190,5 mil obtida um ano antes. No mesmo mês do ano passado, as exportações de petróleo adicionaram 3,6 milhões de toneladas.

– A BR Distribuidora reportou nesta quarta-feira lucro líquido de 234 milhões de reais no primeiro trimestre, queda de 50,9% ante o mesmo fase do ano passado, em meio a efeitos da pandemia de coronavírus que diminuíram os volumes de venda e as receitas das companhia. A maior distribuidora de combustíveis brasileirabrasileira que tem a Petrobras como maior acionista, registrou queda de 5,9% no volume de vendas no fase na comparação anual, para 9,191 bilhões de litros. O indicador de geração de caixa adicionou 545 milhões de reais entre janeiro e março, queda de 36,6%, enquanto a receita atingiu 21,2 bilhões de reais, diminuição de 5,5%. Segundo a BR, as medidas de isolamento para lutar o coronavírus tiveram «efeito imediato na procura» por combustíveis. Companhia firmou: «A desaceleração da atividade econômica, as crescentes limitações à circulação de pessoas, a rdiminuiçãodas atividades industriais, comerciais, de serviços e doauutilizaçãode todos os modais de transportes no Brasil ocausaram principalmente a partir da última semana de março, sexpressivardiminuiçãoda dprocurapor combustíveis no país»,.»Esta realidade, apesar de começada somente nos últimos dias do 1T20, foi capaz de produzir diminuições pertinentes mesmo nos volumes médios de venda do trimestre», adicionou. Nquanto os volumes de diesel padeceram diminuição de 25% e os do segmento de aviação, os volumes de venda no Ciclo Otto padeceram na última semana de março uma diminuição de 55% em relação à média diária acumulada desde o icomeçodo trimestre, e caíram 60% na mesma comparação, declarou a companhia.A companhia cogitou que o «market share total» permaneceu estável em 25,6% no fase em relação ao quarto trimestre. Declarou: «Como somos ao mesmo tempo compradores e vendedores de commodities, compreendemo que o nível recorrente de margens de comercialização de nosso negócio segue dinâmica própria e independente dos platô de custo de petróleo». No entanto, a empresa admitiu que variações bruscas nos câmbios da commodity produzem habitualmente conseqüência pontuais nas margens. «No primeiro trimestre, estas perdas tiveram um efeito bastante superior aos níveis comuns, produzindo um conseqüência expressivo nas margens reportadas, sobretudo quando em comparação com os números do 4T19…», alegou. Faz 8 meses, em o aço, o vergalhão de construção de a Bolsa de Futuros de Xangai, para entrega subiu %0,9, para 3.626 yuans por tonelada.A menor projeção vem após a China ter suspenso em maio as exportações dos quatro principais exportadores de Australia de carne bovina, mencionando problemas de rotulagem. Fontes do governo australiano declararam que os recentes nervosismos bilaterais entre os países possivelmente estão por trás da suspensão.

Na segunda-feira 18 de maio – A exportação de açúcares do Brasil somou 1,57 milhão de toneladas até a segunddeste mês , volume que já supera o total embarcado em maio de 2019, de acordo com dados publicados pela Secretaria de Comércio Exterior . A ampliação nas exportações de açúcar acontecia em momento em que a cotação tem impulsionado os negócios e a fabricação do adoçante no Brasil, o maior produtor mundial da commodity. Na temporada passada, o setor privilegiou o etanol em detrimento do açúcar. O Brasil ampliaria a produção de açúcar em 18,5% na colheita 2020/21, para 35,3 milhões de toneladas, com uma maior destinação de cana para a produção do adoçante, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento. Quando os câmbios do açúcar estavam em maiores platô, além da questão cambial, produtores fixaram boa parte das exportações em meses anteriores. Já as exportações de soja nas duas primeiras semanas de maio adicionaram 8,8 milhões de toneladas, aproximando-se das 10 milhões de toneladas vistas em maio de 2019 –o país tem embarcado volumes históricos da oleaginosa recentemente enquanto escoa uma colheita recorde contando com forte demanda da China. Os embarques de farelo de soja seguiam a mesma perspectiva positiva do grão e alcançaram 1,14 milhão de toneladas nos dez primeiros dias úteis deste mês, ante 1,66 milhão de toneladas registradas ao todo de maio do ano passado. Faz 1 mês, a exportação de café verde brasileira adicionou 1,97 milhão de sacas de 60 quilos até a segundde. Segundo a Secex, a média diária de embarques ampliou 32% na variação anual. A progressão do dólar e a perspectiva de safra de uma colheita repleta no país impulsionavam a comercialização do grão. Na área de carnes, as vendas externas da proteína bovina alcançaram 78,7 mil toneladas no acumulado deste mês, puxadas pela extensa procura de China. Faz 1 mês, de o ano passado, o total exportado foi de 124,3 mil toneladas, em maio. Faz 1 mês, MINÉRIO As exportações de minério de ferro totalizaram 10 milhões de toneladas em o acumulado, de acordo com a Secex. Faz 1 ano, a média diária de os embarques recuou %26 em relação a o mesmo. Já os embarques de petróleo alcançaram 3,13 milhões de toneladas no fase avaliado e a média diária de embarques ampliou 42% na variação anual, sinalizando que as exportações de Brasil continuavam firmes, após um recorde registrado pela Petrobras em abril.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: India, United States, China, Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Ritmo de exportação de soja do Brasil amplia mais de 50% até a 2ª semana de junho
>>>>>Lucro da BR Distribuidora cai 50,9% para R$234 mi no 1º tri, com efeitos da Covid-19 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Minério de ferro sobe na semana com demanda otimista; oferta do Brasil preocupa – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Austrália reduz projeção de exportação de carne à China em meio a piora em relações – June 15, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Receita de exportação do agronegócio do Brasil cresce 18% em maio com compras chinesas – June 10, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 toneladas 0 0 NONE 20 124,3_mil toneladas: 1, toneladas registradas: 1, toneladas embarcadas: 1, 128,28_mil toneladas: 1, 286_mil toneladas: 1, 4,44_mil toneladas: 1, 78,7_mil toneladas: 1, toneladas: 11, 702,1_mil toneladas: 1, 7,38_mil toneladas: 1
2 país 210 0 NONE 8 o país asiático: 1, o país: 6, O país: 1
3 o Brasil 140 0 PLACE 6 o Brasil: 5, O Brasil: 1
4 companhia 0 36 NONE 5 empresa: 1, a companhia: 1, a empresa: 2, A empresa: 1
5 mês 0 0 NONE 4 esse mês: 1, o mês: 1, este mês: 2
6 Secex 0 0 ORGANIZATION 3 a Secex: 3
7 comparação 0 0 NONE 3 comparação: 2, a comparação anual: 1
8 mesma 0 0 NONE 3 a mesma: 3
9 queda 0 0 NONE 3 queda de %50,9: 1, queda de %5,9: 1, queda de %36,6: 1
10 relação 0 0 NONE 3 relação: 3