Por: SentiLecto

– O Paraná, segundo produtor de milho brasileiro, havia realizado a safra em 11% da área do cereal até segunda-feira, progressão de três pontos percentuais em meio a chuvas que restringiram o desenvolvimento dos trabalhos em algumas áreas, de acordo com dados do Departamento de Economia Rural , divulgados nesta terça-feira. A safra prova grande atraso na comparação com a mesma época do ano passado, quando 58% da área paranaense já estava colhida nesta época –em 2019, os trabalhos estavam mais acelerados com uma safra precoce de soja, que precede o cultivo da segunda colheita. Na comparação com 2018, a safra de milho está cinco pontos percentuais mais adiantada. Enquanto 71% da área restante está em amadurecimento, cerca de 80% da colheita está com condições entre médias e boas. Chuvas decorrentes da passagem de um ciclone na região Sul do país, na última semana, provocaram prejuízos pontuais em lavouras localizadas mais ao centro do Estado, como nos municípios de Francisco Beltrão e Dois Vizinhos, declarou à Reuters o analista do Deral Edmar Gervásio. O expert advertiu: «Houve perdas pontuais com o acamamento de lavouras e isso pode desencadear algum obstáculo complementar na safra». Quando as plantas ficam «deitadas», o acamamento dos milharais também aconteceu devido a um vendaval que acompanhou as chuvas excessivas para o fase. De acordo com os modelos climáticos atuais, a previsão é de permanência nas chuvas ao menos pelas próximas três semanas, «mas não serão chuvas torrenciais», o que restringe o risco para os cultivos, declarou o agrometeorologista da Rural Clima Marco Antônio dos Santos. Com isso, o analista do Deral acredita que as previsões climáticas não são angustiantes neste momento. «Provavelmente a safra deve andar tranquila», completou Gervásio. Quanto ao atraso nos trabalhos em relação à temporada passada, ele ddeclarouque o volume colhido tende a se intensificar entre ao final deste mês e o início do próximo. Portanto, vê-se o atraso também não com preocupação para a performance de a colheita. A segunda colheita de milho do Estado está estimada em 11,36 milhões de toneladas, recuo de 14% na comparação com o ciclo passado, após uma estiagem atingir os cultivos anteriormente. TRIGO No caso do trigo, os produtores de Paracel Islands já semearam %99 da área projetada Os produtores paranaenses são líderes na produção do cereal., e a maior parte dos cultivos está em boas condições. O analista da área no Deral Carlos Hugo Godinho alegou que o excesso de umidade nas lavouras ainda não prejudicou a característica da cultura significativamente, mas pode gerar mais gastos com defensivos aos produtores. Alegou: «O único desdobramento dessas chuvas tem que ser algum incremento com gastos para aplicação de fungicidas». Ainda segundo ele, somente parte das lavouras de trigo no Paraná está em período mais críticas para o controle de enfermidades. «Agora as plantações têm que ter mais problemas foliares», adicionou. Quando as lavouras padeceram com problemas climáticos, segundo o Deral, o Paraná tem que colher 3,67 milhões de toneladas de trigo, uma ampliação de 72% na produção ante a temporada passada.

– A safra de milho segunda colheita 2019/20 no Brasil alcançou 34,9% da área semeada, abaixo dos 49% registrados no mesmo fase do ciclo anterior, mas acima dos 30,9% da média histórica, declarou a consultoria Arc Mercosul nesta sexta-feira. Em relação ao levantamento da semana passada, a progressão foi de dez pontos percentuais, com as chuvas prejudicando os trabalhos no Paraná, um dos principais produtores da cultura. «As chuvas têm sido bem prejudiciais para os produtores do Sul do país … As chuvas pesadas dificultaram muito a safra no sudoeste e centro do Paraná nestes últimos sete dias, pelo menos», declarou à Reuters o diretor da Arc, Matheus Pereira. Com estas adversidades, a safra da «safrinha» no Paraná alcançou 14% da área estimada.

Na terça-feira 07 de julho – O Paraná, segundo produtor de milho do Brasil, havia colhido 8% da segunda safra 2019/20 até segunda-feira, progressão de três pontos percentuais ante anterior, informou o Departamento de Economia Rural , do governo do Estado. Quando quase metade da área já estava colhida nesta época, os trabalhos estavam progredidos na comparação com a temporada passada . Uma safra marcou o ciclo anterior de as mais antecipadas de soja , o que também permitiu antecipação de as lavouras de milho. Contudo, quando 3% das lavouras de milho estavam colhidas em 9 de julho, a safra estava adiantada na comparação com a temporada 2017/18. Segundo o Deral, 62% da colheita estava no período de amadurecimento em 38% em frutificação. O setor declarou também que 44% das lavouras estavam em boas condições, e 38% em situação média. Faz 1 mês, estimou se a segunda colheita de milho de a Paraná que só perdia para o Mato Grosso em a produção de o cereal,, a o final em 11,36 milhões de toneladas, com um recuo de %14 em a comparação com o ciclo anterior após uma seca. trigava O Paraná, maior produtor de trigo do país, já deduziu o plantio de 97% da área projetada, e 90% das lavouras estavam em boas condições, segundo o órgão do governo. Faz 1 mês, quando as lavouras padeceram com problemas climáticos, a o final o Deral estimou a colheita de trigo em 3,67 milhões de toneladas, o que seria uma ampliação de %72 em a produção ante a temporada passada.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Brazil, Argentina

Cities: Parana

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Safra de milho 2ª colheita progride pouco no Paraná; chuvas afetam algumas lavouras
>>>>>Colheita de milho 2ª safra alcança 35%, diz Arc; chuva afeta trabalhos no Paraná – July 10, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Colheita de milho no Paraná vai a 8% da área; plantio de trigo está quase finalizado – July 07, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 colheita 65 0 NONE 10 A colheita: 1, segunda safra: 1, a colheita: 4, a segunda safra: 1, uma colheita: 1, a safra: 2
2 chuvas 0 130 NONE 7 as chuvas excessivas: 1, chuvas: 2, as chuvas: 2, As chuvas pesadas: 1, As chuvas: 1
3 lavouras 0 0 NONE 7 lavouras localizadas: 1, as lavouras: 6
4 o Paraná 0 0 PLACE 6 O Paraná: 2, o Paraná: 4
5 área 0 0 NONE 5 a área restante: 1, a área plantada: 1, a área paranaense: 1, a área projetada: 1, a área estimada: 1
6 condições 240 0 NONE 4 condições: 1, boas condições: 3
7 Deral 0 0 ORGANIZATION 4 o Deral: 3, (tacit) ele/ela (referent: o Deral): 1
8 ciclo 0 0 NONE 4 o ciclo anterior: 2, O ciclo anterior: 1, o ciclo passado: 1
9 comparação 0 0 NONE 4 a comparação: 4
10 toneladas 0 0 NONE 4 toneladas: 4