Por: SentiLecto

– Faz 1 mês, o setor público brasileiro registrou superávit primário de 2,953 bilhões de reais, informou o Banco Central nesta segunda-feira, contrariando a expectativa de um déficit de 8,950 bilhões de reais do mercado, segundo pesquisa Reuters. Em 12 meses até outubro, o resultado primário é deficitário em 661,798 bilhões de reais, equivalente a 9,13% do Produto Interno Bruto . Ainda que o déficit nominal ficou em 30,924 bilhões de reais no mês passado, o BC informou , enquanto a dívida pública líquida encarnou 61,2 por cento do PIB.

– O superávit em transações correntes brasileiras foi de 1,473 bilhão de dólares em outubro, com o déficit em 12 meses caindo a 1,04% do Produto Interno Bruto , divulgou o Banco Central nesta quarta-feira. O resultado veio melhor que o superávit de 1,3 bilhão de dólares esperado por analistas em pesquisa Reuters. Por sua vez, os investimentos diretos no país alcançaram 1,793 bilhão de dólares, também acima de expectativa no mercado de 1,05 bilhão de dólares. Para o mês de novembro, o BC projetou um superávit em transações correntes de 1 bilhão de dólares e IDP também de 1 bilhão de dólares. Faz 10 dias, de este mês, o fluxo cambial ficou positivo em 1,161 bilhão de dólares, declarou ainda o BC, até o dia 20. Em nota, a autoridade monetária também alegou que houve revisão nos resultados do balanço de pagamentos em 2019 e 2020. – O superávit em transações correntes brasileiras foi de 1,473 bilhão de dólares em outubro, melhor que o calculado pelo mercado, com o déficit em 12 meses caindo a 1,04% do Produto Interno Bruto , menor valor acumulado desde fevereiro de 2018 , divulgou o Banco Central nesta quarta-feira. A exemplo de o acontecido em meses anteriores , uma ampliação beneficiou o dado de o saldo positivo em a balança comercial e pela redução nos déficits computados em renda primária e serviços, sendo todos esses movimentos diretamente afetados pela crise com o coronavírus. Faz 1 mês, o superávit de a balança foi de 4,814 bilhões de dólares, sobre 1,803 bilhão de dólares um ano antes, em meio a uma queda mais acentuada em a ponta de as importações que de as exportações, em outubro. Faz 1 mês, em a renda primária, o déficit foi de 1,859 bilhão de dólares contra 6,331 bilhões de dólares de o ano passado, puxado por a significativa retração em a remessa de lucros e dividendos para o exterior : 919 milhões de dólares, ante 4,187 bilhões de dólares um ano antes. Faz 1 mês, já em a conta de serviços, o déficit caiu a 1,637 bilhão de dólares, de 3,653 bilhões de dólares em o mesmo mês de 2019. Faz 1 mês, despesas líquidas com viagens internacionais foram de exclusivamente 103 milhões de dólares, ante 1,044 bilhão de dólares em outubro de o ano passado, em o mês as. Faz 1 ano, o BC realçou que o superávit de as transações correntes em outubro foi o terceiro consecutivo em o azul e o sexto dado mensal positivo desde abril, após promover uma revisão ordinária de os dados de a nota de o setor externo em 2019 e 2020. O resultado veio melhor que o superávit de 1,3 bilhão de dólares esperado por analistas em pesquisa Reuters. Por sua vez, os investimentos diretos no país alcançaram 1,793 bilhão de dólares, também acima de expectativa no mercado de 1,05 bilhão de dólares. Nos dez primeiros meses do ano, o déficit em transações correntes foi de somente 7,588 bilhões de dólares, contra rombo de 42,938 bilhões de dólares de igual fase do ano passado. A expectativa do BC para o consolidado de 2020, traçada em setembro, era de déficit de 10,2 bilhões de dólares.Para o mês de novembro, o BC projetou um novo superávit em transações correntes, desta vez de 1 bilhão de dólares, além de um IDP também de 1 bilhão de dólares. Faz 10 dias, de este mês, o fluxo cambial ficou positivo em 1,161 bilhão de dólares, declarou ainda o BC, até o dia 20. Sobre a revisão nos resultados do balanço de pagamentos, o BC assinalou que ela provocou uma ampliação de 2,6 bilhões de dólares no rombo das transações correntes de janeiro a setembro deste ano, a 9,1 bilhões de dólares, principalmente pela elevação das despesas de lucros de investimento direto de 10,8 bilhões de dólares para 12,9 bilhões de dólares. «A revisão das demais contas da renda primária teve efeito líquido aproximadamente nulo. Por conseguinte, as despesas líquidas da renda primária ampliaram 2,1 bilhões no fase, revistas de 30,1 bilhões para 32,2 bilhões de dólares», declarou o BC. Faz 1 ano, a revisão teve um efeito marginal : o déficit de as transações correntes passou a 50,7 bilhões de dólares, contra 50,9 bilhões de dólares antes, para 2019.Por Alberto Alerigi Jr.

Na quinta-feira 19 de novembro – Analistas consultados pelo Ministério da Economia melhoraram sua projeção para o déficit primário do governo central neste ano, mas passaram a ver um rombo maior no ano que vem, conforme boletim Prisma Fiscal divulgado nesta quinta-feira. Agora, a perspectiva era de um déficit de 844,8 bilhões de reais em 2020, abaixo dos 858,2 bilhões de reais assinalados no relatório do mês passado. A cifra histórica refletia os vultosos gastos da União com o enfrentamento à pandemia de coronavírus. Em 1 ano, se piorou a conta, a um déficit de 224,8 bilhões de reais, ante 218 bilhões de reais anteriormente. A meta para o governo central em 2020 era de déficit de 124,1 bilhões de reais, mas o governo não precisaria satisfazer-la em função do estado detragédiae pública pelo surto de Covid-19. Em sua estimativa oficial mais recente, o Ministério da Economia calculou um rombo maior para este ano, de 880,5 bilhões de reais, equivalente a 12,3% do Produto Interno Bruto . Quanto ao ano que vem, o governo definiu uma meta de déficit primário de 149,61 bilhões de reais em seu projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias , mas pediu no texto para que ela seja mudada sempre que as receitas para o próximo ano forem recalculadas, já admitindo que o oitavo déficit anual consecutivo do país tinha que ser bastante pior. O Congresso ainda não votou A LDO e sua tramitação estava envolta em incertezas em meio a divergências políticas quanto a os trabalhos de a Comissão Mista de Orçamento e a briga entre o presidente de a Casa , Rodrigo Maia , e o deputado Arthur Lira , líder do chamado Centrão, para indicação à presidência do colegiado. Conservou-se a expectativa segundo o Prisma, para a dívida bruta em 2020 estável em %94,50 de o Produto Interno Bruto. Em 1 ano, analistas calcularam que a dívida bruta chegaria a %95,45 de o PIB, ligeira melhora ante o percentual de %95,70 calculado antes, para 2021.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Setor público tem superávit primário de R$2,953 bi em outubro
>>>>>Superávit em transações correntes do Brasil alcança US$1,473 bi em outubro – November 25, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Superávit em transações correntes do Brasil alcança US$1,473 bi em outubro, acima do esperado – November 25, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Caixa tem lucro de R$2,6 bi no 3º tri – November 25, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Mercado de crédito privado deve absorver R$20 bi em vencimentos nos próximos 3 meses, diz XP – November 23, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Mercado melhora projeção para déficit neste ano, mas piora visão para 2021 – November 19, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Ministério da Economia melhora projeção de PIB em 2020 a -4,5% – November 17, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Itaú eleva a 4% projeção para aumento do PIB em 2021; vê dólar a R$5 no ano que vem – November 13, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Economia pode crescer até 4% em 2021, diz Guedes – November 12, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Prévia do PIB mostra recuperação de 9,5% no terceiro trimestre – November 13, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Arrecadação federal sobe 9,56% em outubro, a R$153,9 bi, diz Receita – November 24, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Setor de açúcar do Brasil terá desalavancagem com maior geração de caixa, diz Itaú BBA – November 24, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 dólares 0 0 NONE 25 dólares: 25
2 BC 0 95 ORGANIZATION 8 O BC: 1, o BC: 7
3 déficit 80 0 ORGANIZATION 6 o déficit nominal: 1, o déficit: 5
4 revisão 0 150 NONE 5 uma revisão ordinária: 1, revisão: 1, a revisão: 2, A revisão: 1
5 Produto Interno Bruto 0 0 ORGANIZATION 5 o Produto_Interno_Bruto: 5
6 analistas 100 0 NONE 4 Analistas consultados: 1, analistas: 3
7 superávit 100 0 NONE 4 um superávit: 1, O superávit: 2, um novo superávit: 1
8 esta 0 0 NONE 4 esta: 4
9 dívida 0 100 NONE 3 a dívida pública líquida: 1, a dívida bruta: 2
10 resultado 280 0 NONE 3 o resultado primário: 1, O resultado: 2