Por: SentiLecto

– O tempo seco tem que trazer perdas para as lavouras de trigo do Paraná, principal Estado produtor que está perto de começar a safra, diminuindo o potencial de uma grande colheita, alegou um expert do Departamento de Economia Rural , órgão do governo estadual. O total de perdas, contudo , ainda é difícil de ser quantificado neste momento e vai depender da intensidade da estiagem, declarou à Reuters o coordenador da Divisão de Estatísticas do Deral, Carlos Hugo Godinho., que alegou que para os próximos dias não há previsão de geadas, «fato muito positivo, tendo em conta as perdas trazidas por este fenômeno meteorológico nos anos de 2017, 2018 e 2019», Em sua mais recente estimativa, divulgada em 30 de julho, o Deral assinalou uma previsão de colheita praticamente estável ante junho, em 3,68 milhões de toneladas, alta de 72% em relação à scolheitaanterior e uma das maiores já registradas no Estado. «Por outro lado, a previsão menciona também tempo seco, que adicionado a baixa pluviometria de julho tem que trazer perdas às lavouras. Isto vai estar quantificado no relatório de colheita de agosto, vai estar em amadurecimento,, quando uma pequena parcela do trigo do Estado terá que estar colhida e uma grande parcela com seu potencial definido.» «Ao longo de agosto, os relatórios semanais de Plantio e Colheita serão um termômetro das possíveis perdas. O relatório mais recente mostra um cenário bom, ainda que não como a excelente condição de 2016…», declarou. O cereal teve a avaliação de característica levamente rebaixada no relatório divulgado nesta terça-feira –88% das lavouras estavam em bom estado, queda de 1 ponto percentual na comparação com a semana anterior. «Eu acho que vamo ter algumas perdas computadas já em agosto, mas pequenas. O problema vai ser se depois da primeira quinzena as chuvas continuarem insignificantes», declarou ele. O Paraná responde por cerca de metade da produção de trigo brasileiracolheita pode atingir um recorde e superar 7 milhões de toneladas em 2020, se o tempo cooperar, diminuindo as necessidades de importação, declararam experts à Reuters na semana passada.

– A safra da segunda colheita de milho 2019/20 do Paraná atingia na segunda-feira 37% da área semeada, progressão de 11 pontos percentuais em relação à semana anterior, informou o Departamento de Economia Rural do Estado nesta terça-feira. Quando 81% da área plantada com o cereal já havia, os trabalhos seguem atrasados na comparação com igual fase da colheita passada sido colhida. Faz 2 anos, quando o ritmo foi mais próximo do verificado em a colheita atual, a safra atingia %49 em este fase, em 2018. O Deral vê 45% das lavouras de milho em condição boa, além de 38% em condições consideradas médias. Já a colheita de trigo do Paraná, cujo plantio foi deduzido há duas semanas, teve condição levemente rebaixada nos últimos sete dias — 88% das lavouras têm bom estado, queda de 1 ponto percentual na comparação com a semana passada. As perspectivas de seca para as próximas semanas, porém, têm que rebaixar ainda mais as condições do cereal no Estado, segundo o setor. «A gente tem um fase seco esperado em meados de agosto, agora, e isso tem que rebaixar ainda mais nos próximos relatórios… O quanto é bastante difícil de declarar ainda, mas inquieta muito esse clima seco e quente que fará nos próximos dias», declarou Carlos Hugo Godinho, analista do Deral. A maior parte das áreas paranaenses de trigo está em desenvolvimento vegetativo .

Na terça-feira 28 de julho – A safra de milho segunda colheita do Paraná alcançou 26% da área estimada, progressão de nove pontos percentuais em relação à semana passada, mas seguia atrasada quando comparada aa performance de temporadas anteriores neste fase, conforme dados do Departamento de Economia Rural divulgados nesta terça-feira. Faz 1 ano, os trabalhos estavam mais adiantados que a média e, em esta época, a safra de a safrinha atingia %65 de as lavouras, em 2019. Mas Faz 2 anos, quando o calendário de plantio se assemelhou a o de a colheita atual, mesmo as colheitadeiras já haviam passado por %31 de as áreas cultivadas com o cereal em o Estado. Consideravam-se e %38 segundo o Deral, %45 de as lavouras de milho boas estavam em condição média. Npassada, o Deral informou que o Paraná havia deduzido o plantio de trigo. As condições das lavouras de trigo permaneceram praticamente estáveis, com 89% classificadas como boas. A maior parte das áreas estava em desenvolvimento vegetativo , seguidas pelas em período de floração .

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Brazil, Argentina

Cities: Parana

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Tempo seco tem que trazer perdas ao trigo do Paraná, declara Deral
>>>>>Colheita de milho do PR vai a 37% e segue atrasada; clima seco preocupa para trigo – August 04, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Colheita da safrinha de milho 20/21 vai a 64,6%, diz Arc; chuva no Sul limita avanço – July 31, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Plantio de soja do Brasil em 20/21 deve ter maior aumento desde 14/15, diz Arc Mercosul – July 27, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Colheita da safrinha de milho 2020 do Brasil vai a 55,6%, abaixo de média histórica – July 24, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Brasil zera imposto de importação para módulos de geração de energia solar – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Demanda por transporte rodoviário de cargas no Brasil supera níveis de março – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Santander Brasil cria linha de R$5 bi para setor de saneamento – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Aumento do plantio de soja do Brasil em 20/21 será o maior em 6 anos, diz Arc Mercosul – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Demanda por transporte rodoviário de cargas no Brasil avança pela 5ª semana seguida – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Deral 0 0 ORGANIZATION 7 o Deral: 3, O Deral: 1, (tacit) ele (referent: O Deral): 1, (tacit) ele/ela (referent: o Deral): 2
2 lavouras 0 0 NONE 6 as lavouras: 6
3 safra 0 0 NONE 6 a safra anterior: 1, a colheita: 1, a safra passada: 1, safra: 2, a safra atual: 1
4 condição 180 35 NONE 4 condição boa: 1, condição média: 1, condição: 1, a excelente condição de 2016: 1
5 o Estado 130 0 PLACE 4 o Estado: 3, principal Estado: 1
6 Carlos Hugo Godinho 0 0 PERSON 4 Carlos_Hugo_Godinho: 2, (tacit) ele/ela (referent: Carlos_Hugo_Godinho): 2
7 O Paraná 0 0 PLACE 4 O Paraná: 1, o Paraná: 3
8 cereal 60 35 NONE 3 O cereal: 1, o cereal: 2
9 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
10 perdas 0 0 NONE 3 algumas perdas computadas: 1, perdas: 2