Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Lewis Hine Power house mechanic working on steam pump

O Ministério do Trabalho e Previdência atualizou a tabela anual de cálculo do seguro-desemprego para os trabalhadores que tiverem direito aa vantagem a partir de 11 de janeiro de 2022.

Faz 1 ano, se levou o Índice Nacional de Preços para a atualização de as faixas salariais, em consideração a o Consumidor acumulado calculado e divulgado por o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O percentual foi de 10,16%.

O valor mínimo do seguro-desemprego em 2022 vai ser de R$ 1.212 — novo piso nacional vigente no país. Esse valor, até o ano passado, era de R$ 1.100.

A expectativa de analistas, segundo o Boletim Focus, e de que o IPCA, que mede a inflação oficial do governo, fique em 9,99%. Faz 1 mês, assinalava um IPCA de %10,2 para 2021, %4,7 em 2022 e %3,2 em o seguinte, em o Relatório Trimestral de Inflação divulgado em 16 de dezembro passado.– Ao fixar o salário mínimo de 2022 em R$ 1.212 o governo acertou quase na mosca o índice de inflação do ano passado e não precisa fazer reajustes no valor, que serve de indexador para outros gastos públicos. O novo piso nacional corresponde a uma ampliação de 10,18% ante os R$ 1.110 que estavam vigentes no ano passado. Esse é quase o mesmo percentual da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor em 2021, e divulgada pelo IBGE nesta terça-feira, que fechou 2021 em 10,16%. Nas projeções do Orçamento, o governo havia considerado o INPC em 10,02%, mas fez um arredondamento de quase R$ 2 para fixar o valor do salário mínimo. O INPC mede a inflação de famílias com rendimento mensal de um a cinco salários, cuja pessoa de referência é assalariada. Esse índice também reajusta as vantagens do INSS acima do mínimo. O reajuste do salário mínimo tem um efeito direto nas contas públicas. Cada um real a mais no piso nacional representa um aumento de R$ 364,8 milhões nas despesas federais. A diferença acontece porque a maior parte das aposentadorias do INSS são atreladas ao mínimo. Ao longo do governo de Jair Bolsonaro, os reajustes têm se restringido a reposições inflacionárias, sem ampliação real. Faz 2 anos, mas em 2021, o salário mínimo de R $ 1.100 ficou abaixo da inflação registrada. O reajuste concedido foi de 5,26%, e fez com que a vantagem subisse de R$ 1.045 para R$ 1.100. A soma não acompanhou a inflação de 2020, que foi de 5,45%, o que corresponderia a mais R$ 2 na vantagem. Faz 3 anos, o salário mínimo havia sido fixado em R $ 998, quando Bolsonaro assumiu, em 2019. O primeiro reajuste concedido pelo presidente foi de 4,71%, fazendo com que a vantagem em 2020 subisse para R$ 1.045. Mas essa ampliação não aconteceu de uma só vez: inicialmente, o reajuste sugerido pelo governo tinha ficado abaixo do resultado do INPC de 2019. Após a divulgação do indicador, o governo promoveu um reajuste, fazendo com que o salário mínimo passasse dos R$ 1.039 sugeridos para R$ 1.045. Não existe uma política de reajuste para o salário mínimo, que vem sendo corrigido somente pela inflação. A Constituição determina que o piso tenha “reajustes periódicos que lhe conservem o poder aquisitivo”.Os mais de 12 milhões de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social que ganham mais que um salário mínimo vão saber, nesta terça-feira , quanto terão de reajuste nos vantagens. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgou, nesta manhã, que inflação acumulada de 12 meses do Índice Nacional de Preços ao Consumidor — que leva em conta a renda de famílias que recebem até cinco salários mínimos e reajusta aposentadorias e pensões do INSS — Faz 1 ano, foi de %10,16 acima dos %5,45 de 2020. Resta agora ao INSS formalizar o percentual de correção das vantagens.

Na sexta-feira 31 de dezembro com a ampliação do salário mínimo para R$ 1.212 em 2022, segundo informação de um técnico do Ministério da Economia, outros pagamentos vinculados ao piso nacional também serão reajustados. Com isso, seguro-desemprego, abono do PIS/Pasep e Benefício de Prestação Continuada tinham que subir no próximo ano. O mesmo vale para telhados de indenizações judiciais . Todos esses pagamentos teriam o mesmo índice de correção do mínimo, de 10,18%.

Se corrigiu o telhado de a vantagem também . Os trabalhadores que tenham recebido salários médios acima de R$ 3.097,26 vão ter direito ao valor máximo de R$ 2.106,08. Esse telhado era de R$ 1.911,84, em 2021.

O seguro-desemprego é pago provisoriamente com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador , por meio da Caixa Econômica Federal.

Trabalhador é um termo extenso que inclui todo aquele que vive do seu trabalho – isto inclui o escravo, o servo, o artesão, o proletário.

O pagamento é feito de três a cinco parcelas, de acordo com os meses trabalhados e se a solicitação já foi feita outras vezes. A se o permite, quem recebe a vantagem não ter outro vínculo empregatício, seja formal ou informal.

Para ter acesso ao crédito, o trabalhador formal deve dar entrada no pedido do 7º ao 120º dia após a data da demissão. Já para o empregado doméstico, esse prazo vai do 7º ao 90º dia, contados da data da dispensa.

— O número ficará em torno de 10%. Ainda que seja 9,99% não vai deixar de ser menos grave — avalia o economista responsável pelos índices de custos do Ibre/FGV, André Braz.

– Quem recebe até R$ 1.858,17 tem que multiplicar o salário médio dos últimos três meses por 0,8. O valor não tem que ser inferior a R$ 1.212

– Os empregados que tinham salários de R$ 1.858,18 até R$ 3.097,26 têm que multiplicar a quantia que exceder R$ 1.858,17 por 0,5 e adicionar com R$ 1.486,53

– Quem recebia em média mais do que R$ 3.097,26 vai ter direito, invariavelmente, a R$ 2.106,08

– O trabalhador tem que acessar o site empregabrasil.mte.gov.br/ e fazer seu cadastro, informando CPF, nome, data de nascimento, nome da mãe, estado de nascimento.

– Caso os dados estejam corretos, o requisitante será direcionado para responder um questionário com cinco questões sobre sua carreira. É preciso acertar pelo menos quatro das cinco questões. Em seguida, ele vai receber uma senha provisória que deverá ser trocada no primeiro acesso. Terá que aguardar 24 horas para uma nova tentativa ou entrar em contato com a Central 135 do INSS, caso o usuário não consiga acertar as respostas.

– Ao concluir o cadastro, vai ter acesso aos serviços brasileiros, sendo uma delas “Requerer Seguro-Desemprego”.

O seguro-desemprego é um direito do trabalhador de Brasil, calculado na Constituição Federal .

– Também é possível fazer a solicitação no aplicativo Carteira de Trabalho Digital, nas versões Android ou iOS, ou de maneira presencial, em uma das unidades das Superintendências Regionais do Trabalho, mediante agendamento pela Central 158.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Veja as novas faixas do seguro-desemprego; valor máximo a receber vai para R$ 2.106,08
>>>>>Aposentados e pensionistas vão saber nesta terça-feira quanto terão de reajuste; governo vai divulgar o IPCA e o INPC – January 11, 2022 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Salário mínimo: governo acerta previsão de inflação e, com arredondamento, não precisará reajustar valor – January 11, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Com aumento do mínimo, alíquotas do INSS também são reajustadas; confira os valores – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Aposentados e pensionistas do INSS que ganham acima do salário mínimo vão saber hoje quanto terão de reajuste – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 R 0 5 ORGANIZATION 19 os R: 2, (tacit) eles/elas (referent: os R): 1, a R: 1, R: 13, (tacit) ele/ela (referent: R): 2
2 benefício 300 0 NONE 6 o benefício: 6
3 salário_mínimo 0 42 NONE 4 o salário_mínimo: 4
4 trabalhadores 376 0 NONE 4 Os trabalhadores: 2, os trabalhadores: 2
5 governo 130 0 NONE 4 o governo: 4
6 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
7 inflação 0 0 NONE 4 a inflação: 1, a inflação de 2020: 1, inflação registrada: 1, a inflação medida: 1
8 piso 0 0 NONE 4 o piso nacional: 1, O novo piso nacional: 1, o piso: 1, novo piso nacional vigente: 1
9 reajuste 0 0 NONE 4 O reajuste concedido: 1, O primeiro reajuste concedido: 1, um reajuste: 1, o reajuste proposto: 1
10 salários 0 50 NONE 3 cinco salários: 1, salários médios: 1, cinco salários mínimos: 1