Por: SentiLecto

Beyoncé, que recebido com críticas entusiasmadas, o projeto batizado de «Black is king» traz uma série de videoclipes e várias participações especiais, arremessou na sexta-feira seu novo álbum festejando a cultura negra. A cantora aparece ao lado da filha mais velha, Blue, hoje com 8 anos, que mostra seguir os passos da estrela pop cantando «Brown skin girl». A diva também está acompanhada da mãe, Tina Knowles, de 66 anos, e da filha caçula, Rumi Carter, de 3.

O trabalho do álbum, que exibe videoclipes exuberantes festejando a busca por identidade e a beleza negra nos tempos modernos e históricos, iniciou há um ano.Na madrugada desta sexta-feira, Beyoncé mais uma vez levou o público àoldelíriocom o seu novo trabalho. A cantora fez o lançamento do álbum visual «Black is King», inspirado na trilha sonora de «The Lion King: The Gift» , na plataforma Disney+, nos Estados Unidos. Além do álbum, a cantora arremessou o clipe de «Already», que tem a participação do cantor e compositor ganês Shatta Wale e de Major Lazer, que já trabalhou com Iza, Anitta e Pabllo Vittar. Com o novo trabalho, Beyoncé faz uma festa à história e cultura negra.Na madrugada desta sexta-feira, Beyoncé mais uma vez levou o público àoldelíriocom o seu novo trabalho. A cantora fez o lançamento do álbum visual «Black is King», inspirado na trilha sonora de «The Lion King: The Gift» , na plataforma Disney+, nos Estados Unidos. Além do álbum, a cantora arremessou o clipe de «Already», que tem a participação do cantor e compositor ganês Shatta Wale e de Major Lazer, que já trabalhou com Iza, Anitta e Pabllo Vittar. Com o novo trabalho, Beyoncé faz uma festa à história e cultura negra.

Mas as participações não ficam restritas à família de Beyoncé. A top model Naomi Campbell e a atriz Lupita Nyong’o, ganhadora do Oscar de Atriz Coadjuvante por «12 anos de escravidão», também dão o ar da graça.

Já no fim do álbum visual surge o caçula da cantora, irmão gêmeo de Rumi. Sir Carter aparece como um pequeno rei negro já nos créditos finais, e é a ele que a mãe dedica seu novo projeto.

A Variety classificou o álbum de «um lembrete colorido do poder e da glória dos negros, aqui na América, mas ainda mais na África».

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Beyoncé reúne mãe, filhas e outras estrelas negras em álbum visual dedicado ao filho caçula
>>>>>Beyoncé lança álbum visual “Black Is King” que celebra cultura negra – July 31, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Beyoncé lança álbum ‘Black is king’ e trabalho repercute na web – July 31, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Beyoncé lança álbum ‘Black is king’; trabalho repercute na web e entre os famosos – July 31, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Beyoncé lança álbum ‘Black is king’, inspirado em ‘O rei leão’, e sua filha chama a atenção em clipe – July 31, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Beyoncé 80 100 PERSON 6 Beyoncé que recebido com críticas entusiasmadas o projeto batizado de Black is king: 1, (tacit) ele/ela (referent: Beyoncé que recebido com críticas entusiasmadas o projeto batizado de Black is king): 1, Beyoncé: 4
2 cantora 140 25 NONE 5 a cantora: 2, A cantora: 3
3 Major Lazer 0 0 PERSON 4 Major_Lazer: 4
4 trabalho 0 0 NONE 4 o novo trabalho: 2, seu novo trabalho: 2
5 álbum 0 0 NONE 4 álbum: 4
6 cultura 70 150 NONE 3 a cultura negra: 1, cultura negra: 2
7 Carter Sir 0 0 PERSON 3 Sir_Carter: 1, ele (referent: Sir_Carter): 2
8 loucura 0 120 NONE 2 a loucura: 2
9 o trabalho de o álbum 0 100 NONE 2 O trabalho de o álbum: 2
10 trilha 30 0 NONE 2 a trilha sonora: 2