Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Mourinho Madrid

Declarações de Nuno Morais, o reforço português menos mediático do clube de Inglaterra, em 2004/05.A contratação do treinador José Mourinho ao então campeão europeu FC Porto renovou a almazinha do Chelsea, testemunhou o ex-futebolista Nuno Morais, o reforço de Portugal menos mediático do clube inglês em 2004/05.»O foco maior era ganhar o próximo jogo. Sempre que colocarmos esse objetivo, vemos que mais tarde vamo estar perto de ganhar qualquer coisa. Essa foi uma das grandes mais-valias do «mister». Não importa o jogo ou a competição. Ele deseja ganhar. Creio que essa mentalidade que trouxe prevaleceu e rendeu troféus», vincou à agência Lusa o ex-médio, contratado pouco depois de ter aauxiliadoa subir o Penafiel à I Liga pode Portugaluno Morais, então com 20 anos, tinha feito 35 jogos e dois golos numa «época muito boa» pelos durienses e foi convidado a treinar à experiência no Chelsea, junindose a Mou, aos adjuntos Rui Faria e Silvino Louro e aos jogadores Paulo Ferreira e Ricardo Carvalho e Tiago , todos recrutados no verão de 2004.»Como tinha o mesmo o Jorge Mendes acabámos por conseguir essa transferência. O Jorge Mendes é empresário do José Mourinho. Iniciei na segunda equipa do Chelsea, mas depois já trabalhava diariamente com o plantel principal. Foi uma chance bastante boa e uma experiência fantástica. Claro que estava nervoso com este salto para um nível diferente, mas ter colegas e treinadores portugueses auxiliou-me muito na adaptação», admitiu.Além do «raide» pelo mercado de Portugal, o investimento de 166,4 milhões de euros do magnata russo Roman Abramovich englobou as aquisições de Didier Drogba , Petr Cech , Arjen Robben e Mateja Kezman ou Jiri Jarosik . Roman Abramovich é dono do Chelsea desde junho de 2003.»Pude trabalhar e conviver com os melhores, que acabam por ser desportistas bastante simples e humildes. Foi um tempo em que pude aprender bastante, apesar de não ter jogado tanto. A partir do momento que vou para uma equipa dessas, já sabia que não ia ser fácil», assumiu Nuno Morais, restringido a quatro jogos em 2004/05.No núcleo duro já estavam John Terry, William Gallas, Wayne Bridge, Claude Makélélé, Frank Lampard, Joe Cole ou Damien Duff, que auxiliaram José Mourinho a estender a «aura» trazida do FC Porto, com a conquista de dois campeonatos, uma Taça de Portugal, uma Supertaça, uma Liga dos Campeões e uma Taça UEFA em duas épocas e meia.»Claro que vinha estimulado, mas ao trabalhar com ele conseguimos perceber realmente o porquê de todo esse carisma. Adotou bastante bem o epíteto de special one assim que chegou, porque tinha uma relação com os jogadores e uma parte motivacional fantástica. Unindo todo o conhecimento, conseguiu formar ali uma equipa fantástica», enalteceu.A primeira experiência no estrangeiro como treinador principal originou dois títulos de campeão de Inglaterra , quebrando uma «seca» de 50 anos, uma Taça de Inglaterra , uma Supertaça e duas Taças da Liga .»Foi muito satisfatório para todos, do presidente, que arriscou e investiu muito, até aos jogadores, que eram muito jovens e vieram com aquela vontade de ganhar. Era gratificante ver os adeptos de uma estrutura bastante grande a festejar», observou Nuno Morais, que foi cedido ao Marítimo na época do segundo título, a par de Filipe Oliveira.Envolvido num milionário projeto de reorganização esportiva, financeira e estrutural, o Chelsea desafiava os colossos nacionais e europeus, pelas meias-finais da Liga dos Campeões , embora tenha ficado duas vezes durante a era Mourinho.»Todos desejavam mostrar o seu valor, mas puxavam para o mesmo lado. Essa foi a grande conquista do mister. Focar em ganhar foi uma das grandes lições que aprendi, trouxe comigo e ainda hoje tento satisfazer na perfeição. No final do dia, é isso que conta», frisou.Nuno Morais, de 37 anos, saiu dos «blues» no verão de 2007 para se fixar nos cipriotas do APOEL – cuja equipa de juniores orienta atualmente -, meses antes de o setubalense ter deduzido a primeira estadia em Stamford Bridge, onde voltaria entre 2013/14 e 2015/16.»Os anos vão passando, as experiências são outras e o próprio desportista era diferente há 20 anos. Não havia tanto esta facilidade das redes sociais. Estamos a falar de um contexto total que se modificou. Se o treinador não muda, não tem espaço. Claro que José Mourinho está diferente, mas creio que os seus princípios e grandes virtudes continuam a ser os mesmos. Por isso, conserva-se ao mais alto nível e vai continuar a ter êxito», afiançou.Michael Essien e Florent Malouda , Andriy Shevchenko , Ashley Cole , Michael Ballack ou Nicolas Anelka refletiram o poder financeiro do Chelsea para atrair habilidade com «Mou», cenário frisado desde então e que já valeu 20 títulos e duas «Champions» .José Mourinho, de 58 anos, vai satisfazer o milésimo jogo nos bancos no domingo, na receção da Roma ao Sassuolo, em jogo da terceira jornada da Liga de Italia, 21 anos depois da estreia como treinador principal pelo Benfica, em 23 de setembro de 2000.

Treinador de Portugal declara que os jogos mais marcantes «foram aqueles que deram títulos».O treinador de Portugal José Mourinho elege os quatro jogos que lhe valeram troféus europeus como os mais emblemáticos dos 1.000 dasua carreira, que festeja no domingo, rostito ao Sassuolo ao comando da Roma. Sua carreira, que festeja no domingo, rostito ao Sassuolo é rostito ao Sassuolo. Sua carreira, que festeja no domingo, rostito ao Sassuolo é rostito ao Sassuolo.»De um modo bastante simples e pragmático, os mais marcantes foram aqueles que deram títulos, as finais, as duas finais da Champions e as duas finais da UEFA. Seriam estes», alegou à Lusa José Mourinho.T, se tivesse de escolherécnico principal há mais de duas décadas, mais precisamente desde 2000/01, época em que aceitou o convite do então presidente João Vale e Azevedo para comandar o Benfica, o treinador de Portugal não esquece os jogos que lhe valeram os principais troféus.Mourinho referia-se àosduas vtriunfosna Liga dos Campeões, a primeira pelo FC Porto e a segunda pelo Inter , e aas vitórias na Taça UEFA, também pelos portistas , e na Liga Europa, no Manchester United .O primeiro troféu europeu conquistou-o na sua primeira época completa por um clube, o FC Porto, em 2002/03, depois de 11 jogos pelo Benfica em 2000/01 e de, em 2001/02, ter satisfeito a primeira metade da temporada na União de Leiria e a segunda nos dragões.A 21 de maio de 2003, curiosamente no seu 100.º jogo como treinador principal, conquistou em Sevilha a Taça UEFA, a primeira da história «azul e branca», com uma vitória por 3-2, após prolongamento, rostito aos escoceses do Cetic.Dezassete dias após assegurar o triunfo na I Liga, com um 5-0 ao Santa Clara que lhe deu o primeiro troféu, ao 97.º jogo, «Mou» governou os «dragões» àovtriunfona segunda competição da UEFA graças a um bis de Derlei, que decidiu o jogo com um golo aos 115 minutos, e um tento de Alenitchev.Em 2002/03, Mourinho ainda coroaria a sua primeira época completa no FC Porto com o triunfo na Taça de Portugal, ao vencer a União de Leiria por 1-0, em 15 de junho, ao jogo 103.Faz 4 meses, chegou, de maneira imprevista, o segundo troféu, a Liga dos Campeões, conquistada após uma final em que o FC Porto foi categórico, face a o Mónaco que bateu em Gelsenkirchen,, em 26 de maio, por claros 3-0, em a época seguinte.Carlos Alberto, aos 39 minutos, Deco, aos 71, e Alenitchev, aos 75, selaram a vitória dos portistas, no 158.º jogo da carreira de José Mourinho, que nessa época ainda venceu a Supertaça e a I Liga lusa, no hotel.Faz 11 anos, o terceiro troféu europeu tardou a chegar, já que Mourinho só o conquistou em 2009-10 a o serviço de o Inter, com uma vitória por 2-0 sobre o Bayern Munique em a final de a » Champions «, em 22 de maio de 2010. Era o seu jogo 451.O argentino Diego Milito, com golos aos 35 e 70 minutos, foi a «estrela» do encontro, disputado no Estádio Santiago Bernabéu, que seria a casa de José Mourinho nas três épocas seguintes.Quando o técnico de Lusaka arrebatou a Liga Europa, o último grande triunfo do técnico de Portugal ocorreu sete anos volvidos , pelo Manchester United, que bateu o Ajax por 2-0, em Solna, nos arredores de Estocolmo, capital da Suécia.Faz 4 anos, o francês Paul Pogba e o arménio Mkhitaryan selaram a vitória de os red devils em que Mourinho satisfez o 829. em que Mourinho satisfez o 829.º encontro da carreira.No Chelsea, clube no qual satisfez duas passagens e um recorde de 321 jogos, e no Real Madrid, em três épocas em que teve do outro lado o super Barcelona de Guardiola, Mourinho também ganhou troféus, mas as derrotas foram mais marcantes.À Lusa o treinador português, atualmente com 58 anos.E lembrou: «Além dos títulos, também foram marcantes as duas derrotas nas meias-finais da «Champions» por penáltis e uma terceira com um golo em que a bola não entrou».m 2004/05, na primeira época no Chelsea, numa meia-final que teve pelo meio um 2-0 em Bolton que selou o triunfo na Premier Legue, os «blues» falharam a final por culpa de um golo «aparição» do espanhol Luis Garcia, aos quatro minutos.Depois de um nulo em Stamford Bridge, os reds impuseram-se em casa por 1-0, no 214.º jogo da carreira de Mourinho, que não acredita que a bola tenha, de facto, entrado.Ainda ao serviço dos londrinos, o treinador de Portugal voltou, dois anos depois, às meias-finais da Liga dos Campeões e caiu uma vez mais perante o Liverpool, que se impôs nos penáltis , em Stamford Bridge, no jogo 331 de Mourinho.Os «blues» impuseram-se em casa por 1-0, mas perderam por 1-0 em Anfield Road, num jogo em que o prolongamento não trouxe novidades, protelando tudo para a «lotaria», na qual o espanhol Pepe Reina foi o «herói» dos locais.Ao 564.º jogo da carreira, Mourinho seria de novo vítima dos penáltis, em 2011/12, na segunda época ao serviço do Real Madrid, numa meia-final com os alemães do Bayern Munique, que teve o desfecho no Santiago Bernabéu.Os merengues responderam com um 2-1 em casa, com um bis de Cristiano Ronaldo, ao desaire por 2-1 padecido na Alemanha, mas, após um prolongamento inconclusivo, tombaram nos penáltis , num desempate em que o futebolista de Lusaka também falhou.Faz 11 anos, Mourinho ainda perdeu mais três meias-finais de a Champions, duas por o Real Madrid com o Barcelona de Messi que bisou em o Bernabéu em o jogo 504 de o técnico de Lusakade Lusaka, que bisou no Bernabéu no jogo 504 do técnico luso, e em 2012/13 com o Borussia Dortmund, e uma pelo Chelsea, em 2013/14, rostito ao Atlético de Madrid, ganhador em Stamford Bridge por 3-1.

Na segunda-feira 16 de agosto José Mourinho estimulou diversas questões a Ricardo Carvalho»Tive sempre a impressão de que ele achava que eu podia fazer melhor», alegou Ricardo Carvalho, numa entrevista publicada na FourFourTwo e na qual respondia a questões feitas pelos leitores. Os anos em que José Mourinho treinou o antigo internacional de Portugal , designadamente em o FC Porto e Chelsea , dominaram várias de as questões.» recordava-me que depois do jogo Panathinaikos [em 2003, pelava FC Porto, na Taça UEFA], ele veio ter comigo no autocarro e declarou-me que tinha sido a minha melhor partida. A mesma coisa ocorreu após a final contra o Celtic, na final. Fê-lo depois de termos vencido o Manchester United por 2-1 [em 2004, na Liga dos Campeões] também, puxando-me para o lado num treinos para medeclararr que eu tinhaa sido o homem do jogo»,alegouu o antigo defesa.»Trabalhei com José Mourinho durante muito tempo e em várias ocasiões. Foi um prazer trabalhar com ele durante tanto tempo, porque ele melhorou o meu jogo ao longo dos anos. Ele desejava sempre que as suas equipas joguem melhor do que no jogo anterior. Ele não aceita bastante bem as derrotas, e sabíamos como era difícil para ele conviver com uma derrota. sentia-se isso durante a semana. Uma vez que seria mais fácil lidar com ele, por isso fizemos tudo o que pudemos para alcançar bons resultados! Mas isso era normal. Os jogadores também desejávamo ganhar todos os jogos. Adicionou, se perdermos, a nossa própria rotina era afectada por isso».

José Mário dos Santos Mourinho Félix Goih é um treinador e ex-futebolista de Portugal que atuava como meio-campista.

Chelsea é um distrito no borough de Kensington e Chelsea, no Oeste de Londres, na Região de Londres, na Inglaterra.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal, Italy

Cities: Rome, Porto

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>»A partir do momento que vou para uma equipa dessas, já sabia que não ia ser fácil»
>>>>>Mourinho destaca os títulos europeus: «Se tivesse de escolher…» – September 10, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Mourinho: «Mil jogos? 90 mil minutos mais descontos e prolongamentos… é muita coisa» – September 10, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Mourinho recorda estreia: «Ainda não me tinha sentado e já estava a perder…» – September 10, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Sporting continua preparação para o clássico com mais um nome no boletim clínico – September 07, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Dois no boletim clinico do FC Porto e treino em conjunto com a equipa B – September 04, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>A primeira reação de Romário Baró após o empréstimo ao Estoril – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Quem é favorito a vencer o campeonato? Os apostadores acreditam no Benfica – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Taremi em destaque no lance que deu o golo da vitória ao Irão – September 02, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Golo espetacular de Yaremchuk, avançado do Benfica, no Cazaquistão-Ucrânia – September 01, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Treino do Sporting com 11 da formação e Coates, Inácio e Pote ainda em tratamento – September 06, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Exclusivo Jogar em «casa» ameniza calendário apertado: confira a agenda do Sporting – September 04, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Sporting goleia Casa Pia: o resultado e os marcadores dos golos – September 03, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Belenenses queixa-se à FIFA devido à venda de Eduardo Henrique para o Sporting – September 03, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Coates, Inácio e Pote não treinaram mas serão opção para o clássico – September 07, 2021 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 103 6 NONE 30 (tacit) eu: 24, me: 5, eu: 1
2 José Mourinho 215 40 PERSON 19 a era Mourinho: 1, José_Mourinho: 6, Mourinho: 8, José_Mourinho de 58 anos: 1, (tacit) ele/ela (referent: Mourinho): 3
3 nós 80 60 NONE 12 nos: 1, (tacit) nós: 11
4 jogo 0 0 NONE 11 o jogo anterior: 1, º jogo: 2, um jogo: 2, o jogo: 4, seu jogo: 1, o milésimo jogo: 1
5 treinador 210 0 NONE 9 O treinador português: 1, o treinador: 1, treinador principal: 3, Treinador português: 1, o treinador português: 3
6 Chelsea 90 0 ORGANIZATION 8 (tacit) ele/ela (referent: o Chelsea): 1, Chelsea: 3, o Chelsea: 3, ele (referent: o Chelsea): 1
7 FC_Porto 80 0 PLACE 8 FC_Porto: 2, o FC_Porto: 6
8 jogos 0 0 NONE 7 todos os jogos: 1, os jogos mais marcantes: 1, os jogos: 2, quatro jogos: 1, os quatro jogos: 2
9 Nuno Morais 0 0 PERSON 6 o ex-futebolista Nuno_Morais: 1, Nuno_Morais de 37 anos: 1, Nuno_Morais: 4
10 triunfo 415 0 NONE 5 o triunfo: 1, um triunfo: 2, as duas vitórias: 1, os triunfos: 1