Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Flickr – Carine06 – Frederico Silva

Frederico Silva, que mostrou-se esta quarta-feira «bastante contente» com a qualificação inédita para o Open da Austrália, tornou-se no terceiro português a assegurar a presença no quadro principal do torneio de singulares do primeiro major da época. , mas confessou que o «acesso ao quadro principal de um torneio do Grand Slam é mentalmente pesado».O jogador das Caldas da Rainha, que figura no 182.º lugar do «ranking» ATP, suprimiu hoje o francês Gregoire Barrere no terceiro e último encontro do período de qualificação, disputado em Doha, por 6-3 e 6-4, e tornou-se no terceiro português a assegurar a presença no quadro principal do torneio de singulares do primeiro major da época, depois das entradas diretas de João Sousa e Pedro Sousa.»Estou bastante contente pelo triunfo no encontro de hoje e pelo acesso ao primeiro quadro principal de um torneio do Grand Slam. Chegámos a Doha com o objetivo de me qualificar para o Open da Austrália e consegui fazer três bons encontros e alcançar esse objetivo», notou Frederico Silva, em declarações à Lusa.Além de admitir que «jogar o quadro principal de um «major» é um dos primeiros objetivos na carreira de um jogador», o jovem esquerdino, de 25 anos, recorda ter ficado perto de alcançar tal finalidade na última época em Roland Garros, onde havia conquistado inclusivamente o título de juniores em 2013, na prova de pares.»Desta vez, consegui entrar no Open da Austrália. Estes encontros deixam-nos mais nervosos do que os outros. O acesso ao quadro principal de um torneio do Grand Slam é algo mentalmente «pesado», especialmente para quem tem ainda pouca experiência nestes encontros como eu. Por isso, também fiquei bastante satisfeito por ter conseguido encontrar o melhor equilíbrio a nível emocional para fazer o melhor encontro possível», confidenciou Frederico Silva.

Frederico Silva venceu uma das finais do qualifying que se jogou em Doha e vai estrear-se num Grand Slam, unindo-se a João Sousa e Pedro SousaFrederico Silva, de 25 anos, qualificou-se para o quadro principal do Open da Austrália, que contará com três portugueses, pois João Sousa e Pedro Sousa tiveram entrada direta.O caldense derrotou o de Francia Gregoire Barrére, primeiro cabeça de série do qualifying que se jogou em Doha, no Catar, por 6-3 e 6-4. O caldense é número 182 do ranking ATP.Kiko Silva, agressivo e excelente no serviço, dominou por inteiro o encontro frente ao 110.º do ranking ATP. O jovem de Portugal vai agora ter lugar num voo charter para Melbourne, onde vai fazer a sua estreia num major.

Frederico Ferreira Silva é um tenista de Portugal natural de Caldas da Rainha.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Australia

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>»Acesso ao quadro principal de um torneio do Grand Slam é mentalmente pesado».
>>>>>Três portugueses apurados para o Open da Austrália: um deles em estreia num Grand Slam – January 13, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Frederico Silva segue em frente na qualificação para o Open da Austrália – January 11, 2021 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 180 0 NONE 5 (tacit) eu: 3, me: 1, eu: 1
2 Frederico Silva 80 0 PERSON 5 Frederico_Silva: 3, (tacit) ele/ela (referent: Frederico_Silva): 2
3 encontros 80 70 NONE 3 Estes encontros: 1, estes encontros: 1, três bons encontros: 1
4 acesso 190 60 NONE 3 acesso: 2, O acesso: 1
5 ATP 80 0 ORGANIZATION 3 o ranking ATP: 1, (tacit) ele/ela (referent: ATP): 1, ATP: 1
6 Doha 0 0 PLACE 3 Doha: 3
7 algo 0 120 NONE 2 algo mentalmente pesado: 2
8 o quadro principal de um torneio de o grand_slam 100 0 NONE 2 o quadro principal de um torneio de o Grand_Slam: 2
9 vocês 80 0 NONE 2 (tacit) vocês: 2
10 nós 40 0 NONE 2 nos: 1, (tacit) nós: 1