Por: SentiLecto

Declarações do treinador do Vizela, no final do encontro com o FC Porto, referente aos quartos-de-final da Taça de Portugal Jogo e obstáculos: «Declarar que é um orgulho bastante grande olhar para esta equipa, a maneira como aceitam os desafios. Há pouco tempo oponente jogou com esta equipa contra candidato. Tenho que estar bastante orgulhoso pela conduta e pela resolução. Não era fácil. Tenho que realçar os jogadores. Desejávamo estar no máximo para poder acalentar este sonho. Não foi possível. Os jogadores satisfizeram. Fomos capazes, em comparação com o último jogo com o FC Porto. Por aqui é o percurso. Pelo jogo e pelas chances, merecíamos prolongamento. É pena não podermos continuar.»Opções: «Quando há uma ideia bastante bem vincada, quando todos percebem a identidade. Também sou por apostar nos jovens. Todos eles têm trajeto longo pela frente. Têm que perceber que, para chegar aqui, têm longo percurso. Há aqui meninos com potencial, com futuro. O que me deixa cumprido foi a maneira como abraçaram o jogo e a resolução que tiveram. No último jogo não tivemos a imagem do Vizela. Hoje, contra uma das melhores, se não a melhor, estivemos bem.»

Declarações do treinador do FC Porto em conferência de Imprensa de antevisão ao jogo com o Vizela, relativo aos quartos de final da Taça de Portugal, agendado para esta quarta-feiraComparação com o último jogo com o Vizela: «São jogos completamente diferentes. Pode-se falar da conduta do Vizela. Tem sido uma equipa positiva, a fazer um campeonato razoável, com uma equipa técnica conhecedora da força do clube, especialmente a jogar em casa. Espera-nos um jogo distinto daquele que tivemos na liga [triunfo por 4-0]. Sobretudo num fase difícil pelo que cruzamo, a nível de lesões, jogadores condicionados, que não nos permite estar na máxima força.»»Aquilo que esperamos é um jogo de grau de obstáculo superior. Na Taça de Portugal, como sabem, tudo pode ocorrer num jogo a suprimi. Se não estivermos no máximo, a história do jogo pode ir para percursos diferentes. Se estivermos ao nosso nível, podemos conseguir a passagem [às meias-finais da Taça de Portugal].»Lesões: «Nenhum jogador [que tem surgido no boletim médico] está recuperado.»Evitar surpresa: «Preparámos o trabalho que fazemos diariamente em função deste jogo, percebendo que a história será diferente daquele que tivemos no campeonato. Treinamos inclusive penáltis, o que pode ocorrer. Estamos advertidos para a chance de ir a um prolongamento. Temos respeito máximo pelo Vizela. Teoricamente, somos a equipa mais forte. Não escapamo dessa responsabilidade.»Vizela com poucas derrotas em casa: «É uma equipa com espírito, com identidade bastante própria, com adeptos bastante apaixonados. Uma equipa técnica bem identificada com isso. Observamos vários jogos do Vizela em que, na parte final, teve essa tal espírito, que lhe valeu pontos.»Desgaste físico inquieta: «Temo que estar habituados a jogar de três em três ou de quatro em quatro dias. Faz parte da vida destes clubes, que normalmente têm um caminho adiantado nas competições. Em função do que cruzamo, falo de lesões e indefinições, nota-se mais a proximidade dos jogos. Estamos aqui para encontrar soluções, selecionar o melhor 11 e passar esta eliminatória.»FC Porto mais imprevisível: «A equipa tem matizes no jogo que podem suscitar esse pensamento, nomeadamente na dinâmica ofensiva, sendo mais rica e mais difícil para o oponente frear. Tem a ver com o trabalho feito aqui e com os jogadores à disposição.»A formação de Minsk apurou-se para os quartos de final da prova rainha a 23 de dezembro, quando derrotou a equipa de Brasil, por 1-0, depois de uma derrota para o campeonato, em novembro , e tenciona fazer o mesmo aos dragões.O guarda-redes Pedro Silva alegou esta terça-feira que o Vizela tem que seguir o exemplo do que conseguiu frente ao Braga para derrotar o FC Porto, na quarta-feira, e atingir as meias-finais da Taça de Portugal.Faz 2 meses, quando derrotou a equipa de Brasil, a formação de Minsk apurou se para os quartos de final de a prova rainha a 23 de dezembro por 1-0 para o campeonato, em novembro , e tenciona fazer o mesmo aos dragões, em partida marcada para as 20:45, no seu estádio, na sequência de uma derrota caseira para o campeonato , frisou o guardião.»Devemos tentar tirar as mesmas ilações do que fizemos com o Braga. Para o campeonato, também perdemos por uma margem semelhante e, para a Taça, conseguimos ganhar-lhes. Vamo-nos tentar superar dessa mesma forma para tentar suprimi o FC Porto», declarou Pedro Silva, de 24 anos, em conferência de jornalismo.O desportista formado no Sporting reconheceu que o desaire caseiro frente ao vizinho Moreirense, no sábado, para a 17.ª jornada do campeonato, foi «duro para toda a cidade», pela rivalidade entre os dois clubes, mas recordou que a equipa treinada por Álvaro Pacheco tem «um espírito e uma intensidade particulares», estando habituada a «reagir bastante bem a todas as adversidades».Titular contínuo desde que alinhou no triunfo perante o Braga, com quatro jogos adicionados na época em curso, Pedro Silva adicionou que o Vizela é uma equipa «difícil» de enfrentar para a Taça de Portugal.Apesar de compreender que os avançados são, por regra, os elementos que «mais perigo» levam às balizas, o jogador reconheceu que qualquer jogador do FC Porto tem chabilidadepara marcar e admitiu preferir uma noite «tranquila» e ganhar do que defender muitos remates e perder.»Prefiro não fazer trabalho nenhum e que a equipa ganhe. Isso seria o ideal. O meu trabalho é conservar a baliza a zeros. 100 vezes forem tentadas contra nós, vou tentar defender em as, mas se for uma melhor ainda. Frisou, se não for nenhuma e conseguirmos ganhar, inacreditável».O Vizela recebe o FC Porto para os quartos de final da Taça de Portugal, em jogo agendado para as 20h45 de quarta-feira, no Estádio do Futebol Clube de Vizela, com arbitragem de João Pinheiro, da Associação de Futebol de Braga.Declarações do treinador do FC Porto em conferência de Imprensa de antevisão ao jogo com o Vizela, relativo aos quartos de final da Taça de Portugal, agendado para esta quarta-feiraSaravia de retorno ao plantel: «Ele acabou contrato com o Internacional de Porto Alegre e voltou. Não é um dado comprado que ficará, como têm declarado. É para ser observado, ver como está. Não sei se a sua passagem pelo Brasil foi boa ou má para ele. Acredito que não tenha tido uma grande evolução a nível defensivo. Há todo um trabalho a ser feito para ver se é um jogador que nos serve num futuro próximo.»Eventual saída de Sérgio Oliveira: «Se o Sérgio Oliveira está preparado para a Roma, deve perguntar ao Tiago Pinto e ao Mourinho ou à direção do FC Porto. Não é a mim. Eu sou treinador de futebol, treino os jogadores que estão à disposição. O Sérgio tem contrato.»Estátua no museu: «Não é o momento, antes do jogo com o Vizela, falar sobre isso. Falar da estátua não é isso que me rege, com todo o respeito e carinho pela homenagem que me fizeram. Confidenciarei que tinha mais gosto que a estátua estivesse no museu pessoal do presidente do que no próprio museu do clube. Fico contente e lisonjeado, obviamente, mas não é isso que me faz caminhar.»

Na sábado 18 de dezembro Álvaro Pacheco lamentava a ausência do treinador no banco do FC Porto na partida de domingo.Álvaro Pacheco lamentava que Sérgio Conceição não possa estar no banco de suplentes na partida de domingo, referente na ronda 15 do campeonato. Álvaro Pacheco é treinador do Vizela.O técnico de Portugal satisfazia um castigo de 15 dias, aplicado pelo Conselho de Disciplina, e era «baixa» para uma partida com começo às 19h00 de domingo.»Quando todos os intervenientes estavam disponíveis, o espetáculo só fazia sentido para o realizar. desejava ir a um espetáculo onde esteja o maestro da orquestra. A nossa comunicação verbal, corporal e gestual era fundamental para o que desejávamo transmitir aos jogadores. O Sérgio estaria no banco», alegou Álvaro Pacheco na conferência de antevisão, não vendo nenhum benefício para a equipa que orientava, se eu pudesse. «Nenhuma. O FC Porto estaria mais que preparado», atirou.Lembre-se que, além do jogo de Vizela, Conceição falharia o clássico de quinta-feira com o Benfica, para a Taça de Portugal, assim como Jesus.

Vizela é uma cidade portuguesa sede do município de Vizela do distrito de Braga, região do Norte e sub-região do Ave, com cerca de 12 700 moradores.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal

Cities: Porto

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Álvaro Pacheco e a eliminação: «Pelo jogo e pelas chances, merecíamos prolongamento»
>>>>>Conceição: «Vizela? A história vai ser diferente do jogo do campeonato…» – January 11, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Vizela quer utilizar «fórmula Braga» para eliminar o FC Porto na Taça de Portugal – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Conceição frisa que Saravia foi incluído à condição: «Não é dado adquirido que vai ficar connosco» – January 11, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>FC Porto: Saravia já esteve no Olival – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Grande novidade no treino do FC Porto: Saravia já treinou – January 10, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>João Mendes entre os 22 convocados do FC Porto para o jogo com o Estoril – January 07, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>FC Porto concluiu preparação para o Estoril: confira as notas do treino – January 07, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Jogo com o FC Porto é sábado e Estoril reage em comunicado – January 05, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Em Itália dizem que Jorge Mendes sugeriu João Mário à Roma de Mourinho – January 05, 2022 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Otávio falha deslocação do FC Porto ao reduto do Belenenses – January 09, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Zé Luís, ex-FC Porto, rescinde com o Lokomotiv de Moscovo – January 06, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Quatro defesas da equipa B repetem presença no treino do FC Porto – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Francisco e Bernardo foram os últimos da lista: os pais e filhos que já jogaram no FC Porto – January 06, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Surto de covid-19 no Vizela na véspera de receber o FC Porto – January 11, 2022 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 289 8 NONE 31 nos: 4, nós: 1, (tacit) nós: 26
2 eu 309 80 NONE 28 (tacit) eu: 21, me: 4, eu: 1, mim: 1, Eu: 1
3 equipa 410 130 NONE 13 uma equipa difícil: 1, a equipa bracarense: 2, a equipa mais forte: 1, uma equipa positiva: 1, uma equipa: 1, esta equipa: 2, A equipa: 1, a equipa: 3, a equipa treinada: 1
4 Vizela 0 50 ORGANIZATION 10 O Vizela: 1, Ele (referent: O Vizela): 1, (tacit) ele/ela (referent: O Vizela): 2, o Vizela: 4, Vizela: 2
5 jogo 0 0 NONE 7 o último jogo: 2, o jogo: 3, um jogo: 1, jogo agendado: 1
6 jogadores 0 0 NONE 6 jogadores condicionados: 1, Os jogadores: 1, os jogadores: 4
7 O FC_Porto 0 35 PLACE 5 o FC_Porto: 2, O FC_Porto: 1, (tacit) ele/ela (referent: O FC_Porto): 1, FC_Porto mais imprevisível: 1
8 campeonato 0 0 NONE 5 o campeonato: 5
9 jogador 0 0 NONE 4 Nenhum jogador: 1, um jogador: 2, o jogador: 1
10 trabalho 0 0 NONE 4 o trabalho: 2, todo um trabalho: 1, meu trabalho: 1