Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Diego Maradona Napoli

Decorrem entre quinta e sábado no palácio presidencial.As cerimónias fúnebres do ídolo do futebol Diego Maradona que faleceu esta quarta-feira aos 60 anos, vão ter começo na quinta-feira e vão decorrer durante três dias no palácio presidencial argentino, revelou um porta-voz da presidência.Em declarações no jornalismo internacional, Mario Huck explicou que a cerimónia irá decorrer «na Casa Rosada», o palácio presidencial argentino, entre quinta-feira e sábado, noticia a agência AFP. Mario Huck é o porta-voz da presidência. procurador-geral de San Isidro, província de Buenos Aires, John Broyad, enfatizou que a morte de «El Pibe» «só teve causas naturais» e que no seu corpo «Se encontraram sinais de crime ou violência não», mas que vai realizar-se uma autópsia.»Infelizmente, com uma dor tremenda, podemos confirmar a morte aproximadamente às 12 horas [15:00 em Lisboa]», rdestacouBroyad durante uma conferência de ijornalismo»A autópsia será feita com o objetivo de especificar o motivo da morte. A morte só tem qualidades naturais. Não há indícios de violência», adicionou.Ainda que foram os elementos «mais qualificados» da polícia científica daquela região que estiveram na habitação onde Maradona, o procurador-geral declarou morreu.Maradona, considerado um dos melhores futebolistas da história, faleceu hoje na sua residência, na Argentina, aos 60 anos, anunciou o seu agente e amigo Matías Morla.Segundo o jornalismo de Argentina, Maradona, que treinava os argentinos do Gimnasia y Esgrima, padeceu uma paragem cardíaca na sua vivenda na província de Buenos Aires.A sua carreira de futebolista, de 1976 a 2001, ficou marcada pela conquista, pela Argentina, do Mundial de 1986, no México, e os dois títulos italianos e a Taça UEFA ganhos ao serviço dos italianos do Nápoles.O Presidente da Argentina decretou três dias de luto nacional pela morte de Maradona. O Presidente da Argentina é alberto Fernández.

Astro de Argentina vai ter padecido uma paragem cardiorrespiratória.Diego Maradona morreu esta quarta-feira, aos 60 anos. A informação está a ser adiantada pelo jornalismo argentino, que dá conta da morte do astro do futebol global, dias depois de ter recebido alta hospitalar na sequência de uma operação ao cérebro.Segundo vários jornais do país natal de «El Pibe», o antigo jogador padeceu uma paragem cardiorrespiratória em casa.EM ATUALIZAÇÃOO argentino Diego Maradona, um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos, faleceu nesta quarta-feira, aos 60 anos, em casa, segundo confirmou o agente e amigo do antigo camisa 10 da ‘Albiceleste, Matías Morla.Selecionador de Portugal lamenta o adeus de três figuras do futebol.O selecionador de Portugal Fernando Santos alegou que a morte de Diego Maradona deixa uma «ferida enorme» no futebol global, enaltecendo que o argentino foi um dos maiores divulgadores da modalidade.»O desaparecimento de Maradona é uma ferida enorme que se abre para todo o futebol global. Foi um jogador lendário e de uma habilidade ímpar», alega Fernando Santos, mencionado pela Federação Portuguesa de Futebol .O escolher português recordou que se encontrou com Diego Armando Maradona diversas vezes e que este tinha uma «personalidade única e marcante».»Grande jogador de futebol, foi igualmente um dos maiores divulgadores da modalidade que tanto amamos. Descanse em paz», deduz.Maradona, considerado um dos melhores futebolistas da história, faleceu esta quarta-feira na sua residência, na Argentina, aos 60 anos, anunciou o seu agente e amigo Matías Morla.Segundo o jornalismo de Argentina, Maradona, que treinava os argentinos do Gimnasia y Esgrima, padeceu uma paragem cardíaca na sua vivenda na província de Buenos Aires.A sua carreira de futebolista, de 1976 a 2001, ficou marcada pela conquista, pela Argentina, do Mundial de 1986, no México, e os dois títulos italianos e a Taça UEFA arrebatada ao serviço dos italianos do Nápoles.Fernando Santos também lamentou as mortes de José Bastos, antigo guarda-redes do Benfica, e Reinaldo Teles, histórico dirigente do FC Porto. «As ultimas horas têm sido bastante duras pela perda de José Bastos e Reinaldo Teles, dois grandes amigos que fiz na vida. O José Bastos foi meu treinador no Estoril onde começámo uma amizade que perdurou até na sua partida. O José Bastos é enorme ídolo do futebol.Lembrarei com enorme saudade os três ou quatro almoços anuais que coordenava e onde sempre cozinhava para os amigos, com a generosidade que tão bem o careterizava, uma «paella». Foi um grande exemplo como homem e um enorme companheiro de vida», surge escrito no site oficial da FPF.»A morte de Reinaldo Teles é também para mim uma perda irreparável. Foi no convívio pessoal e entre famílias que cimentámos os laços que, mesmo depois da morte, nos vão continuar a ligar, se nos conhecemos no futebol. A sua vida, que aqui honro, foi um enorme depoimento de fidelidade a todos os que homenageou com a sua amizade. Nesta hora tão difícil, como já tive chance de fazer pessoalmente, deixo um vocábulo de conforto e de fé para as famílias de José Bastos e Reinaldo Teles», deduz.

Na quinta-feira 12 de novembro Diego Maradona recebeu alta hospitalar na tarde da última quarta-feira, oito dias após ser operado de um edema cerebral. O ídolo do futebol de Argentina deixou o hospital em Buenos Aires de ambulância, que foi cercada de de fãs.

Diego Armando Maradona Franco foi um futebolista e treinador de Argentina que atuava como meia e atacante.

Argentina, oficialmente República Argentina, é o segundo maior país da América do Sul em território e o terceiro em população, constituída como uma federação de 23 províncias e uma cidade autônoma, Buenos Aires, capital do país.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Argentina, Portugal, Mexico, Italy

Cities: San Isidro, Naples, Mexico, Lisbon, Buenos Aires

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>As primeiras informações sobre as cerimónias fúnebres de Diego Maradona
>>>>>Morreu Diego Maradona, avança a imprensa argentina – (ojogo-pt)
>>>>>Diego Maradona morre aos 60 anos – (EfeGeneric)
>>>>>Fernando Santos reage às mortes de Maradona, Reinaldo Teles e José Bastos – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Diego Maradona 0 510 PERSON 13 Diego_Armando_Maradona diversas: 1, Maradona: 5, Diego_Maradona: 2, (tacit) ele/ela (referent: Maradona considerado um): 2, (tacit) ele/ela (referent: Diego_Maradona): 1, Maradona considerado um: 2
2 nós 45 0 NONE 7 nos: 2, (tacit) nós: 5
3 eu 80 50 NONE 6 (tacit) eu: 5, mim: 1
4 Argentina 0 0 PLACE 5 Argentina: 3, a Argentina: 2
5 vida 240 0 NONE 4 sua vida: 3, a vida: 1
6 imprensa 0 0 NONE 4 a imprensa argentina: 3, a imprensa internacional: 1
7 paragem 0 0 NONE 4 uma paragem cardiorrespiratória: 2, uma paragem cardíaca: 2
8 amigos 340 0 NONE 3 dois grandes amigos: 2, os amigos: 1
9 John Broyad 72 0 PERSON 3 Broyad: 1, John_Broyad: 1, (tacit) ele/ela (referent: John_Broyad): 1
10 Fernando Santos 40 0 PERSON 3 Fernando_Santos: 3