Por: SentiLecto

Clube arsenalista criticou a atuação do Juiz de Rome Istvan Kovács na primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa.A dois dias do duelo decisivo com a Roma, referente à segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa, o Braga «voltou» ao jogo da primeira mão, que perdeu por 2-0, para fazer ereverberaçãodaospvocábulosde Carlos Carvalhal e larremessarcríticas à arbitragem do encontro.»Frente à Roma, resistimos estoicamente a uma arbitragem ealtamentepenalizadora e que colocou em causa as nossas apretensõesnesta competição. O primeiro amarelo mostrado a Ricardo Esgaio – e que contribui para a sua expulsão na segunda parte – é para lá de absurdo; o penálti não indicado por abalroamento a Sporar dentro da área é tão evidente que pode até ser considerado um atentado à verdade desportiva, refere o esímbolomde Minskna newsletter desta terça-feira, larremessandoainda nova alfinteada à arbitragem em Portugal:»Mas, atenção que estes ‘aceventossinsólitosnão acocorrempsomenteos encontros europeus. Basta olharmos para o nosso campeonato e encontramos, todas as jornadas, inclusivamente nesta, alarmantes exemplos de uma dualidade de critérios gritante e por demais inexplicável», adicionam os arsenalistas. «Que não haja a mínima dúvida: o Braga viu-se impedido, por razões do foro disciplinar, de viajar para Itália com a eliminatória completamente em aberto. Ainda assim, e apesar das obstáculos que sabemos que nos esperam, continuamos a acreditar. Porque um verdadeiro Gverreiro jamais desiste. Jamais», prossegue o Braga, que visa ainda a questão da transmissão de jogos europeus em canal aberto, apelando a uma «profunda observação».»Fora das quatro linhas continuamos a assistir a fenómenos pouco condizentes com o profissionalismo e a característica que as equipas do nosso campeonato mereciam ter. O que diferencia o caminho europeu do FC Porto, do Benfica e do Braga? Um simples detalhe: o facto de os dois primeiros, um em sete e o outro em oito oportunidades, terem visto os seus jogos serem transmitidos em canal aberto… sempre! Ao mesmo tempo, a nossa equipa valeu-se da Sport TV e dos bons profissionais que fazem parte daquela casa. Não sendo novo nem algo verificado somente esta época, o assunto merece uma profunda observação. se olham as restantes porque, por bastante que se declare que as audiências é que definem critérios de transmissão, não é eticamente admissível nem desportivamente justo que somente três equipas recebam toda a atenção mediática, enquanto como meros figurantes «, remata o Braga.

Símbolo de Minsk jamais conseguiu dar a volta a uma eliminatória dos calicezitos europeus depois de uma derrota em casa.O Braga jamais conseguiu dar a volta a uma eliminatória dos calicezitos europeus depois de uma derrota em casa, cenário que enfrentará na quinta-feira pela sétima vez.Depois do 0-2 na receção à Roma, na primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa, os arsenalistas têm, assim, que fazer história para chegar aos «oitavos», sendo que só por uma vez ameaçaram concretizar uma reviravolta.Na época 2011/12, sob o comandado de Leonardo Jardim, os bracarenses iniciaram os 16 avos de final da Liga Europa também com uma derrota por 2-0, então rostito ao Besiktas, curiosamente liderado por Carlos Carvalhal, atual técnico dos minhotos.Tomas Sivok, aos 37 minutos, e Simão Sabrosa, aos 58, assinalaram os tentos da formação de Turquiade Turquia, que teve no onze mais dois internacionais AA lusos, o médio Manuel Fernandes e o extremo Ricardo Quaresma, trocado, aos 66, por Hugo Almeida.Na segunda mão, em Istambul, em 23 de fevereiro de 2012, os arsenalistas justificaram o porquê de terem sido finalistas vencidos na época anterior – 0-1 com o FC Porto -, mas o golo do brasileiro Lima, aos 25 minutos, foi insuficiente.Ainda assim, esta foi a única vez em que o Braga, depois de perder em casa na primeira mão, esteve perto – ou pelo sonhou – com a reviravolta, já que, nas restantes cinco, a formação minhota voltou a perder fora.Os ingleses do Tottenham foram algozes dos arsenalistas em duas ocasiões: em 1984/85, na primeira ronda da Taça UEFA, ganharam em Braga por 3-0 e em White Hart Lane por 6-0 e, em 2006/07, nos oitavos de final da mesma prova, adicionaram dois 3-2.Faz 12 anos, as outras equipas que venceram em Braga em a primeira mão foram os também ingleses de o West Bromwich, em 1978-79, os suecos de o Elfsborg e os ucranianos de o Shakhtar Donetsk, em 2015-16.O encontro entre Roma e Braga, da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa, realiza-se na quinta-feira, às 20h00 , no Estádio Olímpico da capital ide ItaliaNa classificação, os comandados de Carlos Carvalhal passaram a contar 43 pontos, contra 41 do FC Porto, que joga na segunda-feiraO Braga ascendeu, temporariamente, ao segundo lugar da I Liga, ao vencer em casa o Tondela por 4-2, em encontro da 20.ª jornada.Lucas Piazón, aos 18 e 50 minutos, Ricardo Horta, aos 40, e João Novais, aos 42, marcaram os golos dos arsenalistas, que adicionaram a segunda vitória consecutiva, enquanto Souley, aos 84, e Jaquité, aos 90+4, faturaram para os forasteiros.Enquanto o Tondela conservou, na classificação, os comandados de Carlos Carvalhal passaram a contar 43 pontos, contra 41 do FC Porto, que joga na segunda-feira no reduto do Marítimo -se com 21, no 12.º posto.Rúben Micael foi o porta-voz do Nacional a pouco menos de uma semana da receção ao Braga, em partida agendada para domingo.Na antevisão na receção do próximo domingRúben Micael foi porta-voz do grupo de trabalho, demonstrando o desejo de retornar nos triunfos. Rúben Micael é o capitão do Nacional. Rúben Micael é o capitão do Nacional.Braga é candidato ao título, está em terceiro [n. d. r.: os minhotos eram segundos à hora das declarações de Micael]. Vem de uma derrota na Liga Europa. Mas nós jogamos em casa, temos um vocábulo a declarar. Em casa mandamos nós, ponto! Seja com quem for: Benfica, Sporting ou FC Porto. Terão de nos respeitar porque também os respeitaremos».Após recordar que passou três épocas «fantásticas» no Braga, Rúben Micael defendeu que o seu clube é o Nacional, prometendo o máximo de persistência pelo clube insular.Após duas derrotas consecutivas que concluíram com uma dos melhores períodos da época alvinegra, o capitão dos insulares defendeu que é imprescindível alcançar estabilidade. «Estamos a conseguir instituir muitas chances. Estamos a faltar a melhor conclusão. O Nacional precisa de estabilidade. O importante é conquistar os três pontos», defendeu.Na acérrima luta pela continuidade na I Liga, Rúben Micael defendeu que serão necessários «no mínimo 35 pontos», explicando depois o seu ponto de vista. «Todos os clubes têm períodos bons e depois ficam vários jogos sem ganhar. Aconteceu connosco, com Farense, Gil Vicente, todas as equipas passam por essa fase. Sabemos que devemo continuar a trabalhar como até agora», adicionou o internacional de Portugal.O futebolista concluiu a lamentar a derrota no Jamor frente ao Belenenses no seguimento de um penálti que estimulou queixas do Nacional, por afirmada posição irregular antes da falta. «Há coisas que são difíceis de explicar. Este ano já nos marcaram oito penáltis. Quatro através do VAR. É difícil para nós padecermo aquele golo. Toda a gente vê que há um fora de jogo evidente», sentenciou.

Na terça-feira 16 de fevereiro Abel Xavier defendia que as bolas paradas poderiam ser «determinantes» na eliminatória com a equipa de Italia «bastante bem liderada por Paulo Fonseca». Abel Xavier é antigo jogador da Roma.Apesar de a eliminatória ser de aumentada obstáculo, frente à Roma, considerou Abel Xavier, antigo jogador da equipa ide ItaliaO, o Braga tem todas as condições para seguir em frente na Liga Europa ex-selecionador de Moçambique encarnou os romanos, como jogador, na época de 2004/05, e em declarações à Lusa mostrou seguir de perto a atualidade dos dois clubes que se v vão defrontarnos 16 avos de final, mas não conseguiu, ainda assim, assinalar um favorito.» eram duas equipas com um futebol dominante, de posse, portanto não consigo, sinceramente, dar favoritismo a uma equipa. Agora, acreditava que será um jogo de muita característica, e quando falamos disso estamos a olhar para quem comete menos erros e quem será mais forte nas bolas paradas, que pode ser determinante nesta eliminatória», analisou o antigo internacional português.A Roma era «uma equipa altamente competitiva», e Abel Xavier comentou: «bastante bem liderada por Paulo Fonseca».O Braga » tem ampliado a competitividade em virtude de um grande trabalho da estrutura» e, segundo o antigo internacional de Portugal, tem em Carlos Carvalhal «um dos treinadores mais qualificados do futebol europeu no que diz respeito à preparação das equipas e a rdiminuiro défice competitivo» em relação aos aoponentes»O futebol bragançano tem Carlos Carvalhal que bastante prezo Carlos Carvalhal é o cunho pessoal do próprio treinador., e dinâmicas bastante próprias de domínio sobre o jogo, modificando mesmo as ideias consoante o que o jogo estava a pedir», frisou.E, um dos maiores problemas que se podem colocar à equipa portuguesa, é mesmo a quantidade de baixas no setor defensivo, «que fica um pouco comprometido», mas Abel Xavier acreditava nas habilidades de Carlos Carvalhal, que » tem sempre encontrado soluções e a equipa tem sempre correspondido».»A questão era que vai entrar-se num período de alta competitividade em relação ao tempo de recuperação e jogos. cria que o Braga tem um plantel diminuído, portanto esta administração devia ser feita com muito cuidado, mas não tenho dúvidas que continuará a ser competitivo, tanto na Europa como a nível nacional», assumiu.O Sporting de Braga recebia a Roma na quinta-feira, às 17h55, em encontro da primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa. Faz 2 dias, o encontro de a segunda mão estava agendado para umdepois, a, em o Estádio Olímpico de Roma.A equipa de Portugal chegou a esta período da competição após concluir o período de grupos no segundo lugar do Grupo G, atrás do Leicester e à frente do Zorya Luhansk e do AEK Atenas . Já os transalpinos venceram o Grupo A, à frente do Young Boys , do Cluj e do CSKA de Sófia .

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal, Italy

Cities: Rome, Porto, Braga

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Braga critica arbitragem do jogo com a Roma e pede «observação» sobre transmissões
>>>>>Braga precisa de fazer história para seguir na Liga Europa – (ojogo-pt)
>>>>>Braga vence Tondela e ultrapassa FC Porto à condição – February 21, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Belenenses vence Nacional num relvado do Jamor em muito mau estado – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Os pormenores da chegada do FC Porto à Madeira – February 21, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>«Pepe é impressionante. FC Porto fez mesmo uma grande contratação» – February 19, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Conheça os onzes titulares do FC Porto-Juventus – February 17, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Histórico frente à Juventus é desfavorável ao FC Porto: dragões procuram primeiro triunfo – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Pepe: primeira vez contra Ronaldo e um jogo «mais especial por ser entre FC Porto e Juventus» – February 15, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>«Ainda não digeri totalmente o facto de ir defrontar o FC Porto» – February 15, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Exclusivo FC Porto-Juventus: Uribe em todo o lado e com toque de classe – February 18, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>«Juventus? Vai ser um jogo bastante difícil, mas impondo o nosso ritmo…» – February 16, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Villas-Boas não deixou triunfo sobre Juventus passar em branco: «Tanto Porto» – February 18, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Juventus com baixa de peso para jogo com o FC Porto – February 15, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>As notas de mais um treino do FC Porto, com destaque para Nanu – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>As espetaculares imagens do treino à chuva do FC Porto – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>«Acham que pesquisam os resultados na Madeira? Depois do treino, agarram-se ao Fortnite» – February 21, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Pepê, reforço do FC Porto, arrisca-se a perder grande parte da pré-época – February 20, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>FC Porto e Danilo: inimigos por uma noite – February 17, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>FC Porto é o principal «intruso» da fase decisiva da Champions – February 17, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>Rúben Micael visa arbitragem: «Há coisas que são difíceis de explicar» – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Braga 0 4 ORGANIZATION 20 o Braga: 11, (tacit) ele/ela (referent: O Braga): 2, Braga: 3, O Braga: 4
2 nós 120 100 NONE 19 nos: 2, nós: 3, (tacit) nós: 14
3 eu 0 62 NONE 7 (tacit) eu: 7
4 a Roma 0 0 PLACE 7 A Roma era uma equipa extremamente competitiva: 1, a Roma: 5, Roma: 1
5 Abel Xavier 0 0 PERSON 6 Abel_Xavier: 3, Abel_Xavier (apposition: antigo jogador de a Roma): 1, (tacit) ele/ela (referent: Abel_Xavier): 2
6 Rúben Micael 0 0 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: Rúben_Micael): 1, Rúben_Micael: 3, Rúben_Micael (apposition: o capitão de o Nacional): 1
7 equipas 240 62 NONE 4 três equipas: 1, As outras equipas: 2, duas equipas: 1
8 Carlos Carvalhal 0 0 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: Carlos_Carvalhal): 1, Carlos_Carvalhal (apposition: o cunho pessoal de o próprio treinador): 2, Carlos_Carvalhal: 1
9 FC_Porto 0 0 PLACE 4 o FC_Porto: 4
10 arsenalistas 0 0 NONE 4 os arsenalistas: 4